Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 11.544 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Sem transmissão no momento
Multicultura

Sobre o Multicultura Voltar

Canal digital da Fundação Padre Anchieta, o Multicultura conta com uma grade variada e atrativa, que une as novidades do presente ao melhor do passado.

Programas voltados à educação, saúde, cultura, jornalismo, música, infantojuvenil, cinema e documentários, além de atrações inéditas da TV Cultura, são levadas ao ar, diariamente, pelo canal. As produções contemplam os mais diversos públicos e faixas etárias.


O Multicultura é sustentado por três pilares: Multiprogramação, Educação e Acervo.


Multiprogramação

Programas inéditos da TV Cultura são exibidos em horários alternativos no canal digital.


Educação

Além das atrações produzidas pela TV Cultura e UnivespTV, o Multicultura apresenta produções de outras instituições e canais de ensino no Brasil, que destacam conteúdos educacionais.


Acervo

O acervo da TV Cultura é considerado um dos mais ricos do País. No Multicultura, ele está ao alcance do público, que tem como ver e rever os principais programas que foram feitos na história da emissora.

Como Assistir Voltar

Você pode assistir aos programas do Multicultura no seu celular ou tablet pelo aplicativo Cultura Digital, disponível para iOS e Android, e também por streaming neste site. Na TV, a emissora é sintonizada no canal 2.3 da TV digital.


VEJA AQUI como sintonizar o canal.

Grade de Programação Voltar

EDUCAÇÃO BRASILEIRA

O PROGRAMA RECEBE ESPECIALISTAS PARA FALAR SOBRE EDUCAÇÃO BRASILEIRA: A AVALIAÇÃO DO CORPO DOCENTE DAS ESCOLAS PÚBLICAS E PARTICULARES, O FUTURO DO BRASIL E O ACESSO AO CONHECIMENTO EM PERIFERIAS E TRIBOS INDÍGENAS SÃO ALGUNS DOS TEMAS EM PAUTA. DE SEGUNDA A SEXTA FEIRA ÀS 09H30.



METRÓPOLIS

ÚNICO PROGRAMA TOTALMENTE DEDICADO ÀS ARTES NA TV ABERTA, O METRÓPOLIS VALORIZA A CULTURA TRADICIONAL E AS EXPERIMENTAÇÕES E TRAZ O MELHOR DA MÚSICA, CINEMA, TEATRO, LITERATURA, ARTES PLÁSTICAS, GAMES E COMPORTAMENTO. SEGUNDA FEIRA ÀS 18H30.




A ARTE DE VER

O PROGRAMA MOSTRA COMO ADMIRAR E COMPREENDER A ARTE E SEUS TRAÇOS. RELATA COMO ENTENDER OS ELEMENTOS VISUAIS E O CONTEÚDO DE UMA OBRA DE ARTE. DOMINGO ÀS 09H00.

CURSOS LIVRES

O MUSEU PAULISTA E A HISTÓRIA DE SÃO PAULO,COM A PROFESSORA VERA BITTENCOURT, DE SEGUNDA A QUINTA FEIRA ÀS 17H30.

CURSOS LIVRES

MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL, COM O PROFESSOR CARLOS HENRIQUE DE BRITO CRUZ, DE SEGUNDA A SÁBADO ÀS 11H00.

REPORTAGEM ESPECIAL

TELESCÓPIOS DOS ANDES CHILENOS - GEMINI SUL E SOAR - PRODUÇÃO DA UNIVESP TV SOBRE OS TELESCÓPIOS LOCALIZADOS EM CERRO PACHÓN, AO NORTE DO CHILE, NAS CORDILHEIRAS DOS ANDES. QUINTA FEIRA 24/10, ÀS 19H00.

MUSICAL ESPECIAL

PADRE ANTONIO VIEIRA: DO TEJO AO AMAZONAS - APRESENTAÇÃO MUSICAL DE TRECHOS DOS SERMÕES DO PADRE ANTONIO VIEIRA, SOBRE POLÍTICA, RELIGIÃO E COSTUMES DA ÉPOCA, SEXTA FEIRA 25/10, ÀS 18H30.

DOCUMENTÁRIOS

POR DENTRO DO CORPO HUMANO - DOCUMENTÁRIO PRODUZIDO PELA BBC WORLDWIDE, TERÇA FEIRA 22/10 ÀS 18H30.

DOCUMENTÁRIO

DARWIN NOS ANDES, SEXTA FEIRA 25/10, ÀS 17H30.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    HISTÓRIA 12 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula veremos que a cultura colonial brasileira, como toda cultura, não veio pronta e acabada, mas que foi se formando dia-a-dia, através do contato das diferentes maneiras de ser e viver trazidas pelos índios, pelos portugueses e pelos africanos. Veremos que a cultura é fruto da convivência entre diferentes. Exemplos é que não faltam.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    GEOGRAFIA 12 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você aprenderá a importância das geociências na compreensão da história natural do planeta e o uso racional de seus recursos. Verá que a história geológica da Terra é dividida em eras geológicas e que podemos datar os processos naturais que resultaram em mudanças na superfície do planeta. E verá a importância de se conhecer a formação geológica e a dinâmica do relevo para a economia, para a expansão da atividade humana e para a previsão de catástrofes naturais.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 32

  • 08:02ALMANAQUE EDUCACAO

    INTELIGÊNCIA *(VER ESCOLA 2.0 (2009))

    Cadu e Mano convocam o melhor aluno da classe pra ajudá-los a estudar, pois o consideram o cara mais inteligente da escola. Mas por que o Luiz Antônio é mais inteligente do que eles? Só por que ele consegue tirar notas mais altas nas provas? Intrigados com a situação, os amigos decidem investigar o que é essa tal inteligência!

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 142

    LIVROS PAGOS. O Entrelinhas trata de um tema polêmico: os livros que são publicados porque os autores pagaram pela edição. O programa entrevistou editores e foi conferir o que os leitores acham desse tipo de publicação, que coloca em xeque o papel das editoras (que, supostamente, deveriam publicar os livros por suas qualidades ou pela expectativa do público, e não por que foram financiados pelos próprios escritores). O Entrelinhas entrevistou o jornalista Ruy Castro, que acaba de lançar Ungáua!, livro que reúne suas crônicas, cheias de bossa e humor, publicadas na Folha de S. Paulo. Ele também falou sobre samba e bossa nova, de suas biografias de personagens como Nelson Rodrigues e Mané Garrincha e do romance Era no tempo do rei.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    ZOOLÓGICO

    Bloco 1 Tininha e Felipe estão no zoológico e conversam sobre como os animais estão presentes nas expressões linguísticas da língua portuguesa, dando ênfase primeiramente às expressões com a palavra macaco. Tininha explica a Felipe qual a diferença entre elefanta e elefoa, iniciando a etimologia da palavra elefante. Depois da explicação, Felipe lê um trecho do livro “Historias de dois amores”, de Carlos Drummond de Andrade. O quadro Curiosidades explica a famosa expressão “memória de elefante”. Felipe lê trecho do livro “A viagem do elefante”, de José Saramago Bloco 2 Felipe e Tininha dão inicio ao segundo bloco imitando os sons de animais. O “Jornal Nossa Língua’’ fala sobre a expressão vida de cão. Gélson Babosa entrevista o professor de português Odilon Soares Leme e pergunta qual a diferença entre os nomes científicos dos animais e os adjetivos eruditos. Professor também explica que onomatopéia é uma figura de linguagem que reproduz um som com fonema ou palavra dos sons produzidos pelos animais. O povo fala responde a enquete sobre a expressão “vida de cão”, e sobre os adjetivos eruditos – canis familiares, vulpes vulpes e canis lupus. Bloco 3 Felipe e Tininha declamam trecho de “Zoo Zureta”, de Fabrício Corsaletti. Felipe entrevista o ator e professor de Biologia, Eduardo Silva, sobre a possibilidade de relacionar animais e linguagem. O entrevistado também dá a definição de várias expressões apresentadas durante o programa, como por exemplo: “quando a porca torce o rabo”. Trecho da música “Ode aos ratos”, de Chico Buarque. Felipe explica para Tininha o que significa aliteração, o recurso poético da repetição de uma mesma consoante de um enunciado. No quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA, Tininha e Felipe falam sobre o uso correto da conjugação do verbo “por”. Quando se usa “por” e “puser”. O quadro Curiosidades explica a famosa expressão “lágrimas de crocodilo”. Nos créditos, trecho do filme de Humberto Mauro, “A Velha a Fiar”.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    SYLVIA GOUVEA E JANE SIQUEIRA (18/06)

    CERCA DE 3200 PESSOAS SE REUNIRAM EM UM EVENTO EM SÃO PAULO, NO FINAL DO MÊS DE MAIO, PARA DISCUTIR EDUCAÇÃO, MAIS ESPECIFICAMENTE, PRÁTICAS PEDAGÓGICAS. FOI A VI EDIÇÃO DO CONGRESSO ICLOC DE PRÁTICAS NA SALA DE AULA. ICLOC QUER DIZER INSTITUTO CULTURAL LOURENÇO CASTANHO, ENTIDADE RESPONSÁVEL POR ORGANIZAR O ENCONTRO, QUE TEVE A PARTICIPAÇÃO DE PROFESSORES DE VÁRIAS ESCOLAS PÚBLICAS E PARTICULARES. PARA SABER MAIS SOBRE O EVENTO, CONVERSAMOS COM SYLVIA GOUVÊA, DO INSTITUTO CULTURAL LOURENÇO CASTANHO E COM JANE SIQUEIRA, DIRETORA DA ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE MORAES, UMA DAS INSTITUIÇÕES PARTICIPANTES DESTE ENCONTRO.

  • 10:02SAUDE BRASIL

    DOR DE CABEÇA

    Dor de Cabeça ou Cefaléia (nome cientifico que se dá para a dor de cabeça), um mal que aflige milhões de pessoas no mundo todo. São vários tipos de dores de cabeça que existem, sendo as dores de cabeça primária: cefaleia tensional e a enxaqueca/migrânea as mais frequentes. A dor de cabeça pode acometer qualquer um de nós, homens, mulheres, idosos e crianças e sua incidência é grande na população principalmente em mulheres. Estima-se que 15% da população brasileira sofra de enxaqueca. O impacto da dor de cabeça nas vidas das pessoas é grande. Ela é responsável por queda de produtividade e por altos índices de falta ao trabalho e também do convívio social

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    21 - BRINCADEIRA, ALEGRIA E SAÚDE

    A importância do brincar para crianças e adultos, o protagonismo da criança e a brincadeira como estratégia de resgate da memória. A palhaça e psicopedagoga da SMS-Rio Cléo Lima, a musicoterapeuta do CAPSad e palhaça Cristiana Brasil e o geógrafo Antônio Carlos Firmino, articulador cultural do Centro Lúdico da Rocinha, falam sobre o tema.

  • 10:46CULTURA É CURRÍCULO II

    MUSEU DO FOLCLORE DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

  • 11:00CURSOS USP: TÓPICOS DE ÉTICA E EDUCAÇÃO

    PGM 61 - COMO CARACTERIZAR A AUTORIDADE E A AUTORIA EM AMBIENTES IMPREGNADOS DE TECNOLOGIA - PARTE 3

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 20

  • 12:30MANOS E MINAS III

    EDGAR + PUPILLO

    Neste programa o Manos e Minas recebe Edgard, que vem mostrar as músicas de seu quarto disco 'Ultrassom'. Representando a cena dos slams, Bruno Pastore. Matérias: - No quadro 'Discoteca Básica',a DJ Mariana BoaVentura apresenta seus 5 discos prediletos. - Manos e Minas foi trocar uma ideia com os estudantes secundaristas que protagonizaram e criaram o espetáculo teatral "Quando quebra queima", que conta a história do movimento estudantil a partir da experiência de cada um dos adolescentes na ocupação das escolas públicas em São Paulo, entre 2015 e 2016.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 06/12/2017 - DROGAS ADOLESCÊNCIA

    O PANORAMA DE HOJE FALA SOBRE O PAPEL DOS PAIS NA PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS PELOS FILHOS./ A FORMA COMO OS ADULTOS EXERCEM SUAS FUNÇÕES PODE REDUZIR O RISCO DE ABUSO DE DROGAS NA ADOLESCÊNCIA./ É O QUE DIZ UMA PESQUISA FEITA PELA UNIFESP COM JOVENS BRASILEIROS./ PARA FALAR SOBRE ESSE ASSUNTO, RECEBEMOS ZILA SANCHEZ, PROFESSORA DO DEPARTAMENTO DE MEDICINA PREVENTIVA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO./E O PSIQUIATRA THIAGO MARQUES

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 7

    SINOPSE PROGRAMA 07 - VT MAZZAROPI - ESTRÉIA UM CAIPIRA EM BARILOCHE - VT OFÍCIO PENDULEIRO - VT A PEDIDO - ENSAIO CLARA BECKER - VT ARQUITETURA PRÉDIOS SP - VT GAUDI - VT MODA ACERVO - VT ENCERRAMENTO MAYSA ESTUDOS

  • 14:30ANOS DE CHUMBO

    O BRASIL NA GUERRA

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    PARTO EMPELICADO

    Parto empelicado, já ouviu falar? É quando o bebê nasce embalado na bolsa, ou saco amniótico. Os casos são raros, mas é uma imagem muito bonita e emocionante. Agora, imagina, ter quadrigêmeos e 3 nascerem empelicados! Foi o que aconteceu com a Priscila Sandri. Priscila contou como foi o parto e o médico explicou como isso acontece e quais são os cuidados na hora do nascimento. Os quadrigêmeos participaram do programa. Uma fotógrafa especializada em partos contou como é este trabalho.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 25 EDUCAÇÃO INCLUSIVA - 05/10/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS FALAR SOBRE A INCLUSÃO DE PESSOAS ESPECIAIS NAS ESCOLAS PÚBLICAS. OS OBSTÁCULOS, ESTRUTURAIS E PEDAGÓGICOS, AINDA SÃO ENORMES. MAS TAMBÉM JÁ EXISTEM SALAS DE AULA INCLUSIVAS CONSIDERADAS EXEMPLARES AQUI NO BRASIL. NOSSA CONVIDADA É A PEDAGOGA SYLVIA FIGUEIREDO GOUVEA.

  • 15:33DOC TV II

    PÉRICLES LEAL CRIADOR ESQUECIDO (PB)

    O documentário Pericles Leal, o criador esquecido é um filme sobre a descoberta de um pioneiro da televisão brasileira que contribuiu para estabelecer as bases da teledramaturgia nacional nos anos cinqüenta quando esse moderno meio de comunicação de massas ainda dava seus primeiros passos atuando na extinta TV Pauista e TV Tupi. A partir do momento original de seus trabalhos de criação, fazendo poemas, contos, crônicas, reportagens, e escrevendo adaptações teatrais para o rádio, com o recurso a depoimento com pessoas que conviveram com ele, o documentário procura mostrar ao espectador, através de fragmentos materiais dessa memória que a semente lançada na Paraíba, guarda relação direta com seu futuro amadurecimento profissional quando passou a criar para a o jornal, a televisão, o mercado editorial de revistas, o teatro, em diversos gêneros. Para fins de uma melhor compreensão do público, o documentário apresenta esse movimento inicial do autor na Paraíba nos anos quarenta.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA IV

    I WON'T GIVE UP (JASON MRAZ) TERÇA

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 2 - FÁBRICA DE CULTURA CAPÃO REDONDO

    Territórios Culturais viaja hoje para o extremo sul da cidade, na região do Capão Redondo. Berço de um movimento cultural e artístico forte e militante, o Capão abriga uma das Fábricas de Cultura mais atuantes da cidade. Lá, Felipe e Tuti conhecem - além das diversas ações culturais realizadas pela comunidade – Harley e seu grupo vocal que tem bombado na internet: O Quebrada Queer.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    HISTÓRIA 12 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula veremos que a cultura colonial brasileira, como toda cultura, não veio pronta e acabada, mas que foi se formando dia-a-dia, através do contato das diferentes maneiras de ser e viver trazidas pelos índios, pelos portugueses e pelos africanos. Veremos que a cultura é fruto da convivência entre diferentes. Exemplos é que não faltam.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    GEOGRAFIA 12 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você aprenderá a importância das geociências na compreensão da história natural do planeta e o uso racional de seus recursos. Verá que a história geológica da Terra é dividida em eras geológicas e que podemos datar os processos naturais que resultaram em mudanças na superfície do planeta. E verá a importância de se conhecer a formação geológica e a dinâmica do relevo para a economia, para a expansão da atividade humana e para a previsão de catástrofes naturais.

  • 17:30CURSOS LIVRES: FILOSOFIA E INTUIÇÃO POÉTICA NA MODERNIDADE

    O POETA E OS PARADOXOS DA ENCARNAÇÃO SUBJETIVA DA HISTÓRIA - PARTE 01

    TENDO EM VISTA A PRÓPRIA DEFINIÇÃO QUE O BAUDELAIRE DÁ 'A ARTE - METADE CONTINGENTE, METADE ABSOLUTA - A AULA QUE ACONTECE SOB O TEMA "O POETA E OS PARADOXOS DA ENCARNAÇÃO SUBJETIVA DA HISTÓRIA" TENTA ESCLARECER COMO O POETA, QUE É ENTÃO UM INDIVÍDUO SINGULAR DENTRO DESSA PERSPECTIVA, SE POSICIONA DIANTE DA REALIDADE. A PERGUNTA QUE SE COLOCA, E QUE O PROFESSOR BUSCA RESPONDER: É POSSÍVEL NA MODERNIDADE, NAS CONDIÇÕES DA MODERNIDADE, ENCONTRAR-SE COMO SINGULAR?

  • 18:15TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 29 - THEATRO SÃO PEDRO

    Felipe e Tuti invademo Território Cultural do Theatro São Pedro, um dos mais antigos e tradicionais de São Paulo. Além de desvendar o mundo da ópera e os bastidores desse teatro secular, a nossa dupla de apresentadores acompanha a encenação de Jorge Takla da ópera Sonho de Uma Noite Verão, inspirada no texto teatral de William Shakespeare.

  • 18:30POR DENTRO DO CORPO HUMANO

    CRIAÇÃO

    No primeiro episódio, Michael Mosley conta a história da sua criação. Ele traz à vida uma surpreendente pesquisa médica, revelando a sequência improvável de eventos que levaram ao seu nascimento. Usando gráficos de última geração, viajamos com milhões de espermatozóides em sua corrida perigosa em direção ao óvulo, descobrimos as maneiras engenhosas pelas quais o corpo da mulher seleciona o melhor, vê um corpo começar a se auto-montar e, em um televisor, observe um rosto humano se unir. Ao longo do programa, acompanhamos o progresso de um casal que espera trigêmeos; da varredura 4D, quando eles ficam frente a frente com seus bebês para um final dramático - o nascimento. Nós também encontramos uma mulher esperando seu 16º bebê e os gêmeos siameses mais velhos do mundo.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    MELHORES MOMENTOS 2 (2017)

  • 20:30TELECONTO

    O COMPRADOR DE FAZENDAS 2

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    A POÉTICA DOS NOVÍSSIMOS

    O PROGRAMA TEM O OBJETIVO DE DIVULGAR JOVENS POETAS DO PAÍS.

  • 22:02BALANÇO DO SÉCULO XX, PARADIGMAS DO SÉCULO XXI

    ARQUITETURA DA GLOBALIZAÇÃO - RON POMPEI

    SÉRIE BALANÇO DO SÉC. XX Projeto: Sociedade Contemporânea VIVENDO ALÉM DOS LIMITES - A GLOBALIZAÇÃO NO COTIDIANO Como educar, amar, viver, construir família e trabalhar na era da globalização? Tentaremos responder, analisando as radicais transformações dos laços sociais, bem como os novos sintomas e também as novas soluções. Psicanalistas, juristas, arquitetos, jornalistas, filósofos, teólogos, especialistas das humanidades apresentarão um panorama das principais questões da contemporaneidade, propondo novas categorias de apreensão da satisfação humana. Os temas são variados e instigantes: a música eletrônica e os ouvidos contemporâneos; o luxo sagrado, o luxo democrático e o eterno luxo; o tempo hiper-moderno, a inquietude e a angústia; querer, desejar e os descompassos entre a humanidade e o mundo; amores eventuais, promiscuidades e o ato contemporâneo de “ficar ”; espaços públicos e privados, na arquitetura da globalização; desaprendendo na escola. A riqueza da discussão certamente vai nos levar muito além dos limites! curador: JORGE FORBES Psicanalista e psiquiatra. Pós-graduado em Psicanálise pela Universidade de Paris VIII. É Analista-Membro das Escolas Brasileira e Européia de Psicanálise. Preside o IPLA-Instituto da Psicanálise Lacaniana. Seu último livro: "Você Quer o Que Deseja?", ed. Best-Seller. ARQUITETURA DA GLOBALIZAÇÃO Neste programa, o arquiteto e designer Ron Pompei discute a globalização e a nova humanidade emergente. Deixaríamos de ser apenas analíticos e mecânicos (herança da era industrial) para tornarmo-nos criativos e empáticos. As últimas revelações da ciência indicam que há uma inteligência subjacente na matéria e nas estruturas mínimas da Vida. Somo seres destinados à criação e à transformação.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 15/10/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    UCRÂNIA - MULHERES E PODER: A HISTÓRIA DE LYUDMILA

    LYUDMILA BEZPALKO É A DIRETORA DA BORSCHAA GIVSKY QUÍMICA E FARMACÊUTICA, UMA DAS MAIORES FÁBRICAS DA UCRÂNIA, SE TORNANDO A MAIS JOVEM DIRETORA DESSA INDÚSTRIA NA UNIÃO SOVIÉTICA. ESSE EPISÓDIO CONTA COMO LYUDMILA AINDA ADMINISTRA A FÁBRICA MESMO COM AS MUDANÇAS POLÍTICAS OCORRIDAS EM SEU PAÍS.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    MATEMÁTICA 62 (MOD.2 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 62 você aprenderá a interpretar e resolver equações do primeiro grau. Verá o que são operações inversas e, ainda, saberá como verificar e analisar a solução encontrada, podendo, assim, conferir se a raiz é verdadeira.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    ARTES PLÁSTICAS 3 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula lançamos a pergunta “as imagens enganam?” para tentar entender melhor a relação entre arte e realidade. Veremos o que é arte figurativa: é aquela que tenta representar o mundo físico como o vemos; e o que é arte abstrata: que é aquela que altera bastante a forma e as cores das coisas, que se abstrai do real. Aprenderemos que não existe um limite rígido entre arte figurativa e arte abstrata e que na história das civilizações as manifestações artísticas expressam a realidade com propostas mais ou menos figurativas ou abstratas. E, por fim, veremos que aspectos sociais, históricos e ideológicos estão presentes nas imagens que compõem a obra, seja ela figurativa ou abstrata.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 33

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    BAGUNÇA *(VER ESCOLA 2.0 (2009))

    Um boato se espalha pela escola de que na última Reunião de Conselho os professores decidiram tomar medidas drásticas para acabar com a bagunça em sala de aula. E uma dessas medidas atingirá diretamente a dupla Cadu e Mano: eles serão colocados em turmas diferentes. Indignados, os amigos farão de tudo para que isso não aconteça!

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 143

    O Entrelinhas entrevistou o escritor cubano Pedro Juan Gutiérrez, autor da Trilogia Suja de Havana; ele falou sobre seu último romance, recém-lançado no Brasil: Nosso GG em Havana, uma ficção na qual o escritor britânico Graham Greene (autor de Nosso Homem em Havana) chega à capital cubana em 1955 e mergulha num submundo de artistas pornô, travestis, mafiosos, agentes do FBI e da KGB. O programa apresenta uma preciosidade jornalística: um dos raros depoimentos que o escritor argentino Julio Cortázar, autor de O Jogo da Amarelinha, deu à televisão – comentando sua obra e o boom da literatura fantástica latino-americana, entre outros assuntos. PROUST NA REDE. O Entrelinhas mostra como leitores brasileiros participaram de um projeto inusitado: uma leitura mundial, on line e por meio de webcams, de Em Busca do Tempo Perdido, monumental obra do escritor francês.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    ECONOMÊS

    BLOCO 01: Felipe e Tininha falam sobre a linguagem utilizada na economia – o economês. Eles saem às ruas para perguntar o que as pessoas entendem por “economia”. O quadro “Etimologia” traz a origem da palavra “Economia” Em “Leitura” apresentamos trecho de crônica escrita por Machado de Assis, em um jornal. O quadro “CSI” faz investigação sobre a letra do Hino Nacional Brasileiro. A personagem Marilia pergunta às pessoas qual o significado dos versos “Ouviram do Ipiranga as margens plácidas/ De um povo heroico o brado retumbante”? BLOCO 02: Gelson Babosa, âncora do “Jornal Nossa Língua” fala sobre os altos e baixos do mercado e chama o repórter Felipe Reis que entrevista, com exclusividade, o “mercado” personificado pela atriz Tininha Mello. O professor Eduardo Lopes, que acompanhou a entrevista fala sobre a figura de linguagem “prosopopéia”. Felipe também entrevista a jornalista e comentarista de economia, Denise Campos de Toledo, da Rádio Jovem PAM. Ela fala sobre a linguagem econômica utilizada nos meios de comunicação. Os detetives do INL continuam a investigação sobre a letra do Hino Nacional Brasileiro BLOCO 03: Os detetives Bento Montenegro e Marília Reis e o conselheiro Brás solucionam o caso do estilo utilizado por Osório Duque Estrada nos versos do Hino Nacional Brasileiro: a “Ordem inversa”. Por ser um texto poético, faz uso da rima e da métrica regular. A inversão da ordem faz com que os dois versos em questão tenham 10 sílabas poéticas, mantendo a métrica regular. Com os versos na ordem indireta, “retumbante” rima com “instante” colaborando para a musicalidade do texto. O quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA traz a dúvida na conjugação verbal do verbo intervir: Interveio / Interviu Trecho da música: “Dívida – O Rappa” O Povo Fala responde a enquete: Você sabe o que é superávit, commodity, descapitalização...? O quadro “Curiosidades” fala sobre “escambo”: a forma utilizada antigamente para as transações comerciais quando não existia o dinheiro.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    IRACEMA NASCIMENTO E WAGNER SANTANA ( 25/06)

    O ESTUDO "O ENFRENTAMENTO DA EXCLUSÃO ESCOLAR NO BRASIL", REALIZADO PELA CAMPANHA NACIONAL PELO DIREITO À EDUCAÇÃO E A UNICEF A PARTIR DE DADOS DO CENSO DEMOGRÁFICO, ESCOLAR E OUTRAS PESQUISAS, É O TEMA DA CONVERSA DO EDUCAÇÃO BRASILEIRA. IRACEMA NASCIMENTO, COORDENADORA-EXECUTIVA DA CAMPANHA, E WAGNER SANTANA, COORDENADOR DE EDUCAÇÃO DA ONG MAIS DIFERENÇAS, DEBATEM OS RESULTADOS QUE APONTAM 3,9 MILHÕES DE CRIANÇAS FORA DA ESCOLA.

  • 10:01SAUDE BRASIL

    ARBOVIROSES

    As arboviroses são doenças transmitidas por artrópodes e infelizmente estão fazendo parte do nosso dia a dia. As arboviroses acometem e vitimam milhões de pessoas em todo o mundo sendo consideradas um sério problema de saúde pública. Existem vários tipos de arboviroses, mas as mais incidentes em nosso meio são: • DENGUE • CHIKUNGUYA • ZIKA • FEBRE AMARELA O principal transmissor das arboviroses é o mosquito Aedes Aegypti. Um sintoma comum das arboviroses é a febre, mas com características diferentes, por isso, é importante o diagnóstico médico. O tratamento sempre deve ser recomendado e acompanhado pelo médico.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    22 - MULHER-SUJEITO

    Mulheres como sujeitos de direitos, donas de seus corpos e de suas escolhas. Ludmila Cavalcanti, professora do curso de Serviço Social da UFRJ, o psicólogo Marcos Nascimento e Tainá Almeida, do Coletivo Meninas Black Power, debatem a educação de meninas e meninos e as questões das mulheres negras.

  • 10:53CULTURA É CURRÍCULO II

    MUSEU CULTURAL E ARQUEOLÓGICO ÁGUA VERMELHA - OUROESTE

  • 11:00CURSOS USP: TÓPICOS DE ÉTICA E EDUCAÇÃO

    PGM 62 - ÉTICA E EDUCAÇÃO: CONSCIÊNCIA E SIGNIFICADO DA VIDA - PARTE 1

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 22

    • João, sua literatura e seu trabalho intelectual estão associados a uma trajetória de militância política, pelas minorias etc, ao passo que o Reinaldo apareceu justamente com um livro, Tanto Faz, que joga isso pro alto. Pergunta para vocês dois: a literatura pode e deve ter compromisso com a realidade? • Reinaldo: Tanto Faz surgiu no começo da abertura; havia um cansaço da política, do discurso engajado? • João: que importância teve a contracultura na sua trajetória? PERGUNTAS BLOCO 2 Pergunta Luiz Roberto Guedes para João Silvério Trevisan (rótulo GLS) • Reinaldo: no seu caso, o rótulo é o da literatura desencanada, hedonista, espontânea – mas vc é tradutor de autores importantes, como Burroughs Thomas Pynchon. Você esconde essas referências? • João: em quais livros entra a temática homoerótica em sua obra? • Reinaldo: o que mudou entre o momento em que escreveu “Tanto Faz” ou “Abacaxi” e o atual, de “Pornopopéia”? PERGUNTAS BLOCO 3 Pergunta Guedes para Reinaldo (publicidade) • João: como foi sua participação no jornal Lampião? Como surgiu? Quem editava? • Reinaldo: em Tanto Faz, a curtição do protagonista tinha um sentido eufórico, enquanto no Pornopopéia, apesar do humor, ele parece cair de modo compulsivo nessa da espiral de sexo e drogas. O prazer virou uma fissura? • João: o papel da sexualidade mudou, deixou de ser libertária para virar objeto de site de sacanagem, Big Brother, revista de celebridades etc? Pergunta Guedes para Trevisan (cinema) PERGUNTAS BLOCO 4 • João: Ana em Veneza tem como pano de fundo a questão da identidade brasileira, de uma arte brasileira: esse tema ainda é importante no Brasil? • Reinaldo: por que vc ficou tanto tempo sem escrever entre Abacaxi, de 1985, até Órbita dos caracóis, de 2003 e os contos de Umidade, de 2005? • João: Parece que seu novo livro – Rei do Cheiro – tem algo em comum com o universo do Reinaldo Moraes. Vc pode falar um pouco dele?

  • 12:30MOSAICOS

    A ARTE DE DORIVAL CAYMMI

    MOSAICOS – A ARTE DE DORIVAL CAYMMI Documentário musical revê a trajetória do compositor a parir de diversas imagens do acervo da TV Cultura, com o cantor em apresentações nos programas Especial TV Tupi 1979, MPB Especial 1972, Heineken Concerts 1996, entre muitos outros. Além disso, o programa trás apresentações inéditas de LadodaLua, Céu, Aloísio Menezes interpretando sucessos do cantor dentro dos estúdios da emissora. Para completar, Olivia Hime, Jussara Silveira e Stella Caymmi dão seus depoimentos.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 21/02/2018 -GRAVIDEZ

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 8

    SINOPSE PROGRAMA 08 - VT SARAMAGO - 1 ANO MORTE - VT ÁFRICA - 20 ANOS APARTHEID - VT PAULO GRACINDO - PGM JOGO DA VERDADE - 100 ANOS NASCIMENTO - VT A PEDIDO - PROFESSOR TIBÚRCIO - VT OFÍCIO CHAPELEIRO - VT ENCERRAMENTO BAILARINO NUREYEV

  • 14:30ANOS DE CHUMBO

    A DERROCADA DO EIXO

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA

    Médica ginecologista e obstetra, coordenadora do projeto afrodite- centro de sexualidade feminina da Unifesp, colunista da revista Crescer. Para muitas pessoas, falar sobre sexo ainda é tabu, inclusive para pais e mães. Só que ter essa conversa com os filhos é absolutamente necessária. Os adolescentes precisam de orientação, até por uma questão de prevenção de doenças e gravidez indesejada. Mãe e filha mostraram no programa a importância do diálogo. A ginecologista Carolina Ambrogini deu dicas importantes sobre a sexualidade dos adolescentes.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 26 OS TRÊS RS (REPROVAÇÃO, RECUPERAÇÃO E REFORÇO) - 08/10/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS CONVERSAR SOBRE O SISTEMA DE PROGRESSÃO CONTINUADA E A POLÊMICA SOBRE PASSAR DE ANO, OU NÃO, O ALUNO QUE TEM NOTAS BAIXAS.// ROSE NEUBAUER, QUE FOI SECRETÁRIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E É PROFESSORA DA USP, ESTARÁ COM A GENTE.

  • 15:33DOC TV II

    CIDADÃO JACARÉ (CE)

    Em 1941, os pescadores Jacaré, Tatá, Manuel Preto e Jerônimo viajam, por 61 dias, de Fortaleza ao Rio de Janeiro, numa jangada. Na capital da República, levam ao ditador Getúlio Vargas reivindicações trabalhistas. Em 1942, o cineasta Orson Welles vem roda ao Brasil rodar episódios de seu longa It’s all true. Um deles, aborda o carnaval carioca; o outro, a aventura daqueles heróis cearenses. Mas, nas filmagens, Jacaré morre em acidente . Ele presidia a colônia de pescadores da Praia de Iracema e, na época, fizera denúncias sobre escândalos do mundo da pesca. O documentário não é a biografia de um homem. Antes, é o retrato de Manuel Olímpio Meira, o Jacaré, como cidadão. Já adulto, ele se alfabetizou para melhor cumprir sua missão, tornando-se um líder. Carismático, impressionou Welles, ao passo que causava certa desconfiança nas autoridades.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA IV

    I WON'T GIVE UP (JASON MRAZ) QUARTA

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 3 - MUSEU DA IMIGRAÇÃO E MEMORIAL DA RESISTÊNCIA

    Neste episódio de Territórios Culturais, Felipe e Tuti – nossos apresentadores – “invadem” dois museus intimamente ligados à história de São Paulo: O Memorial da Resistência, onde nos anos de chumbo da ditadura militar funcionou a prisão do DEOPS e hoje é uma homenagem aos que lutaram pela democracia no Brasil. Nossos apresentadores “invadem” também o Museu da Imigração, localizado onde – no passado – funcionou a hospedaria dos imigrantes, local em que eram recebidas as famílias que aqui chegavam em navios vindos da Europa e que tanto contribuíram para a história de São Paulo.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    MATEMÁTICA 62 (MOD.2 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 62 você aprenderá a interpretar e resolver equações do primeiro grau. Verá o que são operações inversas e, ainda, saberá como verificar e analisar a solução encontrada, podendo, assim, conferir se a raiz é verdadeira.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    ARTES PLÁSTICAS 3 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula lançamos a pergunta “as imagens enganam?” para tentar entender melhor a relação entre arte e realidade. Veremos o que é arte figurativa: é aquela que tenta representar o mundo físico como o vemos; e o que é arte abstrata: que é aquela que altera bastante a forma e as cores das coisas, que se abstrai do real. Aprenderemos que não existe um limite rígido entre arte figurativa e arte abstrata e que na história das civilizações as manifestações artísticas expressam a realidade com propostas mais ou menos figurativas ou abstratas. E, por fim, veremos que aspectos sociais, históricos e ideológicos estão presentes nas imagens que compõem a obra, seja ela figurativa ou abstrata.

  • 17:30CURSOS LIVRES: FILOSOFIA E INTUIÇÃO POÉTICA NA MODERNIDADE

    O POETA E OS PARADOXOS DA ENCARNAÇÃO SUBJETIVA DA HISTÓRIA - PARTE 02

    TENDO EM VISTA A PRÓPRIA DEFINIÇÃO QUE O BAUDELAIRE DÁ 'A ARTE - METADE CONTINGENTE, METADE ABSOLUTA - A AULA QUE ACONTECE SOB O TEMA "O POETA E OS PARADOXOS DA ENCARNAÇÃO SUBJETIVA DA HISTÓRIA" TENTA ESCLARECER COMO O POETA, QUE É ENTÃO UM INDIVÍDUO SINGULAR DENTRO DESSA PERSPECTIVA, SE POSICIONA DIANTE DA REALIDADE. A PERGUNTA QUE SE COLOCA, E QUE O PROFESSOR BUSCA RESPONDER: É POSSÍVEL NA MODERNIDADE, NAS CONDIÇÕES DA MODERNIDADE, ENCONTRAR-SE COMO SINGULAR?

  • 18:16TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 28 - PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO EM ARTES E PROAC

    A qualificação em artes é um programa de formação, voltado à orientação artística de grupos de teatro e de dança no interior, litoral e região metropolitana de São Paulo. Territórios Culturais de hoje invade os palcos desse projeto. Esse ano os espetáculos acontecem na oficina Oswald de Andrade. O programa contribui com a descentralização de polos culturais e movimenta o circuito cultural dos municípios qualificando artistas locais e promovendo a circulação de espetáculos. Tuti e Felipe conferem tudo isso bem de perto.

  • 18:31CAMPUS EM AÇÃO 2019

    SOLO FINALE (ESPM) + MINAS DO CAMAQUÃ: UM PARAÍSO ESCONDIDO (ESPM-SUL)

    Neste programa Aline Jones e Eduardo Guimarães, apresentam os vídeos “Solo Finale”, produzido por alunos do curso de Publicidade Propaganda da ESPM/ SP e “Minas do Camaquã: um paraíso escondido” produzido por alunos do curso de Publicidade Propaganda da ESPM/ Sul. “Solo Finale” Um pintor, após perder sua esposa, busca encontrar uma nova inspiração artística ao mesmo tempo luta para não se perder em sua própria loucura. Ano de produção: 2017 “Minas do Camaquã: um paraíso escondido” Uma cidade movimentada, hoje vazia. Funcionários, suas famílias e toda uma região envolvidas com a exploração de cobre, que trouxe para um dos distritos do munícipio de Caçapava do Sul (RS) a estrutura urbana digna de uma cidade grande na década de 1940: escolas, hospitais, centro de eventos e até mesmo um cinema foram trazidos para o local. Mas, com o final de exploração de cobre, nos anos 1990, a cidade foi se esvaziando, pouco a pouco, restando atualmente cerca de 450 habitantes. Mesmo com todos os empecilhos que a região possui atualmente, os moradores que ali ficaram não querem ir embora: Minas do Camaquã é um paraíso escondido. Ano de produção: 2017

  • 19:00MATÉRIA DE CAPA

    MATÉRIA DE CAPA 336 - O PODER DA MENTE

    AFINAL, SERÁ QUE EXISTE A TAL ENERGIA NEGATIVA, QUE ALGUNS PREFEREM CHAMAR DE VIBRAÇÕES? PARA A CIÊNCIA EXISTE O CONTÁGIO EMOCIONAL. SEJA QUAL FOR O NOME, A QUESTÃO É A SEGUINTE: PORQUE ALGUMAS PESSOAS TORNAM O AMBIENTE PESADO E PARECEM TRANSFERIR PARA AS OUTRAS UMA SENSAÇÃO ESTRANHA? POR OUTRO LADO, EXISTEM AQUELAS QUE CONSEQUEM ILUMINAR COM SEU SORRISO QUALQUER AMBIENTE E PASSAM PARA AS DEMAIS UM SENTIMENTO DE CONFORTO E TRANQUILIDADE. ESTUDOS RECENTES MOSTRAM QUE ALGUMAS PESSOAS SÃO MAIS SENSÍVEIS DO QUE OUTRAS A ESSE TIPO DE CONTATO, MAS É POSSÍVEL DESENVOLVER UMA PROTEÇÃO CONTRA AS FORÇAS NEGATIVAS QUE PAIRAM NO AR. OUTRA QUESTÃO: VOCÊ CONFIA NA SUA INTUIÇÃO? SABIA QUE É POSSÍVEL TREINAR O PROCESSO INTUITIVO? NESTA EDIÇÃO DO MATÉRIA DE CAPA.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    INÉDITOS DIVERSOS 1 (2017)

  • 20:31TELECONTO

    O COMPRADOR DE FAZENDAS 3

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    O POETA DESCONHECIDO: RAGUNA CABRAL

    UM GRUPO DE JOVENS ATORES QUER FAZER UM ESPETÁCULO SOBRE A SÃO PAULO DOS ANOS 1930. O RAUTOR DA PEÇA EM SUAS PESQUISAS DESCOBRE O JOVEM POETA RAGUNA CABRAL, QUE MORREU AOS 23 ANOS E PUBLICOU APENAS DOIS LIVROS. ENCANTADOS PELA OBRA DE CABRAL O GRUPO MONTA UM ESPETÁCULO QUE É UM SUCESSO.

  • 22:00#PROVOCAÇÕES

    #PROVOCAÇÕES - 21 - MARCELO FREIXO

    Em nova fase, o programa #Provocações, agora comandado por Marcelo Tas, recebe o professor de história e deputado federal pelo PSOL do Rio de Janeiro, Marcelo Freixo. No programa, ele fala sobre temas que estão em destaque na mídia nacional: a morte de Ágatha Félix, no Complexo do Alemão no Rio de Janeiro; o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel; Marielle Franco; e sobre o item excludente de ilicitude proposto em pacote anticrime do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

  • 22:30ESCALA MUSICAL

    ESCALA MUSICAL - 09

    No dicionário, diva também significa “aquela que serve de inspiração”. Então, no programa, duas divas com um pezinho no drama. Marina de La Riva, mais clássica, com influências latinas da família que veio que de Cuba. E, Maria Alcina, contestadora, picante e bem humorada, mas com influências igualmente latinas.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 16/10/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    MÉXICO - TODAS AS MULHERES TRABALHAM

    COMO A MULHER MEXICANA CHEGOU A TER OS MESMOS DIREITOS TRABA LHISTAS QUE OS HOMENS,ASSIM COMO O AUMENTO DOS "CHEFES" DE FAMILIA FEMININOS.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    CIÊNCIAS 45 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 45 você aprenderá que, na reprodução das plantas e dos animais, uma estrutura masculina se encontra com uma feminina para dar origem a um novo ser vivo, parecido com os seus pais. Verá também que existem variedades dentro de uma mesma espécie e que elas aumentam quando nascem indivíduos com características novas, ausentes nos seus pais.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    QUÍMICA 4 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você conhecerá o aparelho de destilação, útil para a separação de líquidos com substâncias dissolvidas. Durante a destilação da água, acontecem vários fenômenos: a vaporização, quando ela se transforma em vapor; a ebulição, quando ferve; e a condensação, quando o vapor se transforma em água de novo.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 34

  • 08:02ALMANAQUE EDUCACAO

    CORAGEM *(VER ESCOLA 2.0 (2009))

    Final do campeonato de futsal. O jogo segue empatado nos acréscimos, quando o juiz marca um pênalti. Diante da torcida, que lota a quadra da escola, ninguém se apresenta pra cobrança. Cadu, então, enche o peito de coragem e assume a responsabilidade. Se ele fizer o gol, o time vence o campeonato; mas se ele perder, o título fica pra outra equipe. Neste inusitado episódio, acompanhamos as conseqüências de cada uma das possibilidades acima na vida de Cadu.

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 144

    Autor de livros fundamentais da literatura contemporânea, como O Ventre (publicado há 50 anos), Pilatos e Quase Memória, o escritor carioca Carlos Heitor Cony, fala de sua ficção, dos mais de 20 anos que ficou sem escrever, e sobre as questões éticas e políticas também presentes em sua vivência como jornalista que sempre se opôs aos dogmatismos ideológicos. Fórum das Letras de Ouro Preto. O programa mostra como foi o encontro que aconteceu na cidade mineira entre os dias 5 e 9 de novembro e entrevista escritores que participaram desse que é um dos maiores eventos literários do país. Finalista do prêmio Portugal Telecom com A Chave de Casa, a escritora Tatiana Salem Levy participou do Fórum das Letras de Outro Preto e falou ao Entrelinhas sobre sua trajetória e sobre esse romance, de caráter autobiográfico.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    FEIRA

    Bloco 01 Felipe e Tininha estão em uma feira para falar da linguagem criativa dos feirantes para anunciar seus produtos. Feirantes e consumidores respondem as enquetes: Como você faz para atrair a atenção do freguês? / Você tem alguma outra maneira de chamar a atenção para o seu produto sem ser gritando? / Que tipos de frases dos feirantes te chamam mais a atenção? / Você já parou numa barraca por causa da cantada do feirante? Tininha e Felipe falam sobre o pregão na feira e o pregão na bolsa de valores. O Jornal Nossa Língua aborda o pregão da bolsa e valores. Felipe Reis vai até a bolsa de valores para conferir o que é pregão. Ele entrevista José Alberto Neto Filho e pergunta a diferença entre o pregão viva-voz e o feito pelo computador. Bloco 02 O quadro “Etimologia” traz a origem da palavra “feira” . Para ilustrar o tema, a canção “A feira”, d’O Rappa, ilustrada com imagens da feira. Felipe entrevista o físico e educador Pierluigi Piazzi e pergunta por que os dias da semana terminam com feira. O quadro “Curiosidades” fala sobre números fracionários. Bloco 03 Felipe declama trecho do poema “Não comerei da alface a verde pétala” de Vinícius de Moraes. Ele e Tininha continuam na feira e falam sobre a “xepa”. O Povo Fala responde a enquete: O que é a xepa? Para ilustrar, a música: “A xepa”, de Ruy Maurity, ilustrada com imagens da feira O quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA traz os equívocos cometidos quando no uso do termo “grama” e dos pronomes relativos “onde” e “aonde”. A música “Feira de Caruaru”, de Luiz Gonzaga encerra o programa.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    JANAÍNA DIOGO E SILVANA RABELLO (09/07)

    UMA PORTARIA DE JUNHO DE 2014 CRIOU NOVAS REGRAS PARA A PRESCRIÇÃO NA CIDADE DE SÃO PAULO DO METILFENIDATO, DROGA MAIS USADA EM TODO O PAÍS PARA TRATAR O TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO COM HIPERATIVIDADE EM CRIANÇAS, MAIS CONHECIDA PELO NOME COMERCIAL RITALINA. A MEDIDA TENTA LIMITAR O CONSUMO DA DROGA, UM ESTIMULANTE DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL, AOS CASOS EM QUE OUTRAS ABORDAGENS COMBINADAS FALHAREM E TAMBÉM MONITORAR O PERÍODO DE USO, JÁ QUE O MEDICAMENTO PODE CAUSAR DEPENDÊNCIA. O AUMENTO CONSIDERÁVEL DA VENDA DESTA SUBSTÂNCIA NO BRASIL NOS ÚLTIMOS ANOS, OS ERROS NO DIAGNÓSTICO DO TRANSTORNO E A EFICÁCIA DESTE TRATAMENTO COM REMÉDIOS FORAM ALGUMAS DAS QUESTÕES ABORDADAS PELAS NOSSAS CONVIDADAS: JANAÍNA DIOGO, TÉCNICA EM SAÚDE MENTAL DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SP, SILVANA RABELLO, DOUTORA EM PSICOLOGIA PELA PUC DE SP E MARIA APARECIDA MOYSES, PROFESSORA TITULAR DO DEPARTAMENTO DE PEDIATRIA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DA UNICAMP. ELAS CONVERSARAM COM CÁSSIA GODOY.

  • 10:03SAUDE BRASIL

    FARMACOVIGILÂNCIA

    Cada vez mais a ciência avança e desenvolve medicamentos que tem contribuído para a garantia e promoção da saúde. Para se desenvolver um medicamento pesquisa-se anos e são utilizados diversos testes a fim de garantir a sua segurança e eficácia. Mas apesar de todas as pesquisas e testes, alguns medicamentos quando estão no mercado podem apresentar efeitos colaterais prejudiciais a população em gera, ou a públicos específicos. Por isso, para garantir a segurança na utilização destes produtos foi criado o conceito de Farmacovigilância. O principal objetivo da farmacovigilância é fazer a monitoração dos medicamentos que estão no mercado relatando as reações adversas dos produtos.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    23 - COMUNICAÇÃO E SAÚDE

    Princípios e desafios da comunicação em saúde nos dias atuais. No estúdio, Nádia Rebouças, consultora de comunicação para transformação, Inesita Soares de Araújo, professora do Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde da Fiocruz, e Eduardo Alves, sociólogo e diretor da Escola Popular de Comunicação Crítica (ESPOCC) do Observatório de Favelas.

  • 10:46CULTURA É CURRÍCULO II

    MUSEU HISTÓRICO E PEDAGÓGICO BERNARDINO DE CAMPOS - AMPARO

  • 11:00CURSOS USP: TÓPICOS DE ÉTICA E EDUCAÇÃO

    PGM 63 - ÉTICA E EDUCAÇÃO: CONSCIÊNCIA E SIGNIFICADO DA VIDA - PARTE 2

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 23

    PERGUNTAS BLOCO 1 • Maria Rita: Você acaba de publicar um livro sobre a depressão. Qual a importância desse distúrbio doença psíquica? Existem doenças que traduzem uma época? • Beatriz: Na hora de escrever um romance ou conto, você escolhe um assunto que seja “sintomático”? • Maria Rita: Existe hoje espaço para a intervenção intelectual de um psicanalista? A psicanálise tem repercussão? • Beatriz: A literatura, a ficção, tem algum alcance? PERGUNTAS BLOCO 2 Pergunta Olgária Matos para Maria Rita Kehl (pobreza do mundo interior) • Beatriz: Pegando carona nessa pergunta, você escreveu o argumento do filme Cronicamente Inviável, do Sergio Bianchi, que expõe o lado perverso das elites brasileiras. Onde existe “mundo interior” nessa realidade dividida entre elites preconceituosas e uma massa de pessoas oprimidas e aterrorizadas? • Maria Rita: na falta de perspectiva de transformações políticas ou econômicas efetivas, a questão ética substituiu as questões infra-estruturais,? (Lembrar Castoriadis) • Beatriz: você estreou com o romance Azul e Dura, que narra história de uma mulher de classe alta que atropela uma inválida; de onde veio essa espécie de cena inaugural da sua obra? PERGUNTAS BLOCO 3 Pergunta Olgária Matos para Beatriz (tempo da leitura) • Maria Rita: Videologias, escrito com Eugênio Bucci, é uma análise dos mecanismos ideológicos da televisão. O que mudou nos últimos anos na relação da nossa subjetividade com a mídia? • Beatriz: Em Meu Amor, você escreve contos a partir de episódios de grande repercussão como os assassinatos do menino João Helio ou de Isabela Nardoni – mas seu foco é o tratamento que esses assuntos tiveram na mídia. A violência da informação pode indignar tanto quanto a violência em si? • Maria Rita: é como é p/ vc participar desse universo midiático, televisivo? • Beatriz: Vc participou Flip e publicou em Meu Amor um conto – “Comida em Parati” – que contém críticas, ou pelo menos ironias, em relação a essa exposição do autor. Eventos como esse fazem a obra ser substituída pelo autor? PERGUNTAS BLOCO 4 • Maria Rita: quando se fala em depressão, sempre vem à tona a questão dos psicofármacos: remédios psiquiátricos são uma forma de apaziguar os conflitos? • Beatriz: Você passou do tema da culpa social em Azul e Dura, para a culpa política, em Não Falei. Como foi esse processo. A culpa é tão central quanto a depressão? Azul e Dura: "irmandade apátrida" da riqueza globalizada: o "único pecado é o fracasso", Não Falei: "Deixamos isso acontecer, acontecemos esse horror. (...) Talvez jamais alguém tenha me considerado um traidor, a não ser eu mesmo", • Maria Rita: por que o título O tempo e o cão? Vc já lidou pessoalmente com a depressão? • Beatriz: que importância teve o trabalho como editora para sua literatura?

  • 12:30SR. BRASIL

    SR. BRASIL 547

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 17/12/2018 - EMPREENDEDORISMO

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 9

    SINOPSE PROGRAMA 09 - VT PARADA GAY - VT PICASSO - VT A PEDIDO - A PEDRA DOS SONHOS - VT RETRÔ HAIR - VT ENCERRAMENTO JOHN LEE HOOKER

  • 14:30ANOS DE CHUMBO

    A TECNOLOGIA DA GUERRA

    OS ANOS DA GUERRA ASSISTIRAM A UMA ALIANCA DEFINITIVA ENTRE A CIENCIA E O PODER DE DESTRUICAO. OS GOVERNOS FIZERAM ALTOS INVESTIMENTOS EM TECNOLOGIA BELICA, ATINGINDO O SALDO DE 50 MILHOES DE MORTES. OS FORNOS CREMATORIOS NOS CAMPOS DE CON- CENTRACAO ALEMAES, AS PESQUISAS DE ARMAS BACTERIOLOGICAS DOS JAPONESES, A BOMBA ATOMICA NORTE-AMERICANA, AS BOMBAS VOADO- RAS V-2 ALEMAS E OS EQUIPAMENTOS DE ESPIONAGEM E CONTRA-ES- PIONAGEM DOS PAISES ENVOLVIDOS NO CONFLITO REVELAM A PRESEN- CA MARCANTE DA INDUSTRIA BELICA, DE CIENTISTAS E DE DINHEI- RO. AO TERMINO DO CONFLITO,TUDO SE JUSTIFICOU EM NOME DA CHAMADA "NEUTRALIDADE CIENTIFICA". FOI EM NOME DELA QUE O ALEMAO WERNER VON BRAUN E O JAPONES SHIRO ISHII FORAM PERDOADOS E INCORPORADOS A CIENCIA NORTE-AMERICANA, E QUE O ITALIANO BRUNO PONTECORVO PODE SE TORNAR UM DOS PAIS DA BOMBA ATOMICA SOVIETICA.

  • 15:01MOMENTO PAPO DE MÃE II

    FUTEBOL EM FAMÍLIA

    Papo de bola no momento papo de mãe. É, porque tem famílias que levam o futebol muito a sério. E o time de coração chega a ser passado de uma geração para a outra. Mas daí, por exemplo, como é que faz quando o casal torce para times diferentes? Como fica a escolha dos filhos? Cadu conta como é o futebol na família dele. Ele está com camisa do Corinthians. Thais, com camisa do palmeiras, conta que na família dela todos são palmeirenses e ela conheceu o marido na arquibancada durante um jogo. Na família da apresentadora Mariana Kotscho é diferente, cada um torce para um time e mostramos um vídeo contando esse diversidade. Depoimentos de vários telespectadores sobre o tema. Futebol: paixão nacional.

  • 15:16DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 27 ENSINO DE INGLÊS - 09/10/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS FALAR O ENSINO DO INGLÊS NAS ESCOLAS PÚBLICAS.// O IDIOMA ESTRANGEIRO NOS DÁ ACESSO AO MUNDO E AO MERCADO DE TRABALHO./ SÓ QUE, TAMBÉM NESSA MATÉRIA, NOSSAS ESCOLAS FICAM DEVENDO MUITO AOS ALUNOS.// VAMOS DISCUTIR ESSE ASSUNTO COM SILVIA DONNINI - EX-DIRETORA DO MEC.//

  • 15:34DOC TV II

    A DESCOBERTA DA AMAZÔNIA PELOS TURCOS ENCANTADOS (PA)

    A Descoberta da Amazônia pelos Turcos Encantados é um documentário que registra / recria realidades materiais e imateriais que compõem o universo místico do Tambor de Mina, a mais poderosa religião afro-indígena da Amazônia. O Tambor de Mina é um mundo onde cabem todos os mundos. Lá estão os voduns e orixás africanos, deuses indígenas, nobres encantados - como D. Sebastião e Marques de Pombal - junto com sultões e princesas do Oriente , cuja história remonta a época das Cruzadas.Nos aproximadamente 2.500 terreiros Mina existentes na Grande Belém as princesas turcas Mariana, Herondina e Jarina são as entidades mais cultuadas entre todas que fazem parte do Mundo da Encantaria. Esta devoção por divindades procedentes do Oriente pelo povo afro-caboclo-indígena da Amazônia é explicada pela saga metafísica do Povo da Turquia, contada/cantada pelos adeptos do Tambor de Mina nas suas festas e atos religiosos.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA IV

    I WON'T GIVE UP (JASON MRAZ) QUINTA

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 4 - BIBLIOTECA DE SÃO PAULO - ETEC - ESPAÇO MEMORIA CARANDIRU

    Neste episódio de Territórios Culturais, nossos apresentadores - Felipe e Tuti – invadem o Parque da Juventude, sede da Biblioteca de São Paulo. Espaço de acolhida de jovens e famílias, o Parque da Juventude abrigou - num passado recente - espaço de triste memória: A Casa de Detenção de São Paulo, popularmente conhecida como Carandiru. Daquele tempo, resiste apenas o Memorial que relembra os dias difíceis do lugar. Ele nós também vamos conhecer.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    CIÊNCIAS 45 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 45 você aprenderá que, na reprodução das plantas e dos animais, uma estrutura masculina se encontra com uma feminina para dar origem a um novo ser vivo, parecido com os seus pais. Verá também que existem variedades dentro de uma mesma espécie e que elas aumentam quando nascem indivíduos com características novas, ausentes nos seus pais.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    QUÍMICA 4 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você conhecerá o aparelho de destilação, útil para a separação de líquidos com substâncias dissolvidas. Durante a destilação da água, acontecem vários fenômenos: a vaporização, quando ela se transforma em vapor; a ebulição, quando ferve; e a condensação, quando o vapor se transforma em água de novo.

  • 17:31CURSOS LIVRES: FILOSOFIA E INTUIÇÃO POÉTICA NA MODERNIDADE

    BAUDELAIRE DIANTE DA MODERNIDADE: UMA "TRANSVALORAÇÃO" POÉTICA? - PARTE 01

    DE QUE FORMA É POSSÍVEL FALAR DE HEROÍSMO DA MODERNIDADE? NA ÚLTIMA AULA DO CURSO DE FILOSOFIA E INTUIÇÃO POÉTICA, O PROFESSOR FRANKLIN LEOPOLDO E SILVA FALA SOBRE A ATRIBUIÇÃO DO SIGNIFICADO DE VALOR DA MODERNIDADE POR VIA DA POÉTICA DE BAUDELAIRE. O PROFESSOR UTILIZA, ENTRE OUTRAS REFERÊNCIAS, TRECHOS DE TEXTOS DO FILÓSOFOS WALTER BENJAMIN E MICHEL FOUCAULT QUE DISCUTEM A OBRA DE BAUDELAIRE.

  • 18:16TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 27 - MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA E RESTAURO PINACOTECA

    As obras de restauração e recuperação do Museu da Língua Portuguesa seguem a todo o vapor. No programa de hoje, Tuti e Felipe invadem essas obras e mostram, em primeira mão, como vai ficar o Museu da Língua Portuguesa após sua restauração. E como a conversa é restauro, os apresentadores atravessam a rua em frente ao Museu da Língua e vão conferir de perto um dos lugares mais secretos e reservados da Pinacoteca do Estado, o setor de conservação e restauro.

  • 18:32REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1299

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE, VOCÊ ACOMPANHA A NOVA EXPEDIÇÃO DA FAMÍLIA SCHURMANN. CONHEÇA TAMBÉM O DOCUMENTÁRIO SOBRE POVOS INDÍGENAS ISOLADOS DO BRASIL. E AINDA, OS IMPACTOS DA PRODUÇÃO E CONSUMO DE CARNE BOVINA. PESQUISAS MOSTRAM QUE A CRIAÇÃO DE GADO ACABA COM ÁREAS DE FLORESTA E A DIETA COM EXCESSO DE PROTEÍNA ANIMAL PREJUDICA A SAÚDE. FILME ALERTA QUE A DESTRUIÇÃO DA AMAZÔNIA AMEAÇA A SOBREVIVÊNCIA DE UM GRUPO ISOLADO ,NA TERRA ARARIBÓIA , ESTADO DO MARANHÃO. E , O COMANDANTE DA FAMÍLIA BRASILEIRA DE VELEJADORES FALA SOBRE PRÓXIMA JORNADA EM DEFESA DOS MARES E OCEANOS.

  • 19:00A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    INÉDITOS DIVERSOS 2 (2017)

  • 20:30TELECONTO

    O COMPRADOR DE FAZENDAS 4

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    VICENTE DE CARVALHO - O POETA DO MAR

    ACOMPANHANDO UM GRUPO DE ESTUDANTES EM UMA VIAGEM PARA BERTIOGA, O PROGRAMA CABARET LITERÁRIO CONTA A VIDA E A OBRA DE VICENTE DE CARVALHO, O POETA DO MAR.

  • 22:00RETRATOS DE FÉ

    RETRATOS DE FÉ - 15 - IGREJA CATÓLICA BRASILEIRA - TEMP I

    Líderes em São Paulo e em Brasília falam das suas atividades e apresentam alguns ritos da igreja. No Rio de Janeiro e em Lages, Santa Catarina, dois praticantes revelam a importância que a igreja tem em suas vidas.

  • 22:30ROTA DA INOVAÇÃO II

    ROTA DA INOVAÇÃO II - EPISÓDIO 07

    Num episódio todo dedicado ao papel e a importância das mulheres n o Vale do Silício, Clodoaldo Araujo conversa na Rocket Space com Fernanda Baker, da Apex Brasil e com Maria Fujihara, fundadora e CEO da Sinai Technologies Inc., especialista em cidades e construções sustentáveis e tecnologias exponenciais, sobre a vida no Vale do Silício, o estado da inovação na Califórnia, os usos da Inteligência Artificial e seus projetos de redução de carbono. No segundo bloco, Clodoaldo Araujo entrevista Gloria Hunt, do Consulado do Brasil em San Francisco, que conta sua experiência profissional e seu ponto de vista sobre a inovação no Vale do Silício.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 17/10/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    INGLATERRA - OS VELHOS INVISÍVEIS

    MUITAS APOSENTADAS E APOSENTADOS INGLESES ACHAM QUE VIVEM PERTO OU ABAIXO DA LINHA DE POBREZA.MAS AS MULHERES NESSAS CONDICOES SAO MAIS NUMEROSAS,POR CAUSA DO SISTEMA DE PENSAO BRITANICO,QUE PRESUME QUE AS MULHERES DEVAM SER CUIDADAS PE- LOS SEUS MARIDOS.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    GEOGRAFIA 32 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula nós vamos ver os principais aspectos do quadro natural latino americano. Vamos ficar sabendo um pouco mais das diferentes culturas e etnias dos povos ameríndios e do processo de ocupação e colonização dessa região e, também, o papel de nações, como a Inglaterra e os Estados Unidos, na formação da América Latina.

  • 07:16NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    SOCIOLOGIA 4

    Na teleaula de número 04 você aprenderá que diferenças sociais sempre existiram. Você verá que nossa sociedade nasceu marcada pela injustiça e ainda está muito longe de oferecer condições de vida dignas aos seus cidadãos. Aprenderá, também, que a desigualdade, às vezes, se apóia na idéia errônea de que uns são ‘naturalmente’ melhores do que os outros. Isso não faz sentido, pois os papéis que as pessoas têm na sociedade são construídos socialmente. Todos devem ser tratados de forma igual e, ao mesmo tempo, devem ter suas diferenças respeitadas. E você verá também que há meios de promover a igualdade. Exigir políticas sociais de efeito duradouro é uma delas, além de ver que um simples exemplo pode fazer muito. É só não ficar de braços cruzados.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 35

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    COMUNICAÇÃO DIGITAL *(VER ESCOLA 2.0 (2009))

    Cadu publica no Twitter do Almanaque que fará uma entrevista exclusiva com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Mesmo alertado por Mano, ele confirma pra todos que trasnmitirá a entrevista pela internet, sem perceber que a história vai ganhando proporções gigantescas, saindo completamente do seu controle. Agora os amigos terão de usar toda a criatividade que têm para contornar a situação.

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 145

    O Entrelinhas entrevistou escritores e leitores que estiveram em Fortaleza na 8º Bienal do Livro do Ceará, cujo tema foi "A Aventura Cultural da Mestiçagem". O programa destaca os ensaios sobre fotografia da escritora norte-americana Susan Sontag, que morreu em 2004 e foi uma das maiores intelectuais contemporâneas. O artista plástico Nuno Ramos fala de seu trabalho como escritor e da relação entre as linguagens visual e poética.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    GERÚNDIO

    BLOCO 01: O programa traz para discussão a linguagem utilizada pelos atendentes de telemarketing: o uso do gerundismo. Tininha, como atendente de telemarketing, conversa ao telefone com cliente, Felipe Reis, fazendo uso do gerúndio. O quadro “Etimologia” traz a origem da palavra: telemarketing O quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA explora o uso do Gerundismo com os atores Felipe Reis, como cliente e Tininha Mello como atendente de telemarketing. O Povo Fala responde a enquete: “Você faz uso do gerúndio? O que acha de quem usa esse estilo?” O quadro “CSI” investiga a expressão “podre de rico”. BLOCO 02: Os detetives do INL (Instituto Nossa Língua), Bento Montenegro (Felipe Reis) e Marília Reis (Tininha Mello) continuam sua investigação sobre a expressão “podre de rico” . O Jornal Nossa Língua fala sobre o Gerundismo. Felipe Reis vai às ruas para descobrir se as pessoas conseguem distinguir a diferença entre “gerúndio” e o “gerundismo” e se sabem o que é endorreia. Felipe também questiona se as pessoas já foram contaminadas pelo vício do gerundismo. BLOCO 03: O Jornal Nossa Língua, com exclusividade, traz o depoimento do “Gerúndio” e também do “Gerundismo”. Felipe Reis entrevista o professor José Simões. Ele esclarece em que situações é correto e necessário o uso do gerúndio e quando não se deve usá-lo. Também responde por que algumas pessoas passaram a condenar todas as formas de gerúndio. Tininha lê de um trecho do artigo de Ruy Castro, “A pobre língua, deformada por novas manias”. Felipe caracterizado como Camões interpreta trecho de “Os Lusíadas – Canto I", de Luís de Camões. Tininha como atendente de telemarketing conversa com o Felipe, no papel de cliente, usando, dessa vez, o uso do discurso direto.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    NEIDE NOFFS E HELENA ALBUQUERQUE (16/07)

    UM PROJETO DE LEI DO EXECUTIVO, ENCAMINHADO À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, PREVÊ QUE OS NOVOS DIRETORES DAS ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE SÃO PAULO PASSEM POR FORMAÇÃO, AVALIAÇÃO E, CASO NÃO ATENDAM ÀS EXPECTATIVAS DE DESEMPENHO, POSSAM SER DEMITIDOS. A DIRETORA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO DA PUC DE SP, NEIDE NOFFS, E A PROFESSORA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA PUC DE SP, HELENA ALBUQUERQUE, FALARAM SOBRE O PROJETO, AS ATRIBUIÇÕES DOS DIRETORES DE ESCOLA E AS HABILIDADES QUE ESSES PROFISSIONAIS DEVEM TER. ELAS CONVERSARAM COM CÁSSIA GODOY.

  • 10:01SAUDE BRASIL

    ATUAÇÃO DO FARMACÊUTICO NO TRATAMENTO DO CÂNCER

    Cada vez mais a ciência avança e desenvolve medicamentos que tem contribuído para a garantia e promoção da saúde. Para se desenvolver um medicamento pesquisa-se anos e são utilizados diversos testes a fim de garantir a sua segurança e eficácia. Mas apesar de todas as pesquisas e testes alguns medicamentos quando estão no mercado podem apresentar efeitos colaterais prejudiciais a população em geral ou a públicos específicos. Por isso, para garantir a segurança na utilização destes produtos foi criado o conceito de Farmacovigilância. O principal objetivo da farmacovigilância é fazer a monitoração dos medicamentos que estão no mercado relatando as reações adversas dos produtos.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    24 - MÚSICA, SAÚDE E POTÊNCIA

    A música como ferramenta para a promoção e recuperação da saúde. A musicoterapeuta Marly Chagas Oliveira Pinto, vice-presidente da Associação de Musicoterapia do Rio de Janeiro, o músico Marcelo Henrique Pfeil, professor de música da Rede Pública Municipal do Rio de Janeiro, e a psicóloga Nathalia Massi, facilitadora de biodanza, debatem o assunto.

  • 10:46CULTURA É CURRÍCULO II

    PINACOTECA MIGUEL DUTRA - PIRACICABA

  • 11:00CURSOS USP: TÓPICOS DE ÉTICA E EDUCAÇÃO

    PGM 64 - ÉTICA E EDUCAÇÃO: CONSCIÊNCIA E SIGNIFICADO DA VIDA - PARTE 3

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 24

    Sinopse PGM 24 Convidados: Psicanalista e ensaísta Renato Mezan e professora de literatura Cleusa Rios P. Passos Tema: No ano em que se comemora os 70 anos de morte de Freud (23/09) o Letra Livre discute a relação entre literatura e psicanálise. No ar: 08 de outubro Cleusa Rios P. Passos Ensaísta e professora do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da USP, Cleusa Rios Passos representa uma das vertentes mais instigantes dos estudos literários: uma aproximação entre a teoria psicanalítica e as correntes da crítica contemporânea. Seu trabalho oscila da análise de autores e obras específicos – como no livro Guimarães Rosa: do feminino e suas estórias – a ensaios em que estabelece pontes entre os conceitos criados por Freud e conceitos sobre a representação ficcional e o imaginário poético – como em Confluências: crítica literária e psicanálise. Em seu livro mais recente, As Armadilhas do Saber, Cleusa Rios Passos aborda desde Machado Assis, Murilo Mendes e Cecília Meireles até Nelson Rodrigues e Chico Buarque. Renato Mezan Um dos mais importantes psicanalistas do país, Renato Mezan é autor de livros que investigam a obra de Freud tanto na perspectiva da clínica quanto do ponto de vista de seu impacto sobre a cultura do século 20. Freud: A Trama dos Conceitos, um de seus primeiros livros, é uma leitura das contradições, impasses e soluções que constituíram a teoria freudiana. E Freud, Pensador da Cultura é um estudos monumental sobre o ambiente artístico e filosófico no qual surgiu a psicanálise. Seus ensaios – reunidos em livros como A Vingança da Esfinge, Psicanálise, Judaísmo – Ressonâncias e Interfaces da Psicanálise – continua essa reflexão a partir de um amplo espectro de autores e temas, que inclui desde a tragédia grega Édipo Rei, de Sófocles, à obra do filósofo francês de Michel Foucault. PERGUNTAS BLOCO 1 • Mezan: Esse ano marca os 70 anos da morte de Freud; como foi que a psicanálise se incorporou à cultura contemporânea? Dá para fazer um paralelo com autores como Darwin e Marx? • Cleusa: A psicanálise influenciou a literatura posterior a Freud? • Mezan: E como a literatura serviu a Freud na elaboração da psicanálise? PERGUNTAS BLOCO 2 Pergunta Yudith Rosenbaum para Mezan (psicanálise/literatura policial). • Cleusa: Existem autores mais psicanalíticos? • Mezan: Como Freud se relacionou com os escritores e artistas de seu tempo (questão das vanguardas, fluxo de consciência, escrita automática etc)? • Cleusa: O que é a psicanálise aplicada à literatura e como é vista no meio literário? PERGUNTAS BLOCO 3 Pergunta Yudith para Cleusa (consciência do escritor) • Pedir para Mezan explicar análise que Freud fez da Gradiva de Jensen? • Mezan: Fazer análise inibe a criatividade, resolvendo os conflitos do escritor, eliminando o recalque? • Cleusa: Que diferença existe entre os temas psicológicos da época de Freud e da literatura contemporânea? PERGUNTAS BLOCO 4 • Cleusa: Como a crítica literária navega pelas diferentes escolas da psicanálise? • Para ambos: o único prêmio recebido por Freud foi o prêmio Goethe. Dá para ler seus textos como um romance? • Mezan: Após 70 de morte, a obra de Freud cai em domínio público. O que significa isso em termos de edição e tradução de suas obras?

  • 12:30BRASIL TOCA - CHORO

    BRASIL TOCA - CHORO - 09 - CHORO CANÇÃO

    Com o tema Choro Canção, este programa homenageia os compositores Tom Jobim e Guinga, entre outros.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 19/12/2018 - TERCEIRO SETOR

    A GENTE RECEBE O PROFESSOR MARCELO MARCHESINI, COORDENADOR DO PROGRAMA AVANÇADO EM GESTÃO PÚBLICA DO INSPER./ E FRANKLIN FÉLIX, COORDENADOR DE ARTICULAÇÃO E MEMBRO DO CONSELHO DIRETOR DA ABONG, A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ORGANIZAÇÕES NÃO-GOVERNAMENTAIS./

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 10

    SINOPSE PROGRAMA 10 VT MARCHAS VT A PEDIDO - CASSIANO RICARDO (PGM ENIGMA 1987) VT OFICIO GUARDA-CHUVEIRO VT MEL BROOKS (NASCIA HÁ 85 ANOS) VT BIQUINI (CRIAÇÃO HÁ 65 ANOS) VT ENCERRAMENTO - ALCEU VALENÇA

  • 14:30ANOS DE CHUMBO

    O SALDO DA GUERRA

    A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL TERMINOU COM UM SALDO DE 50 MILHOES DE MORTOS, SENDO 20 MILHOES DE SOVIETICOS E SEIS MILHOES DE JUDEUS. A PROPAGANDA, ARMA FUNDAMENTAL DOS VITORIOSOS, ENAL- TECEU BATALHAS CHEIAS DE GLORIAS E CONSAGROU SEUS HEROIS.MAS SERA POSSIVEL FALAR EM HEROIS E GLORIAS NUMA GUERRA QUE MA- TOU 50 MILHOES DE PESSOAS? AS FORCAS NAZISTAS DEIXARAM PARA TRAS POPULACOES MASSACRADAS EM CIDADES E PAISES DESTRUIDOS, SEM FALAR DE SEUS CAMPOS DE CONCENTRACAO, ONDE MORRERAM MILHOES DE JUDEUS, ESLAVOS,CIGA- NOS, COMUNISTAS, DEFICIENTES FISICOS E HOMOSSEXUAIS. MAS TAMBEM OS ALIADOS COMETERAM CRIMES DE GUERRA: MASSACRA- RAM A POPULACAO CIVIL DE DRESDEN E BERLIM, E LANCARAM BOMBAS ATOMICAS SOBRE HIROSHIMA E NAGASAKI. NO ENTANTO, ALGUEM SAIU GANHANDO COM O CONFLITO, JA QUE OS LUCROS DA GUERRA ULTRA- PASSARAM OS DOIS BILHOES DE LIBRAS ESTERLINAS.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    MATEMÁTICA DIVERTIDA

    Quando a gente fala em matemática, tem muito estudante que torce o nariz. Mas por que será? Na escola sempre tem os alunos com mais facilidade em exatas e aqueles que se atrapalham com os números e acabam criando um bloqueio com matemática. O professor Fabio mostra que é possível ensinar matemática de uma maneira divertida, despertando o interesse daqueles que tinham dificuldades. Um programa divertido, em que fizemos um desafio do “cubo mágico”. O professor também fez uma demonstração de uma aula divertida e respondeu dúvidas de telespectadoras. O aluno dele, que participou do programa, passou a gostar de matemática e ter mais facilidade.

  • 15:14DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 28 TECNOLOGIA NAS ESCOLAS - 10/10/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS CONVERSAR SOBRE O USO DA TECNOLOGIA E DA INTERNET NAS ESCOLAS PÚBLICAS.// NOSSA CONVIDADA É MARIA ALICE CARRATURI PEREIRA - EX-PRESIDENTE DA UNIVESP E DIRETORA DO MEC./

  • 15:33DOC TV II

    O CONTINENTE DE ÉRICO (RS)

    Narrar a vida através da obra. Esse foi o ponto de partida para o documentário “O Continente de Erico”, projeto desenvolvido pela produtora e diretora Liliana Sulzbach (A Invenção da Infância e O Cárcere e a Rua) que obteve financiamento através do II DOCTV – Programa de Fomento à Produção e Teledifusão do Documentário Brasileiro. O filme propõe o registro audiovisual de um dos mais emblemáticos escritores gaúcho, Erico Verissimo, que em 2005 completaria 100 anos de vida. “O Continente de Erico” reconstrói a vida do autor a partir de sua obra maior: O Tempo e o Vento. Busca nos relatos de amigos, parentes e críticos literários os traços pessoais presentes em sua obra, revelando quem era o escritor a partir das histórias e dos personagens que ele mesmo criou. Dessa forma, é possível mostrar a real motivação do romancista ao escrever a trilogia de O Tempo e o Vento – os livros O Continente, O Arquipélago e O Retrato: reconciliar-se com a sua vida pessoal e coma história do RS através de sua obra.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA IV

    I WON'T GIVE UP (JASON MRAZ) SEXTA

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 5 - MUSEU AFRO BRASIL E BAQUE ATITUDE

    No episódio de hoje os apresentadores de Territórios Culturais, Felipe Gaia e Tuti Muller, invadem o Museu Afro e desvendam as muitas exposições –temporárias e permanentes – do lugar. Ainda no Museu Afro, a dupla conhece de perto a ação do Baque Atitude, coletivo da região formado por jovens de comunidades e que realiza – no museu – intervenções a partir dos ritmos brasileiros.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    GEOGRAFIA 32 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula nós vamos ver os principais aspectos do quadro natural latino americano. Vamos ficar sabendo um pouco mais das diferentes culturas e etnias dos povos ameríndios e do processo de ocupação e colonização dessa região e, também, o papel de nações, como a Inglaterra e os Estados Unidos, na formação da América Latina.

  • 17:16NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    SOCIOLOGIA 4

    Na teleaula de número 04 você aprenderá que diferenças sociais sempre existiram. Você verá que nossa sociedade nasceu marcada pela injustiça e ainda está muito longe de oferecer condições de vida dignas aos seus cidadãos. Aprenderá, também, que a desigualdade, às vezes, se apóia na idéia errônea de que uns são ‘naturalmente’ melhores do que os outros. Isso não faz sentido, pois os papéis que as pessoas têm na sociedade são construídos socialmente. Todos devem ser tratados de forma igual e, ao mesmo tempo, devem ter suas diferenças respeitadas. E você verá também que há meios de promover a igualdade. Exigir políticas sociais de efeito duradouro é uma delas, além de ver que um simples exemplo pode fazer muito. É só não ficar de braços cruzados.

  • 17:30CURSOS LIVRES: FILOSOFIA E INTUIÇÃO POÉTICA NA MODERNIDADE

    BAUDELAIRE DIANTE DA MODERNIDADE: UMA "TRANSVALORAÇÃO" POÉTICA? - PARTE 02

    DE QUE FORMA É POSSÍVEL FALAR DE HEROÍSMO DA MODERNIDADE? NA ÚLTIMA AULA DO CURSO DE FILOSOFIA E INTUIÇÃO POÉTICA, O PROFESSOR FRANKLIN LEOPOLDO E SILVA FALA SOBRE A ATRIBUIÇÃO DO SIGNIFICADO DE VALOR DA MODERNIDADE POR VIA DA POÉTICA DE BAUDELAIRE. O PROFESSOR UTILIZA, ENTRE OUTRAS REFERÊNCIAS, TRECHOS DE TEXTOS DO FILÓSOFOS WALTER BENJAMIN E MICHEL FOUCAULT QUE DISCUTEM A OBRA DE BAUDELAIRE.

  • 18:15TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 26 - CINECLUBES (MIS E OFICINA OSWALD DE ANDRADE)

    Territórios Culturais de hoje viaja pelo mundo da sétima arte e conhece os cineclubes do MIS, Museu da Imagem e do Som e da oficina Oswald de Andrade. No MIS, nos tornamos espectadores das sessões que acontecem mensalmente e abrangem tanto o público infantil, como os aficionado e leigos. Já as sessões da casa Oswald de Andrade são novidades para a comunidade do Bom Retiro, mas nem por isso deixam de ter a sua importância e magia. Além disso o programa apresenta uma conversa com especialistas no PROAC, programa de que vem apoiando a cultura e a arte em nosso Estado.

  • 18:31PEQUIM

    PEQUIM - 03 IMPERADORES, CONQUISTADORES E REBELDES

    Episódio 3 - Imperadores, Conquistadores e Rebeldes A capital da China tem sido palco de alguns dos gigantes dos chineses e história do mundo. Das hordas mongóis conquistadoras de Genghis Khan ao exilado e último imperador da China, os anais de Pequim estão repletos de histórias de vitória e derrota, e as façanhas de seus governantes, rebeldes e renegados.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    EDUARDO TOLENTINO

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:30TELECONTO

    O MENSAGEIRO 5

  • 21:01CABARET LITERÁRIO

    JORGE DE LIMA

    O PROGRAMA TEM O OBJETIVO DE INCENTIVAR O TELESPECTADOR A LEITURA DE OBRAS DOS AUTORES APRESENTADOS. NESTE PROGRAMA É APRESENTADO O GRANDE POETA JORGE DE LIMA.

  • 22:00CAFÉ FILOSÓFICO 2019

    REDEFINIÇÃO DO HUMANO: IMPACTOS DA TECNOLOGIA

    CF11: A REDEFINIÇÃO DO HUMANO – IMPACTOS DA TECNOLOGIA Com LUIZ ALBERTO OLIVEIRA - físico Conseguir compreender e poder explorar a composição, em escala microscópica, de todo tipo de sistema material, foi uma das mais significativas consequências da revolução científica do início do século XX. Essa tecnologia do infinitesimal nos deu a capacidade surpreendente de intervirmos e manipularmos as formações e funções de moléculas, átomos e partículas. No entanto, desaparecem ou se tornam irrelevantes, diversas categorias que fazem parte do nosso quotidiano – por exemplo, as distinções entre natural e artificial, interior e exterior, sujeito e objeto. Estamos diante de um novo paradigma: a redefinição do humano. Quais as possibilidades que se abrem de transformação nas dimensões ética, política e subjetiva de nosso existir?

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 18/10/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    EGITO: À MODA DAS MULHERES

    NESTE EPISÓDIO, AS MULHERES EGÍPCIAS,DOMINADAS PELA CULTURA PATRIARCAL, À MERCÊ DOS HOMENS EM TODOS OS SENTIDOS.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 63 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 63 você verá mais dois tipos de orações subordinadas adverbiais: condicional e concessiva. Saberá que as palavras com a mesma família e raiz são chamadas de palavras cognatas, além de conhecer mais um pouco do romantismo.

  • 08:00AGROCULTURA

    AGROCULTURA - 23

    VOCÊ VAI VER NO PROGRAMA AGROCULTURA DESTA SEMANA: CAVALO CRIOULO, RAÇA CONHECIDA PELA FORÇA, AGILIDADE, RESISTÊNCIA, É O ANIMAL-SÍMBOLO DO RIO GRANDE DO SUL. VAMOS MOSTRAR OS MOTIVOS DESTA PAIXÃO DOS CRIADORES GAÚCHOS. E SAFRA DE ALGODÃO BATE RECORDE E BRASIL ESTÁ NO RANKING DOS MAIORES PRODUTORES MUNDIAIS DO PRODUTO.

  • 08:30ENERGIA

    ENERGIA 13

  • 09:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    MOMENTO PAPO DE MÃE II - SÁBADO - 72

  • 10:00VAMOS PEDALAR III

    VAMOS PEDALAR III - 06

    No programa de hoje vamos bater papo com a instrutora de pilotagem Claudia Franco, que dá aulas de bike, inicialmente para mulheres que não sabiam pedalar e que foi gradualmente ensinando até crianças. Mario Canna nos ensina como armazenar nossas bikes por um longo período de tempo. No segundo bloco, vamos conhecer o jornalista Leandro Bittar, que nos conta com sua paixão tomou força pelo ciclismo. Vamos Pedalar mostra como uma agencia de turismo radical, a Ushuaia Extremo Travels, explora a pratica de ciclismo no gelo. E no ultimo bloco, vamos bater um papo com a jornalista Renata Falzoni, que conta como deixou a dependência de carros de lado e começou a usar a bike como meio de transporte. Ela conseguiu conciliar as suas paixões: fotografia, arquitetura, jornalismo, rádio, cinema com a bicicleta.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    25 - USO E ABUSO DE ÁLCOOL

    Os efeitos do abuso de álcool no cérebro dos adolescentes. O enfermeiro Rogério Ferreira, Diretor do Capsad III Antônio Carlos Mussum (RJ), a psicóloga Cláudia de Paula, Diretora do Capsad III Paulo da Portela (RJ), e a psiquiatra Juliana Copetti, debatem os fatores de risco e proteção.

  • 10:46CULTURA É CURRÍCULO II

    CATAVENTO CULTURAL

  • 11:00CURSOS USP: TÓPICOS DE ÉTICA E EDUCAÇÃO

    PGM 65 - ÉTICA E EDUCAÇÃO: CONSCIÊNCIA E SIGNIFICADO DA VIDA - PARTE 4

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 25

    • Gloria: como a gente acabou de ver, você se tornou reconhecida por livros sobre etiqueta, moda e comportamento: por que hoje esses temas fazem parte da pauta não apenas de pessoas ligadas à alta sociedade e ao circuito da moda, mas de pessoas voltadas à discussão da cultura?• Olgaria: isso faz parte do projeto da modernidade, de fazer também da vida pessoal uma performance estética, uma obra de arte? (lembrar Benjamin e Michel Onfray, A escultura de si)• Gloria: quem dita a etiqueta e o bom gosto? é sempre a classe dominante? • Olgaria: como você vê a apropriação dos valores estéticos dos “excluídos” pela indústria cultural (relação entre o rock e cultura operária – como no caso dos punks – ou a influência dos rappers sobre a classe média)? Pergunta Jaime Pinsky para Olgária (intelectual público e circulação do saber)• Gloria: Por que no seu livro Chic[érrimo] você criou seções especialmente voltadas à etiqueta das celebridades?• Olgaria: o que seria uma etiqueta de “esquerda”?• Gloria: o fato de termos um presidente de origem operária alterou os parâmetros estéticos, tornou-os mais democráticos ou tolerantes? Pergunta Jaime Pinsky para Gloria (cultura intensifica elegância?) • Olgária: o conhecimento dos códigos culturais pode ser um instrumento de exclusão, como a etiqueta foi nas origens, no Antigo Regime? • Gloria: como você vê matérias que saem em revistas semanais dando dicas para se ter um verniz cultural em reuniões sociais, com dicas de autores/livros que é chic conhecer e citar? • Pergunta da plateia para Olgaria: No capítulo "O teatro do mundo: heróis míticos, revoluções históricas" do livro Adivinhas do tempo, citando Horkheimer, escreve em seu texto que as revoluções até hoje foram traídas porque não levaram em consideração a felicidade pessoal dos indivíduos. Pode-se dizer que o eterno equívoco dos movimentos revolucionários seria sempre ignorar a natureza desejante individual do homem em detrimento de um bem coletivo idealizado e utópico? Rogério Silva de Magalhães • Gloria: existe utopia no mundo da moda? • Olgaria: nós vivemos numa cultura do gozo. Em que medida esse imperativo do prazer é repressivo, normatizador?• Gloria: você tem um twitter seguido por mais de 10 mil pessoas. O que há de saudável ou de patológico, invasivo, nesses fenômenos de exposição da vida privada?• Olgaria: o filósofo Michel Foucault disse num ensaio que hoje a permissividade em relação à exposição do corpo, apesar de aparentemente libertária, exige que só se exponham corpos belos. Existe uma ditadura do belo?

  • 12:30VIOLA, MINHA VIOLA 2018

    ENCONTROS: HUMOR (VIOLA 2018)

    Programa especial do Viola, Minha Viola com a apresentação de Adriana Farias que destaca a participação de humoristas no programa. Os convidados são: Ranchinho II e Banda Sertaneja, Nhá Barbina e Moraes Sarmento, Canário e Passarinho, Nhô Moraes, Paixão e Paxá, Bambuzinho e Juninho, Ary Toledo,Zé Mulato e Cassiano, Craveiro e Cravinho.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 12/03/2019 - MONTADORAS

    PARA FALAR SOBRE O DECLÍNIO DAS MONTADORAS, A GENTE RECEBE O PROFESSOR DE SOCIOLOGIA DA USP, GLAUCO ARBIX, ESPECIALISTA EM TEORIA DA INOVAÇÃO E TECNOLOGIA./ E O ECONOMISTA MARIANO LAPLANE, PROFESSOR DO INSTITUTO DE ECONOMIA DA UNICAMP./

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 11

    SINOPSE PROGRAMA 11 VT NOSTRADAMUS - MORTE 445 ANOS VT HEMINGWAY - NASCIMENTO 112 ANOS VT MUSA MARILYN MONROE VT CAMISETAS RETRÔ VT A PEDIDO - MPB Especial Elis Regina - 1973 VT ENCERRAMENTO CARLOS GOMES - NASCIMENTO HÁ 175 ANOS

  • 14:30ANOS DE CHUMBO

    O MUNDO POS-GUERRA

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    MATERNIDADE E RELAÇÕES RACIAIS

    Sim, há racismo e ele precisa ser combatido. Houve no mundo um movimento chamado panafricanismo e aconteceu aqui no Brasil também, com o objetivo de resgatar a ancestralidade africana e foi nessa época que nasceu Mafoane Odara, uma das nossas convidadas. Mafoane também levou um livrinho infantil inspirado na infância dela e que a tem como personagem principal. Clélia Rosa explicou sobre os preconceitos que as mães negras enfrentam e falaram sobre como criar seus filhos para que eles cresçam acima do racismo e saibam enfrentar isso. Depoimento de telespectadora sobre o tema.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 29 ENSINO DE PORTUGUÊS - 11/10/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS CONVERSAR SOBRE A LÍNGUA PORTUGUESA.// IMERSOS NO UNIVERSO DAS REDES SOCIAIS E DOS MEMES DA INTERNET, OS JOVENS PARECEM SE AFASTAR CADA VEZ MAIS DA FORMA CULTA DE ESCREVER E SE EXPRESSAR./ QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DISSO PARA O FUTURO E A VIDA PROFISSIONAL?/ NOSSO CONVIDADO É O PROFESSOR PASQUALE CIPRO NETO.

  • 15:33INGLÊS COM MÚSICA IV

    I WON'T GIVE UP (JASON MRAZ) SÁBADO

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:30PEDRO E BIANCA

    PEDRO E BIANCA - PGM 11

    Edson e Zuzu se separam. E desta vez, é sério. Bianca e Pedro acompanham impotentes a saída de Edison de casa. Bianca fica sem chão e desconta sua raiva em Zuzu. Titular do time de handebol, ela perde a cabeça em um treino e é afastada da decisão de um torneio entre escolas. Pedro não consegue ficar em casa e, depois de zanzar sem rumo pelo bairro, dorme na casa da Tuca. Entre a amizade, a melancolia da situação e a descoberta de que Tuca é uma menina atraente, acontece algo especial entre eles. Superadas as primeiras e intempestivas reações ao rompimento de seus pais, Pedro e Bianca iniciam o aprendizado de uma nova vida, com a família que eles têm desde que nasceram partida ao meio.

  • 17:00TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 6 - PINACOTECA E SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA

    Neste programa, Tuti e Felipe – apresentadores do Territórios Culturais – invadem a região da Luz, no centro histórico de São Paulo. Lá, eles visitam a Pinacoteca e exposições que ocorrem no local. Vão também ao Jardim da Luz – um dos lugares públicos mais antigos de São Paulo e um verdadeiro museu de esculturas a céu aberto. Para completar a invasão, eles participam de um espetáculo em 360O interativo produzido pela São Paulo Companhia de Dança e apresentado nas dependências da Pina.

  • 17:15MACKENZIE EM MOVIMENTO

    MACKENZIE EM MOVIMENTO - 64

    Há 100 anos terminava um dos conflitos mais sangrentos da história: a Primeira Guerra Mundial. Por isso, nessa edição do programa a gente exibe a primeira parte de uma matéria de dois capítulos sobre o conflito. No primeiro capítulo a gente explica o que provocou essa luta que marcou a história do mundo e matou mais de 10 milhões de soldados. Depois a gente exibe uma matéria que apresenta uma modalidade de doutorado que abre novos caminhos para quem não quer parar de estudar.

  • 17:30MOSAICOS

    A ARTE DE DORIVAL CAYMMI

    MOSAICOS – A ARTE DE DORIVAL CAYMMI Documentário musical revê a trajetória do compositor a parir de diversas imagens do acervo da TV Cultura, com o cantor em apresentações nos programas Especial TV Tupi 1979, MPB Especial 1972, Heineken Concerts 1996, entre muitos outros. Além disso, o programa trás apresentações inéditas de LadodaLua, Céu, Aloísio Menezes interpretando sucessos do cantor dentro dos estúdios da emissora. Para completar, Olivia Hime, Jussara Silveira e Stella Caymmi dão seus depoimentos.

  • 18:30JAZZ SINFÔNICA BRASIL

    JAZZ SINFÔNICA BRASIL - PGM01 - TEMPORADA 1 - NELSON AYRES TRIO

  • 19:30MINIDOCS - DOCUMENTÁRIOS

    MINIDOCS - COLETÂNEA - 2ª TEMPORADA

    O episódio mostra um conjunto de todos os artistas, intercalados entre ensaios musicais, imagens de making off e entrevistas que expressam a natureza de cada um deles e suas relações íntimas com a música.

  • 20:00MINIDOCS - SHOWS

    MINIDOCS - SHOWS - DO PALCO PARA O MUNDO

    Episódio especial sobre poesia com música.

  • 21:00SALA DE CINEMA

    VERMELHO RUSSO

    Marta e Manu são duas jovens atrizes paulistanas que vivem entre o reconhecimento da classe artística e o anonimato perante o grande público. A fim de aprofundar seus conhecimentos sobre a famosa técnica Stanislavskiana de interpretação, elas decidem se embrenhar no rigoroso inverno de Moscou para estudar teatro com o renomado professor Vladimir Poglazov. Entre neve, brigas, amores, personagens tchekovianos e muitos litros de vodka, elas são constantemente testadas pela crueldade do teatro e de uma Rússia majestosa e difícil. E certamente nunca mais serão as mesmas.

  • 22:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 35 - CONSERVATÓRIO DE TATUÍ

    Tatuí, no interior de São Paulo, é conhecida como a cidade mais musical do Estado. Hoje, Territórios Culturais invade Tatuí e Felipe e Tuti vão conhecer o Conservatório Dramático e Musical Doutor Carlos de Campos, um dos mais respeitados da América Latina. Lá nossa dupla conhece não só as diversas opções de especialização em diferentes campos da arte como também o trabalho de construção de instrumentos musicais, representado pelo ofício da luteria.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 19/10/2019

  • 23:45MATÉRIA DE CAPA

    MATÉRIA DE CAPA 336 - O PODER DA MENTE

    AFINAL, SERÁ QUE EXISTE A TAL ENERGIA NEGATIVA, QUE ALGUNS PREFEREM CHAMAR DE VIBRAÇÕES? PARA A CIÊNCIA EXISTE O CONTÁGIO EMOCIONAL. SEJA QUAL FOR O NOME, A QUESTÃO É A SEGUINTE: PORQUE ALGUMAS PESSOAS TORNAM O AMBIENTE PESADO E PARECEM TRANSFERIR PARA AS OUTRAS UMA SENSAÇÃO ESTRANHA? POR OUTRO LADO, EXISTEM AQUELAS QUE CONSEQUEM ILUMINAR COM SEU SORRISO QUALQUER AMBIENTE E PASSAM PARA AS DEMAIS UM SENTIMENTO DE CONFORTO E TRANQUILIDADE. ESTUDOS RECENTES MOSTRAM QUE ALGUMAS PESSOAS SÃO MAIS SENSÍVEIS DO QUE OUTRAS A ESSE TIPO DE CONTATO, MAS É POSSÍVEL DESENVOLVER UMA PROTEÇÃO CONTRA AS FORÇAS NEGATIVAS QUE PAIRAM NO AR. OUTRA QUESTÃO: VOCÊ CONFIA NA SUA INTUIÇÃO? SABIA QUE É POSSÍVEL TREINAR O PROCESSO INTUITIVO? NESTA EDIÇÃO DO MATÉRIA DE CAPA.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 52 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 52 você vai aprender o que é regência nominal e regência verbal. Verá como uma preposição pode mudar o sentido de um verbo e saberá o que é a norma culta. Além disso, conhecerá o final da história dos trabalhadores da Santa Gertudres e da discussão sobre o contrato coletivo de trabalho.

  • 07:45MACKENZIE EM MOVIMENTO

    MACKENZIE EM MOVIMENTO - 64

    Há 100 anos terminava um dos conflitos mais sangrentos da história: a Primeira Guerra Mundial. Por isso, nessa edição do programa a gente exibe a primeira parte de uma matéria de dois capítulos sobre o conflito. No primeiro capítulo a gente explica o que provocou essa luta que marcou a história do mundo e matou mais de 10 milhões de soldados. Depois a gente exibe uma matéria que apresenta uma modalidade de doutorado que abre novos caminhos para quem não quer parar de estudar.

  • 08:00AGROCULTURA

    AGROCULTURA - 23

    VOCÊ VAI VER NO PROGRAMA AGROCULTURA DESTA SEMANA: CAVALO CRIOULO, RAÇA CONHECIDA PELA FORÇA, AGILIDADE, RESISTÊNCIA, É O ANIMAL-SÍMBOLO DO RIO GRANDE DO SUL. VAMOS MOSTRAR OS MOTIVOS DESTA PAIXÃO DOS CRIADORES GAÚCHOS. E SAFRA DE ALGODÃO BATE RECORDE E BRASIL ESTÁ NO RANKING DOS MAIORES PRODUTORES MUNDIAIS DO PRODUTO.

  • 08:29ENERGIA

    ENERGIA 14

  • 09:00A ARTE DE VER

    A ARTE DE VER 8

    O programa mostra a arte de admirar e compreender a arte e seus traços. Relata como entender os elementos visuais e o conteúdo de uma obra de arte.

  • 09:59VAMOS PEDALAR III

    VAMOS PEDALAR III - 07

    No programa de hoje vamos falar e conhecer o Blogueiro E Mochileiro Das Maravilhas, Daniel Thompson que faz suas viagens com a mochila nas costas. Mario Canna dá dicas de quais os tipos de selim /banco da bike devemos escolher. E no segundo bloco conversaremos com o fabricante de bicicletas elétricas, Eduardo Rocha que aponta o crescimento no mercado urbano. Edu capivara, do canal pedaleira, conta como desenvolveu o projeto canal Pedaleira. E no terceiro e ultimo bloco, vamos conhecer a atleta profissional de mountain bike patrícia Loureiro que conta como uma brincadeira de infância tornou sua profissão.

  • 10:30VITRINE BRASIL

    VITRINE BRASIL - 10

    O VITRINE BRASIL DE HOJE MERGULHA NO MAR DO ESPÍRITO SANTO //BERÇO DAS BALEIAS JUBARTE NA COSTA BRASILEIRA//NO ESTADO DO PARÁ //O SOL QUE GERA ENERGIA POR UM CUSTO BEM MAIS BAIXO E SEM PREJUDICAR A NATUREZA//NAS DELÍCIAS DA GASTRONOMIA MINEIRA //A VALORIZAÇÃO DOS INGREDIENTES VAI DA COZINHA TRADICIONAL AOS GRANDES CHEFES// A GENTE FAZ UM GIRO EM TRÊS CIDADES DO PAÍS E PERGUNTA: QUAL A COMIDA DE RUA PREFERIDA EM SÃO PAULO, BELÉM DO PARÁ E PARNAIBA NO PIAUÍ?

  • 11:00DESAFIANDO A CIÊNCIA - VIII

    DESAFIANDO A CIÊNCIA - VIII - 01

    "Os apresentadores Jem Stansfield, Liz Bonnin e Maggie Philbin investigam como a Grã-Bretanha pode ficar sem eletricidade. Vivemos em um mundo onde as luzes estão sempre acesas, mas será esse o caso daqui a 20 anos? Maggie Philbin passa um dia em um dos locais mais secretos da Grã-Bretanha, a sala de controle da National Grid, onde monitora nossa demanda por eletricidade com suprimento. Aqui ela descobre que quase metade de nossa capacidade de geração desaparecerá em nossas vidas. Jem mostra como e por que a maioria de nossa eletricidade agora depende de gás e revela um potencial combustível do futuro - ar líquido. Liz investiga energia renovável e aborda o que poderia realmente oferecer soluções viáveis para nossas necessidades de energia daqui para frente."

  • 11:30COMO CHEGAMOS ATÉ AQUI

    LIMPEZA

    A água suja matou mais humanos do que todas as guerras da história combinadas, mas nos últimos 150 anos, uma série de ideias radicais, inovações extraordinárias e heróis desconhecidos mudaram nosso mundo e a maneira como vivemos. Steven mergulha em um esgoto para entender o que fez um engenheiro independente decidir erguer toda a cidade de Chicago para construir o primeiro sistema de esgoto dos Estados Unidos abaixo dela. Casas, lojas e hotéis são elevados a 10 metros de altura, enquanto os negócios continuam como de costume. Steven nos conta sobre John Leal e como ele deliberadamente envenenou o abastecimento de água de 200.000 pessoas, mas transformou o modo como vivemos. Em 1908, o consenso era de que o cloro era letal, mas ele pensava de forma diferente. Sem autorização, Leal acrescentou-o à água da cidade e tornou-a segura para beber. Imagine se não tivesse funcionado? Teria sido escrito nos livros de história como assassinato em massa. Não se trata apenas do mundo se tornar um lugar mais limpo. O iphone, o metrô, TVs de tela plana e até mesmo os biquínis são o resultado dos valentes esforços dos heróis desconhecidos da limpeza.

  • 12:30REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1299

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE, VOCÊ ACOMPANHA A NOVA EXPEDIÇÃO DA FAMÍLIA SCHURMANN. CONHEÇA TAMBÉM O DOCUMENTÁRIO SOBRE POVOS INDÍGENAS ISOLADOS DO BRASIL. E AINDA, OS IMPACTOS DA PRODUÇÃO E CONSUMO DE CARNE BOVINA. PESQUISAS MOSTRAM QUE A CRIAÇÃO DE GADO ACABA COM ÁREAS DE FLORESTA E A DIETA COM EXCESSO DE PROTEÍNA ANIMAL PREJUDICA A SAÚDE. FILME ALERTA QUE A DESTRUIÇÃO DA AMAZÔNIA AMEAÇA A SOBREVIVÊNCIA DE UM GRUPO ISOLADO ,NA TERRA ARARIBÓIA , ESTADO DO MARANHÃO. E , O COMANDANTE DA FAMÍLIA BRASILEIRA DE VELEJADORES FALA SOBRE PRÓXIMA JORNADA EM DEFESA DOS MARES E OCEANOS.

  • 13:00RODA VIVA

    TABATA AMARAL

    OLÁ, BOA NOITE. COM TRANSMISSÃO AO VIVO PELA TV CULTURA, EMISSORAS AFILIADAS E CONECTADO NO YOUTUBE, FACEBOOK E TWITTER, O RODA VIVA COMEÇA AGORA./ DONA DE UMA HISTÓRIA DE VIDA INSPIRADORA E DE UM CURRÍCULO INVEJÁVEL, A MULHER QUE OCUPA O CENTRO DO RODA VIVA DE HOJE ASCENDEU RAPIDAMENTE NO UNIVERSO POLÍTICO. ELA SE DESTACOU PELA DEFESA DE UM PROJETO EDUCACIONAL PARA O PAÍS E CHAMOU A ATENÇÃO DAS REDES SOCIAIS AO COBRAR DE MANEIRA INCISIVA MINISTROS DO GOVERNO BOLSONARO QUE SÃO RESPONSÁVEIS PELA ÁREA. MAS A NOTORIEDADE COBRA UM PREÇO. E ELA DESCOBRIU ISSO RÁPIDO. FILIADA A MOVIMENTOS DE RENOVAÇÃO NA POLÍTICA, CONTRARIOU O PRÓPRIO PARTIDO AO VOTAR A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA. AÍ, ENTROU NA MIRA DA DIREITA, QUE JÁ NÃO SE IDENTIFICA COM ALGUMAS DE SUAS IDEIAS, E DA ESQUERDA, QUE VIU EM SEU GESTO UM ATO DE TRAIÇÃO. PRESSIONADA PELOS POLOS, ELA AGORA BUSCA UM POSICIONAMENTO DE CENTRO, AINDA SOB FORTE CONTESTAÇÃO DOS LÍDERES DA LEGENDA PELA QUAL SE ELEGEU, NUM MOVIMENTO QUE DESAFIA A LEGISLAÇÃO ELEITORAL VIGENTE. PARA FALAR SOBRE ESSES E OUTROS ASSUNTOS, A CONVIDADA DO RODA VIVA DE HOJE É A DEPUTADA TÁBATA AMARAL. PARA CONVERSAR COM TABATA AMARAL, NÓS CONVIDAMOS: - RENATA CAFARDO - REPÓRTER ESPECIAL E COLUNISTA DE EDUCAÇÃO DO JORNAL O ESTADO DE S.PAULO - SILVIA AMORIM - REPÓRTER DE POLÍTICA DO JORNAL O GLOBO - JOYCE RIBEIRO - APRESENTADORA DO JORNAL DA CULTURA PRIMEIRA EDIÇÃO - JOELMIR TAVARES - REPÓRTER DO JORNAL FOLHA DE S.PAULO - PEDRO VENCESLAU - REPÓRTER DE POLÍTICA DO JORNAL O ESTADO DE S.PAULO

  • 14:30ROTA DA INOVAÇÃO II

    ROTA DA INOVAÇÃO II - EPISÓDIO 07

    Num episódio todo dedicado ao papel e a importância das mulheres n o Vale do Silício, Clodoaldo Araujo conversa na Rocket Space com Fernanda Baker, da Apex Brasil e com Maria Fujihara, fundadora e CEO da Sinai Technologies Inc., especialista em cidades e construções sustentáveis e tecnologias exponenciais, sobre a vida no Vale do Silício, o estado da inovação na Califórnia, os usos da Inteligência Artificial e seus projetos de redução de carbono. No segundo bloco, Clodoaldo Araujo entrevista Gloria Hunt, do Consulado do Brasil em San Francisco, que conta sua experiência profissional e seu ponto de vista sobre a inovação no Vale do Silício.

  • 15:00VIOLA, MINHA VIOLA 2018

    ENCONTROS: HUMOR (VIOLA 2018)

    Programa especial do Viola, Minha Viola com a apresentação de Adriana Farias que destaca a participação de humoristas no programa. Os convidados são: Ranchinho II e Banda Sertaneja, Nhá Barbina e Moraes Sarmento, Canário e Passarinho, Nhô Moraes, Paixão e Paxá, Bambuzinho e Juninho, Ary Toledo,Zé Mulato e Cassiano, Craveiro e Cravinho.

  • 16:00MINIDOCS - DOCUMENTÁRIOS

    MINIDOCS - COLETÂNEA - 2ª TEMPORADA

    O episódio mostra um conjunto de todos os artistas, intercalados entre ensaios musicais, imagens de making off e entrevistas que expressam a natureza de cada um deles e suas relações íntimas com a música.

  • 16:30MINIDOCS - SHOWS

    MINIDOCS - SHOWS - DO PALCO PARA O MUNDO

    Episódio especial sobre poesia com música.

  • 17:30BRASIL TOCA - CHORO

    BRASIL TOCA - CHORO - 09 - CHORO CANÇÃO

    Com o tema Choro Canção, este programa homenageia os compositores Tom Jobim e Guinga, entre outros.

  • 18:30SR. BRASIL

    SR. BRASIL 547

  • 19:30CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA - ZIGGY

  • 20:15ESPECIAL BALLET

    BALLET IV CENTENÁRIO

  • 20:59FIGURAS DA DANÇA 2011

    CÉLIA GOUVÊA

    A bailarina Célia Gouvêa nasceu em Campinas e é um dos grandes nomes da dança paulista. Dividiu sua carreira entre o Brasil e a Europa e integrou a primeira turma do Mudra - Centro Europeu de Aperfeiçoamento e de Pesquisa dos Intérpretes do Espetáculo, dirigido por Maurice Bejárt (1927-2007). Ao lado de outros criadores fundou, na Bélgica, o Grupo Chandra - Teatro de Pesquisa de Bruxelas, com direção de Micha Van Hoecke. No Brasil coreografou para o Teatro de Dança de São Paulo, Teatro Galpão, Corpo de Baile Municipal (atual Balé da Cidade de São Paulo), Célia Gouvêa Grupo de Dança, Teatro Guaíra, e outras. No exterior, coreografou para nomes como: All Angels Theatre Troupe, de Nova York; Escola Superior de Dança de Lisboa e Companhia de Dança de Lisboa, Portugal; Lyon 5ême e Francheville, na França. É membro fundadora da Cooperativa Paulista dos Bailarinos Coreógrafos de São Paulo.

  • 21:30JAZZ SINFÔNICA BRASIL

    JAZZ SINFÔNICA BRASIL - PGM01 - TEMPORADA 1 - NELSON AYRES TRIO

  • 22:30A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS

  • 23:00REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1299

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE, VOCÊ ACOMPANHA A NOVA EXPEDIÇÃO DA FAMÍLIA SCHURMANN. CONHEÇA TAMBÉM O DOCUMENTÁRIO SOBRE POVOS INDÍGENAS ISOLADOS DO BRASIL. E AINDA, OS IMPACTOS DA PRODUÇÃO E CONSUMO DE CARNE BOVINA. PESQUISAS MOSTRAM QUE A CRIAÇÃO DE GADO ACABA COM ÁREAS DE FLORESTA E A DIETA COM EXCESSO DE PROTEÍNA ANIMAL PREJUDICA A SAÚDE. FILME ALERTA QUE A DESTRUIÇÃO DA AMAZÔNIA AMEAÇA A SOBREVIVÊNCIA DE UM GRUPO ISOLADO ,NA TERRA ARARIBÓIA , ESTADO DO MARANHÃO. E , O COMANDANTE DA FAMÍLIA BRASILEIRA DE VELEJADORES FALA SOBRE PRÓXIMA JORNADA EM DEFESA DOS MARES E OCEANOS.

  • 23:30PADRE BROWN IV

    PADRE BROWN IV - A MÁSCARA DO DEMÔNIO

    EPISÓDIO 1 - A MÁSCARA DO DEMÔNIO Em preto e branco, Henry encontra Virginia no corredor do Castelo Hellion. A química romântica se constrói entre eles, até que Virginia pede sua fala e fica claro que estamos no set de 'Demon Brides', um filme de terror dirigido pela odiosa Vivian Wolsey. Ele repreende "Virginia", na verdade sua esposa Bebe e diz a nova e mais jovem maçã de seus olhos Paulette para demonstrar como uma linha pode ser entregue com mais inocência. Enquanto isso, a Sra. McCarthy se revolta com tal iniquidade sendo filmada em Kembleford até que Lady Felicia a apresenta a sua velha estrela de cinema e filmes, Rex Bishop, da qual a Sra. McCarthy claramente tem uma queda. Em uma turnê no dia seguinte, eles descobrem o cadáver de Vivian com uma máscara de demônio preso na cabeça. O padre Brown fica imaginando quem é o responsável e por que um ator de sucesso como Rex estrelaria um filme como esse?

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 53 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 53 você vai conhecer uma nova maneira de formar palavras, chamada de composição. Além disso, vai acompanhar a confusão causada por um funcionário que insiste em seguir as instruções do seu chefe.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 64 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 64 você verá duas figuras de linguagem: a personificação e a hipérbole, que é muito usada em orações subordinadas adverbiais consecutivas. Também aprenderá os diferentes sentidos da palavra "bom" e conhecerá mais um autor romântico, o poeta Casimiro de Abreu.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 36

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    EDUCAÇÃO (I TEMPORADA)

    Neste programa o tema Educação será abordado atrevés dos seguintes quadros: Programa 1 - EDUCAÇÃO, PAPEL DE QUEM? 1.Grande REPORTAGEM - Educação: o que pode a parceria família e escola? Neste programa o foco da discussão recairá nas possibilidades de trabalho conjunto entre todos os envolvidos na tarefa de educar, além de pontuar informações sobre a formação da educação brasileira. 2.TELEJORNAL: As profecias relacionadas a tecnologia 3.GAME: Circuito Cultural Municipal (Teatro Municipal) 4.PILULAS DO SABER / CULTURA DE ALMANAQUE: •AL MANAK, palavra de origem árabe que significa: ¨lugar onde os camelos descansavam.¨ Local de pouso das caravanas onde durante a noite se ouviam histórias e se sabia das novidades. •VESTIBULAR, palavra derivada de vestíbulo, que significa ¨portal, porta principal, entrada...¨ Ou seja, é o portal que o aluno tem que passar para chegar à faculdade! •Você sabia que a palavra avião vem do francês ¨avion¨ que por sua vez vem do latim ¨avis¨ e foi criada pelo engenheiro francês Clement Adler. Ele precisava de um nome para batizar o invento dos seus sonhos: uma máquina voadora mais pesada que o ar! Pois é, foi assim que em 1875, ¨avis¨ virou ¨avion¨, ou seja, um pássaro grande. Mas se o francês inventou a palavra, quem inventou o avião de verdade, foi um brasileiro; Santos Dumont, o 14 bis em 1906. . A primeira projeção pública de um filme aconteceu na França, em 1895 e foi realizada pelos irmãos Lumiére. Por isso, Louis Lumiére é considerado o primeiro cineasta de documentários da história do cinema. Já seu irmão August, depois da invenção, largou a câmera e decidiu se tornar médico •PÍLULAS DE SABER. Nos Estados Unidos se encontra o maior número de montanhas russas do mundo. São mais de 700 espalhadas por vários parques temáticos em todo o pais! 4.PALAVRA DE MESTRE : Ciências – O professor Luis Campos traz para o cotidiano do grande público, explicações SOBRE fenômenos físicos, químicos e biológicos. Princípios para a realização das atividades: - a ação sempre tem o caráter de uma investigação; - as questões sempre partem dos personagens da trupe e não do professor; - o professor não responde, sugere uma investigação e sobre o resultado lança novas questões, aprofundando a investigação e incentivando deduções; - para obter a matéria prima necessária para realizar a investigação, o professor sempre sugere (ou solicita) materiais comuns e os personagens exploram o ambiente para encontrá-los. 5.PEQUENAS HISTÓRIAS PARTICULARES – Antônio Nóbrega 6.HORIZONTES CULTURAIS - Centro de Referência em Educação – Mario Covas 7.AO MESTRE COM CARINHO – cenas do filme a Língua das Mariposas – a importância do professor na vida das pessoas

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 146

    O Entrelinhas mostra o clima da Balada Literária, o evento que agitou São Paulo por quatro dias – uma programação com escritores em espaços culturais e bares da “Paulicéia Desvairada”. Uma homenagem a um dos maiores intelectuais do século, Claude Lévi Strauss, o criador da Antropologia Estrutural, que faz 100 anos de idade no dia 28 de novembro. Cristovão Tezza e Tatiana salem Levy vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura. E uma entrevista com a escritora Carola Saavedra que é uma das revelações da literatura brasileira e acaba de lançar o romance Flores Azuis.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    HUMOR

    BLOCO 01: Tininha Mello e Felipe Reis abrem o programa sobre humor com algumas piadas leves. O quadro “Curiosidades” fala sobre o “O Teatro do Absurdo”, criado pelo romeno Eugène Ionesco. Para ilustrar o Teatro do Absurdo, Felipe e Tininha encarnam os personagens da peça “Cantora Careca”, de Eugène Ionesco. Tininha entrevista o professor Eduardo Calbucci sobre o uso do duplo sentido no humor e outros aspectos da língua que podem ser explorados com efeito humorístico. BLOCO 02: Felipe Reis entrevista o humorista e apresentador Marcelo Tas sobre a diferença de fazer o humor escrito e o falado. Marcelo Tas também fala sobre o que entende por “humor”. O Jornal Nossa Língua traz a encenação de um trecho da crônica “Convenções”, de Luis Fernando Veríssimo, com os atores Felipe Reis e Tininha Mello. O Povo Fala responde a enquete: O que você entende por “humor”. O quadro “Etimologia” traz a origem da palavra “humor”. Tininha e Felipe interpretam trecho inspirado na crônica “Os diferentes Estilos”, de Paulo Mendes Campos. BLOCO 03: Felipe continua a entrevista com o humorista e apresentador Marcelo Tas. Neste bloco, Tas explica os diferentes aspectos utilizados para realizar o humor nos diversos meios de comunicação. Cenas ilustrativas do personagem Professor Tibúrcio, da série Rá-tim-bum. O quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA traz a diferença entre os termos “costa” e “costas”. Felipe e Tininha encerram o programa contando piadas leves.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    RAUL PEREZ E ANTONIO LOVATO (23/07)

    ANTONIO LOVATO E RAUL PEREZ SÃO DIRETORES DO DOCUMENTÁRIO QUANDO SINTO QUE JÁ SEI, QUE CONTA EXPERIÊNCIAS INOVADORAS DE EDUCAÇÃO EM VÁRIOS LUGARES DO BRASIL. INFLUENCIADOS PELO QUE VIRAM NA ESCOLA DA PONTE, EM PORTUGAL, OS JOVENS CINEASTAS REGISTRARAM CRIANÇAS E TUTORES EM AÇÃO, CONVERSARAM COM PESQUISADORES E MOSTRARAM QUE UMA EDUCAÇÃO DIFERENTE É POSSÍVEL E ACONTECE. A RELATIVIZAÇÃO DO ESPAÇO E TEMPO DA APRENDIZAGEM, DO PAPEL DO PROFESSOR E O MODO DE AVALIAR OS ALUNOS SÃO ASSUNTOS EM DISCUSSÃO. O FILME, REALIZADO COM FINANCIAMENTO COLETIVO, ESTREIA EM JULHO DE 2014 EM SÃO PAULO E TEM EXIBIÇÕES PREVISTAS EM VÁRIAS CIDADES BRASILEIRAS E NO EXTERIOR.

  • 10:01SAUDE BRASIL

    ARTRITE REUMATOIDE 2017

    A artrite reumatoide é uma doença mais comum do que pensamos, pode acometer qualquer pessoa em qualquer idade e atinge cerca de 1% da população, sendo as mulheres mais acometidas do que os homens. Essa enfermidade é considerada uma doença sistêmica e crônica. Significa que, ela pode afetar diversas partes do organismo e, por ser crônica, não se obtém a cura e mas sim o controle.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    22 - MULHER-SUJEITO

    Mulheres como sujeitos de direitos, donas de seus corpos e de suas escolhas. Ludmila Cavalcanti, professora do curso de Serviço Social da UFRJ, o psicólogo Marcos Nascimento e Tainá Almeida, do Coletivo Meninas Black Power, debatem a educação de meninas e meninos e as questões das mulheres negras.

  • 10:46CULTURA É CURRÍCULO II

    MUSEU DA ENERGIA DE SÃO PAULO

  • 11:00CURSOS LIVRES: MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL (LEGENDADO)

    ESTIMATIVA SIMPLES PARA A TEMPERATURA DO PLANETA - LEG

    NESTA 1ª AULA DO CURSO SOBRE "MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL", O PROFESSOR CARLOS HENRIQUE DE BRITO CRUZ (PROFESSOR DO INSTITUTO DE FÍSICA DA UNICAMP E DIRETOR CIENTÍFICO DA FAPESP) NOS ENSINA QUE O PRINCIPAL EFEITO DA MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL É O AQUECIMENTO GLOBAL, ISTO É, A TEMPERATURA DO NOSSO PLANETA ESTÁ SE ELEVANDO POUCO A POUCO. PARA QUE NÓS POSSAMOS ENTENDER COMO ISSO ESTÁ ACONTECENDO, O PROFESSOR IRÁ NOS MOSTRAR QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS FATORES QUE DETERMINAM A TEMPERATURA DO PLANETA TERRA. PARA ISSO, ELE UTILIZARÁ CONCEITOS SIMPLES DE TERMOLOGIA, ESTUDADOS NAS AULAS DE FÍSICA DO COLEGIAL. ASSIM, PARTINDO DO PRINCÍPIO QUE O PLANETA TERRA ESTÁ EM EQUILÍBRIO TÉRMICO, A ENERGIA QUE ENTRA NO PLANETA DEVE SER IGUAL A QUE SAI. ENTÃO, A ENERGIA DO SOL QUE ENTRA NA TERRA, MENOS A ENERGIA DO SOL QUE É REFLETIDA, DEVE SER IGUAL A ENERGIA QUE A TERRA IRRADIA, MENOS A ENERGIA QUE AS MOLÉCULAS DE EFEITO ESTUFA DA ATMOSFERA ABSORVEM. ASSIM, O PROFESSOR BRITO CHEGARÁ A UMA FÓRMULA SIMPLES PARA CALCULAR A ESTIMATIVA DA TEMPERATURA DO PLANETA TERRA.

  • 11:32LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 26

    Sinopse PGM 26 Convidados: Edney Silvestre e Mario Sabino O Letra Livre tem a presença de dois autores que não apenas fazem história no jornalismo cultural, mas que se tornaram dois nomes de destaque em nossa literatura contemporânea: o romancista e contista Mario Sabino e o também romancista Edney Silvestre. • Uma pergunta para ambos, começando pelo Sabino: No seu caso, em que momento o jornalista literário ou de cultura passa para o outro lado do balcão? • Sabino: O jornalismo atrapalha ou ajuda? O processo de escrita é diferente, já que a linguagem da literatura contemporânea tende a ser oblíqua, enviesada, sendo diferente portanto da linguagem do jornalismo? • Edney: A experiência de entrevistar autores inibe? Existem decepções? Não falo de simpatia ou antipatia, mas de uma questão que me parece fundamental na literatura: a capacidade de refletir sobre o ato criativo. Algum autor cresceu (ou descresceu) aos seus pela capacidade (ou pela incapacidade) de falar sobre a própria obra? • Sabino: A reflexão crítica é inerente à criação? Pergunta de Tiago Novaes para Sabino (o sofrimento é essencial para literatura?) – emendar na pergunta trecho da Nota Autoral de A Boca da Verdade: “O mundo pode ser divertido e proporcionar momentos de alegria genuína, mas o que faz a boa literatura é a infelicidade. Ela, a infelicidade, é a roda do mundo do escritor. Os melhores romances e contos são aqueles em que os protagonistas são movidos por angústia, tormento, sofrimento.” • Edney: O que deflagrou seu processo de escrita? É a infelicidade, como no caso do Sabino? • Sabino: Seus 3 livros tem uma pegada “psicanalítica”: seu romance fala do tabu do assassinato ritual do pai e termina com uma referência ao Édipo de Sófocles, O Antinarciso é amarrado por um tema freudiano e A Boca da Verdade começa com um conto sobre a imagem repugnante do pai na morgue. A literatura é uma forma de expiar fantasmas? • Edney: Como surgiu o tema de Se eu fechar os olhos agora, em que a trama policial e a questão da violência das relações sociais no Brasil são deflagradas pela curiosidade juvenil em relação à sexualidade? Pergunta de Tiago Novaes para Edney (revolução e melancolia) • Sabino: A literatura brasileira atual é melancólica? (lembrar referências à literatura italiana de Dante e Leopardi a Montale) • Edney: Se eu fechar os olhos agora tem algo em comum com os recentes Heranças, de Silviano Santiago, Leite Derramado, de Chico Buarque, e Immaculada, de Ivone Benedetti: um enredo atravessado pelas contradições brasileiras e suas elites predatórias. A questão da identidade nacional ainda é central na cultura brasileira? • Sabino: Você parece se afastar dessas questões, a exemplo de um escritor como Bernardo Carvalho? Essa obrigação de falar sobre o Brasil é anacrônica? • Sabino: Como um autor para quem “a infelicidade é a roda do mundo do escritor”, o que vc acha do clima de festas e prêmios literários? • Refazer pergunta para Edney: Prêmios, Flips (e suas franquias) criam uma percepção festiva da literatura? Isso é literatura ou espetáculo? • Sabino: Como jornalista e escritor, você vive entre dois mundos: o que acha sobre o divórcio litigioso entre crítica acadêmica e jornalística? Existe espaço para o intelectual, essa figura tão massacrada pela mídia? • Edney: Se eu fechar os olhos agora foi um caso esporádico ou o início de um projeto literário? O que vem por aí?

  • 12:29CULTURA LIVRE

    CULTURA LIVRE 356

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - DIABETES TIPO 2

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 12

    SINOPSE PROGRAMA 12 VT BOMBA NEUTRONS VT LOUIS ARMSTRONG - Morte há 40 anos A PEDIDO - Mundo da Lua - 1991 VT OFÍCIO LUTHIER VT ENCERRAMENTO TOM ZÉ

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    MATRIZ TUPI

    NESTE PROGRAMA,QUE ABRE A SERIE,DARCY RIBEIRO PERGUNTA: "ANTES DO BRASIL EXISTIR,COMO PODIA EXISTIR O MUNDO? O BRA- SIL NASCE SOB O SIGNO DA UTOPIA." O PROGRAMA RECONSTROI O UNIVERSO DOS POVOS TUPI ANTES DA CHE GADA DOS PORTUGUESES:A ORGANIZACAO DAS ALDEIAS,O SISTEMA DE CRENCAS,A ANRTOPOFAGIA,AS PRATICAS AGRICOLAS,AS GUERRAS E AS FESTAS.FOI CONSTRUIDO COM IMAGENS DE POVOS INDIGENAS BRASI - LEIROS EXTRAIDAS DE DEZENAS DE ARQUIVOS BRASILEIROS E ESTRAN GEIROS,CAPTADAS EM PELICULA E VIDEO DURANTE O SECULO XX. CONTEM CENAS FILMADAS POR DARCY RIBEIRO E FRANZ FORTHMAN EN- TRE OS URUBU-KAAPOR,EM 1950.TRAZ AINDA IMAGENS DOS ORIGINAIS DOS DIARIOS ESCRITOS POR DARCY EM SUA LONGA CONVIVENCIA COM POVOS INDIGENAS,BEM COMO DOCUMENTOS E DESENHOS DOS SECULOS XI E XII,ENTE OUTROS.EXEMPLARES DE OBJETOS INDIGENAS FORAM FILMADOS PARA O PROGRAMA EM MUSEUS E ACERVOS BRASILEIROS.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    CARTAS PARA MARIA

    Um assunto difícil, mas necessário. Falar da morte com as crianças. Um tema que costuma ser um tabu nas famílias, mas imagine se morre um pai ou uma mãe. Como conversar sobre esta dor? Um pai resolveu usar uma forma que hoje pode até parecer um pouco ultrapassada: escrever cartas. E assim nasceu “Cartas para Maria”. Participam deste programa o papai Rafael Stein e o psicólogo Tiago Tamborini. Depoimentos e pergunta de telespectadoras sobre o tema.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 30 FORMAÇÃO DE PROFESSORES - 15/10/2018

    NO DIA DOS PROFESSORES, O PROGRAMA DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAI CONVERSAR SOBRE AS DORES E DELÍCIAS DESSA CARREIRA TÃO IMPORTANTE E TÃO DIFÍCIL NO BRASIL DE HOJE./ COMO GARANTIR UMA FORMAÇÃO CONTINUADA E MELHORES SALÁRIOS PARA QUEM EDUCA E FORMA NOSSAS CRIANÇAS E JOVENS?// NOSSA CONVIDADA É MARIZA ABREU, CONSULTORA EM EDUCAÇÃO.//

  • 15:35DOC TV II

    NENÊ MACAGGI - RORAIMA ENTRELINHAS (RR)

    Aos primeiros anos de 1940, Nenê Macaggi era nomeada Delegada Especial dos Índios no então Território do Rio Branco, cargo que foi ocupado no antigo SPI (Serviço de Proteção ao Índio). Sob sua tutela ficaram os Macuxi, Macu, Wapixana, Sapará etc. Matriculada como garimpeira viveu durante quatro anos empunhando a bateia e a peneira, queimando o azougue incrustado no ouro. Hoje, Boa Vista capital do Estado de Roraima proporciona uma visão única e talvez a maior concentração de índios do Brasil. Por mais que a migração indígena tenha começado no final do século XIX, quase todos os dias chegam indígenas à Boa Vista na esperança de uma vida melhor. Indígenas que segundo Jaber Xaud, amigo de Nenê, ela havia conhecido bem: “Dormiu em muitas malocas (a maior delas, do tuxaua Axi, na base do Monte Roraima), comeu de sua damorida (caldo de pimenta) e bebeu do seu pajuaru e caxiri. Assistiu ao ritual de morte e ao batimento de folhas dos pajés, Dançou com os Tuxauas nos caxiris, fez amizade com os pajés, teve intimidade com os usos e costumes dos selvagens e por ele lutou”. Uma mulher que solitariamente desbravou as serras e lavrados desse Estado sem perder a feminilidade, porém com o pulso firme mostrando na década de quarenta o que a mulher poderia realizar. A diretora do Documentário Elena Fioretti é Diretora do Museu Integrado de Roraima, Vice Presidente do Conselho Estadual de Cultura, Membro da Câmara de Patrimônio Histórico Artístico e Museológico e Pesquisadora em Multiculturalismo e Interculturalismo na Região Norte; mostra por meio desse documentário as relações atemporais entre Índios e não Índios (garimpeiros e fazendeiros), deixando a poeira do tempo de lado e expurgando as estórias que envolviam e envolvem as diferentes culturas existentes no então Rio Branco, hoje Roraima.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA IV

    CRAZY LITTLE THING CALLED LOVE (QUEEN) SEGUNDA

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 7 - CASA DAS ROSAS E AVENIDA PAULISTA

    A Avenida Paulista é um grande território cultural de São Paulo. Nela concentram-se museus e centro culturais que – aos fins de semana – reúnem visitantes de várias partes do Brasil e do mundo. Neste programa, nossos apresentadores invadem a Casa das Rosas – a primeira biblioteca especializada em poesia de São Paulo, os subterrâneos de estações de metrô da região e suas exposições de arte além de muitos outros pontos ligados à arte e cultura localizados no corredor da Avenida Paulista, uma grande artéria pleno coração do moderno centro de São Paulo.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 53 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 53 você vai conhecer uma nova maneira de formar palavras, chamada de composição. Além disso, vai acompanhar a confusão causada por um funcionário que insiste em seguir as instruções do seu chefe.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 64 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 64 você verá duas figuras de linguagem: a personificação e a hipérbole, que é muito usada em orações subordinadas adverbiais consecutivas. Também aprenderá os diferentes sentidos da palavra "bom" e conhecerá mais um autor romântico, o poeta Casimiro de Abreu.

  • 17:30CURSOS LIVRES: O MUSEU PAULISTA E A HISTÓRIA DE SÃO PAULO

    NARRATIVAS SOBRE A HISTÓRIA DE SÃO PAULO E DA NAÇÃO

    A HISTORIADORA VERA BITTENCOURT PARTICIPOU DO CURSO "O MUSEU PAULISTA E A HISTÓRIA DE SÃO PAULO ", ORGANIZADO PELO MUSEU EM AGOSTO DE 2011. EM SUA AULA A PROFESSORA VERA TRAÇA PARALELOS ENTRE A HISTÓRIA DO MUSEU, INAUGURADO EM 1895, E O DESENVOLVIMENTO DE SÃO PAULO DURANTE OS SÉCULOS 18 E 19. ELA ANALISA ESPECIALMENTE O MOMENTO POLÍTICO NA VIRADA DA DÉCADA DE VINTE, QUANDO O MUSEU SE PREPARAVA PARA COMEMORAR O CENTENÁRIO DA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL. UM DETALHE CURIOSO É QUE FOI NAQUELA ÉPOCA QUE A FRENTE DO MUSEU FOI DINAMITADA PARA CRIAR A COLINA SOBRE A QUAL O PRÉDIO ESTÁ HOJE, COM OS JARDINS NUM PLANO REBAIXADO.

  • 18:30METROPOLIS

    METRÓPOLIS 2019 - DOMINGO 388 - 20/10/2019

    DOMINGO NO METRÓPOLIS VOCÊ ENTRA NOS BASTIDORES DO MUSICAL MADAGASCAR QUE CONTA A HISTÓRIA DO PRIMEIRO FILME, DE 2005. O MULTI-ARTISTA PATRICIO BISSO MORREU ESSA SEMANA EM BUENOS AIRES E A GENTE PRESTA UMA HOMENAGEM. A ESTREIA DA SÉRIE "POR QUE ODIAMOS" AQUI NA TV CULTURA É ASSUNTO DE UMA CONVERSA COM O JORNALISTA TONY GOES. ELA FOI PRODUZIDA NA TVN/ DISCOVERY PELO VENCEDOR DO OSCAR STEVEN SPIELBERG E INVESTIGA POR QUE O SENTIMENTO DO ÓDIO É TÃO PRESENTE NA HUMANIDADE DESDE OS TEMPOS MAIS REMOTOS.

  • 19:00VITRINE BRASIL

    VITRINE BRASIL - 11

    HOJE O VITRINE BRASIL VAI ATÉ RIBEIRÃO CLARO NO PARANÁ//BANHADA PELO RIO PARANAPANEMA, A CIDADE RESPIRA HISTÓRIA E AINDA TEM PAISAGENS EXUBERANTES CHEIAS DE MONTANHAS E CACHOEIRAS//A CIDADE DE GOIÁS, VIU A POETISA CORA CORALINA CRESCER, VIRAR DOCEIRA, E, DEPOIS, UMA DAS PERSONALIDADES MAIS IMPORTANTES DO ESTADO DE GOIÁS.// VAMOS CONHECER UM SERVIÇO GRATUITO QUE EXISTE HÁ QUASE 18 ANOS EM SÃO PAULO,INSPIRADO NO FILME "CENTRAL DO BRASIL" , O PROJETO "ESCREVE CARTAS" AJUDA PESSOAS QUE NÃO SABEM LER E ESCREVER.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    EMILIO FONTANA

  • 20:30TELECONTO

    PUÇANGA 1

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    FAGUNDES VARELLA

    O PROGRAMA TEM POR INTENÇÃO MOSTRAR A OBRA DO POETA FAGUNDES VARELLA, FAZENDO UMA LIGAÇÃO DA MESMA COM A SUA VIDA.

  • 21:46TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 31 - PROJETO ESPETÁCULO

    Prepare-se para assistir o projeto Espetáculo que acontece na fábrica de Cultura do bairro Cidade Tiradentes. O bairro que fica na Zona Leste de São Paulo tem uma das cinco fábricas gerenciadas pela Organização Social Catavento e oferece à população uma diversa e intensa programação cultural, com cursos de dança, teatro, música, circo, artes visuais, multimeios, sessões de cinema, shows musicais, bibliotecas e muito mais. No programa Felipe e Tuti acompanham os preparativos e a apresentação Nascenteouvida. O espetáculo já vai começar!

  • 22:02GRANDES CURSOS CULTURA NA TV

    A POESIA REFLEXIVA DE DRUMMOND - NO MEIO DO CAMINHO

    O Prof. Davi Arrigucci Junior fala sobre o universo poético de Carlos Drummond de Andrade. Segundo o Prof. Davi, em termos drummondianos, o poema é justamente um sentimento do mundo lavrado em palavras. Para ele, Carlos Drummond de Andrade é o grande poeta da passagem para a poesia moderna. De acordo com sua análise, para o Drummond chegar à poesia supõe um esforço, a poesia é o resultado de um esforço, de um trabalho, de uma luta com as palavras. Segundo Davi, quando Drummond aparece em 1930, a novidade em sua poesia é que ele traz para o universo da lírica brasileira o pensamento mesclado à expansão lírica. Sua expansão lírica não se dá com a naturalidade corrente, mas se dá mediada por um esforço de pensamento, por um trabalho de reflexão. Nesse programa o prof. Davi Arrigucci analisa principalmente o poema “NO MEIO DO CAMINHO” (de Alguma Poesia, 1930), que para ele, desde o princípio aparece como uma forma de pensar o próprio problema da poesia, ou seja, o problema de como criar a poesia para o Drummond. Outros poemas de Drummond também são analisados no programa tais como: “Cota Zero” e “Anedota Búlgara” (de Alguma Poesia, 1930). Carlos Drummond de Andrade nasceu em 1902 na cidade de Itabira, Minas Gerais, filho de fazendeiros. Viveu sua infância e adolescência no interior de Minas Gerais. A partir de 1920 passa a residir em Belo Horizonte onde se relaciona com jovens escritores. Em 1922 recebe um prêmio de cinqüenta mil reis da revista Novella Mineira, de Belo Horizonte, pelo conto “Joaquim do Telhado”. Em 1926, trabalha no Diário de Minas. Publica, em 1928, o poema “No meio do Caminho” na revista de Antropofagia, que se torna o alvo predileto dos inimigos do Modernismo. Inicia sua carreira de funcionário público na Secretaria de Educação de Minas Gerais. Em 1930, torna-se auxiliar de gabinete da Secretaria do Interior mineira chefiada por Cristiano Machado e , depois, Gustavo Capanema. Publica seu primeiro livro, “Alguma Poesia”. Em 1934 é redator do Estado de Minas e do diário da Tarde. Transfere-se par ao Rio de Janeiro como chefe de gabinete de Capanema, novo ministro da Educação e Saúde. Publica “Brejo das almas” e colabora na Revista Acadêmica, do Rio. Os dois livros (“Alguma Poesia” e “Brejo das almas”) são caracteristicamente modernos. Seguiram-se “Sentimento do Mudo”(1940), “Claro Enigma” e “Contos de Aprendiz (1951), “Lição de Coisas” (1962), “Lição de Amigo” (1982) e muitos outros. O Professor Davi Arrigucci Junior, nasceu em São João da Boa Vista (São Paulo) em 1943. Professor aposentado de teoria literária e literatura comparada na USP, , onde lecionou de 1965 a 1996, crítico e ensaísta consagrado, estreou como romancista com Ugolino e a Perdiz, a “saga” de um caçador quixotesco em busca de uma perdiz encantada. Ao estrear como ficcionista, Arrigucci disse estar sentindo um prazer que não sentia com sua produção anterior de ensaios – o que talvez soe injusto com uma das mais sólidas coleções artigos sobre escritores nacionais e estrangeiros, com destaque para O Escorpião Encalacrado (sobre o argentino Julio Cortázar) e O Cacto e as Ruínas (sobre Manuel Bandeira e Murilo Mendes). Publicou recentemente o livro "Coração Partido", em que analisa a poesia reflexiva de Carlos Drummond de Andrade.

  • 22:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 9 - BIBLIOTECA PARQUE VILLA LOBOS E PRÊMIO SÃO PAULO DE LITERATURA

    Um parque onde a acessibilidade e a inclusão foi o ponto de partida. Essa pode ser a melhor definição do Parque Villa Lobos, um dos mais frequentados pela população de São Paulo e que, diariamente, oferece inúmeras opções culturais. Entre elas, a BVL, Biblioteca Villa Lobos, uma das finalistas do Prêmio “Biblioteca Pública do Ano”, concedido durante o congresso mundial da “IFLA”, Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecária. Neste programa, Felipe e Tuti mostram porque o Parque Villa Lobos e sua biblioteca dão um show de acessibilidade e qualidade.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 21/10/2019

  • 23:45MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    SUÉCIA: A LEI DOS DOIS ANOS

    NESTE EPISODIO VEREMOS QUE UM SUECO AO SE CASAR COM UMA MULHER ESTRANGEIRA,CONSEGUE PERMISSAO P/QUE ESTA ESTRANGEIRA FIQUE RETIDA NO PAIS ATE DOIS ANOS.ASSIM ELES USAM AS MULHERES MAIS CARENTES PARA PROSTITUICAO.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    HISTÓRIA 13 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula vamos estudar a Inconfidência Mineira. Vamos aprender seu lema e suas idéias. Vamos conhecer ainda Tiradentes e saber porque ele foi enforcado.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    GEOGRAFIA 13 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você aprenderá que, no passado, as grandes glaciações provocaram mudanças no clima, verá que esses climas que não existem mais são chamados de paleoclimas e estudados através de seus vestígios ainda encontrados. Aprenderá que a Meteorologia ajuda a compreender a distribuição dos fluxos de energia na atmosfera. Verá que o climograma é utilizado para classificar os climas em função dos índices de temperatura e precipitação e verá como a atividade humana está influindo nas mudanças climáticas.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 37

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    CONSUMO

    Neste programa mostraremos as mudanças em nossa língua através do seguinte viés: A Língua é viva! Ela muda, ela se adapta, mas está sempre a serviço de uma comunicação eficiente. A linguagem criada pelos jovens para se comunicarem com rapidez e eficiência afeta a qualidade de suas produções na escola? Como apresentar toda a rica diversidade lingüística da língua portuguesa para os estudantes? Quadros deste programa: 1. GRANDE REPORTAGEM:Mostraremos as várias mudanças que a língua portuguesa sofreu ao longo dos anos. Na primeira parte o bibliófilo José Mindlin nos mostra através dos livros a evolução de nossa língua e num segundo momento, uma professora de português vai a uma Lan House falar sobre como o uso da linguagem na internet afeta ou não o rendimento dos alunos em relação a produção escrita. 2. TELEJORNAL: Informações curiosas relativas ao tema como as novas regras da língua portuguesa e a reforma ortográfica. 3. GAME : Palavras Cruzadas. A trupe apresenta algumas letras e os populares devem montar palavras. 4. MINHA VISÃO DAS COISAS : Populares contam que regras aboliriam da língua portuguesa. 5. PEQUENA HISTÓRIA PARTICULAR: O poeta Glauco Matoso conta um pouco da sua história e das influências que marcaram suas decisões profissionais. 6. PALAVRA DE MESTRE : Professora de Português exemplifica na feira livre o que significa falar certo e falar errado. Usa como referência o poema de Oswald de Andrade – Vício na fala

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 147

    Às vésperas da entrada em vigor do Acordo Ortográfico, o Entrelinhas ouviu a opinião de escritores, editores e lingüistas, que analisam o real impacto do acordo. Per Johns, fala da sua condição de “anfíbio lingüístico”, tema de uma obra que se insere na tradição de outros autores que abordaram o estranhamento cultural. O poeta Heitor Ferraz comenta a obra de uma dos maiores escritores da literatura moderna: o italiano Cesare Pavese, cujo centenário de nascimento se comemora esse ano.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    SAMBA

    BLOCO 01: O programa tem como tema o “samba” e na abertura apresentamos Ney Matogrosso e A Parede interpretando “A ordem é samba”, de Jackson do Pandeiro e Severino Ramos. Felipe e Tininha na quadra da escola de samba Mocidade Alegre perguntam às pessoas quais as músicas que elas conhecem com a palavra “samba”. O quadro “Curiosidades” fala sobre a origem do termo “Samba”. O Jornal Nossa Língua traz a questão da autoria da canção “Pelo Telefone”, de Donga e Mauro de Almeida. O âncora Gélson Babosa conversa com o professor e apresentador do programa “O samba pede passagem”, da Rádio USP, Moises da Rocha, sobre os sambas “Lenço no pescoço”, de Wilson Batista e “Rapaz folgado”, de Noel Rosa. BLOCO 02: O bloco abre com trecho da canção “Voz do Morro”, de Zé Kéti, na interpretação do mesmo. Tininha entrevista a sambista Leci Brandão que fala sobre “samba de morro” e a diferença entre as expressões “samba de breque”, “samba canção” e “partido alto”. Leci ilustra a entrevista tocando pandeiro e cantando trechos de canções de diferentes ritmos. O quadro “CSI” investiga o caso de interpretação da personagem Gilda, do INL, entre “vou ser sua” e “você sua” BLOCO 03: A equipe do INL continua a investigação do caso. Felipe entrevista o sambista Arlindo Cruz que explica o que é o samba de raiz e como trabalha as letras de suas canções. O quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA traz os problemas de concordância do artigo com os substantivos: as “unha” e “os pé”. Desfecho do CSI. Os detetives Bento Montenegro e Marília Reis e o conselheiro Brás desvendam o mistério do caso: Homofonia – quando duas palavras com grafia e significados diferentes apresentam a mesma pronúncia (vou ser sua/ você sua).

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    RAQUEL SOUZA (06/08)

    O BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO, O BID, DIVULGOU RECENTEMENTE UM ESTUDO QUE APONTA QUE, NO BRASIL, SOMENTE 58% DOS JOVENS TERMINAM O ENSINO O ENSINO MÉDIO. OBSERVANDO OS JOVENS DE CONDIÇÃO SOCIOECONÔMICA MAIS BAIXA, OS NÚMEROS SÃO AINDA MAIS PREOCUPANTES: MENOS DE 30% DELES CONCLUEM ESSA ETAPA DA EDUCAÇÃO BÁSICA, ENQUANTO ENTRE OS MAIS RICOS A PORCENTAGEM É DE 85%. PARA TENTAR ENTENDER QUAIS SÃO AS POSSÍVEIS SAÍDAS PARA ESTE PROBLEMA DO ENSINO MÉDIO, CONVERSAMOS COM RAQUEL SOUZA, QUE É ASSESSORA DA ÁREA DE JUVENTUDE DA ONG AÇÃO EDUCATIVA, QUE RECENTEMENTE LANÇOU UM PROGRAMA CHAMADO TÔ NO RUMO.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    PAF - PARAMILOIDOSE FAMILIAR

    A PAF (Paramiloidose Familiar) é uma doença neurodegenerativa, rara, hereditária, progressiva e crônica que pode ser fatal. Ela também é conhecida por "doença dos pezinhos", pois inicialmente suas manifestações sensitivas acontecem primeiramente nos membros inferiores (pés). A PAF afeta homens e mulheres proporcionalmente e é mais incidente em descendentes de portugueses. Os principais órgãos acometidos pela doença são os nervos periféricos, o coração, o rim.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    23 - COMUNICAÇÃO E SAÚDE

    Princípios e desafios da comunicação em saúde nos dias atuais. No estúdio, Nádia Rebouças, consultora de comunicação para transformação, Inesita Soares de Araújo, professora do Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde da Fiocruz, e Eduardo Alves, sociólogo e diretor da Escola Popular de Comunicação Crítica (ESPOCC) do Observatório de Favelas.

  • 10:45CULTURA É CURRÍCULO II

    MUSEU DO FUTEBOL

  • 11:00CURSOS LIVRES: MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL (LEGENDADO)

    EFEITO ESTUFA E A TEMPERATURA DO PLANETA - LEG

    NESTA 2ªAULA, O PROFESSOR BRITO EXPLICA COMO FUNCIONA O EFEITO ESTUFA. NA ATMOSFERA EXISTEM CERTAS MOLÉCULAS QUE ABSORVEM A RADIAÇÃO INFRA-VERMELHA EMITIDA PELA TERRA, COMO É O CASO DO VAPOR DE ÁGUA E DO GÁS CARBÔNICO, ALÉM DO METANO E DO ÓXIDO NÍTRICO. O EFEITO ESTUFA É BOM PARA NÓS HUMANOS E PRA VIDA NO PLANETA, POIS É ELE QUE GARANTE UMA TEMPERATURA ADEQUADA PARA NOSSA EXISTÊNCIA. O PROBLEMA QUE TEMOS AGORA NÃO É O EFEITO ESTUFA EM SI, MAS SIM O AUMENTO DELE, E O PRINCIPAL RESPONSÁVEL POR ISSO É O GÁS CARBÔNICO. ISTO PORQUE MUITAS DAS ATIVIDADES HUMANAS GERAM E LIBERAM GÁS CARBÔNICO, O QUE ESTÁ CAUSANDO A ALTERAÇÃO DA COMPOSIÇÃO DA ATMOSFERA E O AUMENTO DA PORCENTAGEM DE ENERGIA EMITIDA PELA TERRA QUE FICA RETIDA NA ATMOSFERA (O FATOR G). O PROFESSOR BRITO VAI MOSTRAR UM GRÁFICO DA TEMPERATURA DA TERRA EM FUNÇÃO DE G. NESSE GRÁFICO É POSSÍVEL OBSERVAR QUE QUANTO MAIOR FOR O FATOR G, MAIS A TEMPERATURA DA TERRA SE ELEVA. A QUESTÃO PRA HUMANIDADE AGORA É PREVER DE QUANTO SERÁ ESSE AUMENTO DE TEMPERATURA, POR ISSO SE TORNOU TÃO IMPORTANTE ESTUDAR, ENTENDER E CONHECER MELHOR QUAIS OS MECANISMOS QUE DEFINEM A TEMPERATURA MÉDIA DO PLANETA.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 27 (2010)

    Sinopse PGM 27 Convidados: Marina Colasanti e Rodrigo Lacerda. •Marina: você escreveu para revistas femininas e frequentemente aborda questões afetivas na sua obra: como evitar que esse tema se transforme em algo piegas, em consultório sentimental? •Rodrigo: seu livro mais recente, Outra vida, trata de um casamento em crise e você participou na Flip de uma mesa intitulada Separações, com o diretor Domingos de Oliveira. Existe hoje uma preocupação dos escritores em tratar de temas da vida comum? (paralelo com cinema + Coetzee, Philip Roth, Cristovão Tezza) •Para ambos: Hoje cada vez mais os escritores participam de eventos literários: a exposição midiática cancela o poder questionador da literatura, transformando o escritor numa celebridade? (lembrar Apocalípticos e Integrados, Umberto Eco) Pergunta Edward Pimenta para Marina Colasanti (o que falta abordar?) •Rodrigo: Vocês dois escrevem, além de ficção para adultos, livros para o público infanto-juvenil. Como escrever para esses leitores na era dos videogames, canais a cabo e internet? •Marina: Numa entrevista, você declarou: “Os contos de fadas foram mandados para a tinturaria, a fim de limpá-los de qualquer mancha de sangue. O resultado foi que, ao limpar-se o sangue visível, drenou-se também o invisível, aquele que corre nas veias das histórias, que as anima e lhes dá vida. E os belos contos de fadas ficaram pálidos, fracos, com um pé na UTI.” Como é escrever contos de fadas na era do politicamente correto? •Rodrigo: Suas Fábulas para o Ano 2000 forma uma tentativa de atualizar o gênero para uma realidade de roqueiros e internautas? Pergunta Edward Pimenta para Rodrigo (grupos/autores atuais) •Marina: hoje existe uma tendência para o miniconto, mas você já pratica esse gênero há muito tempo (como Zooilógico, A Morada do Ser e Contos de Amor Rasgado). A condensação virou um cacoete? •Rodrigo: em Vista do Rio, você explora de maneira cruel o contraste entre o que a cidade do Rio de Janeiro prometia como projeto de Brasil e a decrepitude do presente. O projeto Brasil naufragou? •Marina: você se considera uma escritora feminista e engajada? Ainda existe espaço para utopias na literatura? •Rodrigo: você estreou com O mistério do leão rampante, romance que é quase uma brincadeira e que teve origem num curso de história (pedir para ele contar a gênese do livro). Já existia o projeto de ser escritor quando você fez o livro? •Marina: você nasceu na Eritreia e morou na Itália. Como isso marcou sua obra? E sua experiência como tradutora? •Rodrigo: você é carioca e neto do ex-governador Carlos Lacerda, mas mora em São Paulo e tem uma visão pessimista do Rio, como metáfora do Brasil. Você procura expiar essa herança pela ficção? •Marina: Pedir p/ ela encerrar falando do livro de memórias que está escrevendo.

  • 12:30MANOS E MINAS III

    SINTA A LIGA CREW

    Diretamente da Paraíba, o Manos e Minas recebe o poder feminino do Sinta a Liga Crew. Representando a cena dos slams, a sergipana Blenda Santos. Matérias: - No quadro 'Erick Apresenta', nosso Dj foi conferir a festa de lançamento do vinil do baterista Sorry Drummer - 'Sorry Drummer volume 2'. Lá ele trocou uma ideia com Sorry e com Silvera, produtor musical do projeto. - Nosso videorreporter Rodney Suguita foi trocar uma ideia com o Seu Osvaldo, o primeiro DJ brasileiro, que começou a discotecar em 1958!

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - DOR NAS COSTAS

    PARA FALAR SOBRE DORES NAS COSTAS

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 13

    SINOPSE PROGRAMA 13 VT REFUGIADOS VT PELÉ - Há 40 anos se despedia da seleção brasileira VT MUSA PAGU (Patrícia Galvão) VT TELEROMANCE - ENTREVISTA ESTHER GÓES (30 anos de Teleromance) A PEDIDO - COCORICÓ VT ENCERRAMENTO CAZUZA - morte há 21 anos

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    MATRIZ LUSA

    "ESSE NAVIO,RESSA CRIACAO,E MAIS IMPORTANTE QUE UMA NAU,DES- SAS ESPACIAIS..."ASSIM DARCY RIBEIRO FALA DAS CARAVELAS QUE PERMITIRAM AOS PORTUGUESES DAR INICIO A GLOBALIZACAO DO PLA- NETA.ESTE PROGRAMA RECONSTROI O SOFISTICADO UNIVERSP DOS POR TUGUESES AS VESPERAS DAS VIAGENS DE EXPLORACAO DAS FRONTEI - RAS DO DESCONHECIDO. O PROGRAMA CONTEM IMAGENS DE PORTUGAL PESQUISADAS NA CINEMA- TECA PORTUGUESA E EM OUTROS ACERVOS EUROPEUS.CONTEM VASTA ICONOGRTAFIA REFERENTE AS INFLUENCIAS ARABE E ISRAELITA QUE MARCARAM A PENINSULA IBERICA,ASSIM COMO IMAGENS INEDITAS DAS FESTAS DO ESPIRITO SANTO,NOS ACORES E NO MARANHAO.TOM ZE FA- LA TRECHOS DE POEMAS DE FERNANDO PESSOA.GILBERTO GIL CANTA "PRECE",TAMBEM DE PESSOA.DEPOIMENTOS DO GRANDE PENSADOR POR- TUGUES AGOSTINHO DA SILVA,DE JUDITH CORTESAO E ROBERTO PINHO

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    NASCIMENTO TARDIO

    A gente fala bastante dos riscos de nascer prematuro, mas passar do tempo também pode ser um risco porque a gente sabe que no máximo com 42 semanas o bebê tem que nascer. Para este Momento Papo de Mãe sobre nascimento tardio, nossas convidadas são a Ligia Rodrigues Santos, ginecologista e a mamãe Thais Castro. Vamos mostrar também, no estúdio, um dos exames que são feitos para acompanhar a saúde do bebê no final da gestação, com a Ana Paola Sevilla, ginecologista e especialista em medicina fetal, e a grávida, Rosilene Cavalli. A ginecologista, Ligia também respondeu dúvidas de telespectadoras.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 31 REGIME DE COLABORAÇÃO - 12/10/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO, VAMOS DISCUTIR O REGIME DE COLABORAÇÃO ENTRE ESTADOS E MUNICÍPIOS NA GESTÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA. O MECANISMO NÃO É NOVO, MAS AGORA É APONTADO COMO FUNDAMENTAL PARA IMPLEMENTAR A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR. NOSSA CONVIDADA É MARIZA ABREU, CONSULTORA EM EDUCAÇÃO

  • 15:30DOC TV II

    O BRASIL QUE COMEÇA NO RIO (RO)

    O documentário que vem de Rondônia mostra histórias de pessoas beiradeiras, entrecortadas por outras pequenas histórias relacionadas ao rio Guaporé , retratando a diversidade cultural da fronteira do noroeste do Brasil com a Bolívia. Conta com as participações especiais do Professor-Doutor da Universidade Federal de Rondônia, Marco Antônio Domingues Teixeira , do poeta Thiago de Mello, do poeta Walter Bártolo , com trilha musical de Bado, Binho, Alkbal e do grupo Quilomboclada. O líder quilombola José Soares Neto, o “Zeca Lula” narra a vida na comunidade de Santo Antônio do Guaporé, caminhando entre afloramentos de urnas funerárias indígenas. O pequeno povoado tem o rio como único elo de ligação com a civilização e é constantemente ameaçado pelo sistema capitalista.Mas às vezes o silêncio se sobrepõe, e o mais importante é a lentidão das águas e da sua gente...Em outro trecho o ex-delegado de Pedras Negras, Ambrósio Paes, questiona o passado e o presente de uma região abandonada pelo poder público. Hoje Pedras Negras é um povoado fantasma, assombrado pelo avanço da soja, que chega já às margens da fronteira... Paes introduz hinos à celebração centenária da Festa da Coroa do Divino Espírito Santo, que congrega os homens e mulheres que vivem no lado brasileiro e no lado boliviano do rio, como Versalhes, Remanso, Surpresa, Pimenteiras, Rolim de Moura do Guaporé e Costa Marques.Com depoimentos de promesseiros e do bispo de Guajará-Mirim,Dom Geraldo Verdier, o documentário também mostra a ótica da ocupação portuguesa no século 18 com a obstinação do Capitão-General Dom Antônio Rolim de Moura que vem com ordens da Coroa para fundar Vila Bela da Santíssima Trindade, a primeira capital do Mato Grosso. O quarto governador da Capitania do Mato Grosso, Luiz Albuquerque de Mello Pereira e Cáceres edifica o Real Forte Príncipe da Beira no apogeu do período colonial.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA IV

    CRAZY LITTLE THING CALLED LOVE (QUEEN) TERÇA

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 8 - MUSEU DO FUTEBOL E FÁBRICA DE CULTURA BRASILÂNDIA

    Neste episódio os apresentadores invadem um dos territórios culturais mais procurados pelos moradores da cidade de São Paulo e também por quem está aqui em visita: O Museu do Futebol. E para completar o programa, nossa dupla vai até a Fábrica de Cultura da Vila Brasilândia, onde se reúne jovens dos mais ativos e militantes nos novos ritmos musicais de São Paulo. Futebol e música, duas paixões nacionais num mesmo Território Cultural.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    HISTÓRIA 13 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula vamos estudar a Inconfidência Mineira. Vamos aprender seu lema e suas idéias. Vamos conhecer ainda Tiradentes e saber porque ele foi enforcado.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    GEOGRAFIA 13 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você aprenderá que, no passado, as grandes glaciações provocaram mudanças no clima, verá que esses climas que não existem mais são chamados de paleoclimas e estudados através de seus vestígios ainda encontrados. Aprenderá que a Meteorologia ajuda a compreender a distribuição dos fluxos de energia na atmosfera. Verá que o climograma é utilizado para classificar os climas em função dos índices de temperatura e precipitação e verá como a atividade humana está influindo nas mudanças climáticas.

  • 17:30CURSOS LIVRES: O MUSEU PAULISTA E A HISTÓRIA DE SÃO PAULO

    DOS BANDEIRANTES AOS PRÓCERES DA INDEPENDÊNCIA

  • 18:30POR DENTRO DO CORPO HUMANO

    COMO VOCÊ SOBREVIVE

    Este episódio explora a incrível história da maior batalha que a humanidade já enfrentou ... a luta épica para manter nossos corpos vivos. Desde o nosso primeiro batimento cardíaco até o último, a cada segundo de cada dia, permanecendo vivos mesmo para um único batimento cardíaco requer um milagre biológico de cada parte de nossos corpos vastos e complexos. Este programa analisa a incrível luta para se manter vivo e como todos nós experimentamos essa luta em nossas vidas diárias.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    STEPAN NERCESSIAN

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:30TELECONTO

    PUÇANGA 2

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    MACHADO DE ASSIS

    O PROGRAMA MOSTRA PARTE DA VIDA DE MACHADO DE ASSIS, E ENFOCA TAMBÉM UM FAMOSO ROMANCE: IAIÁ GARCIA.

  • 22:00BALANÇO DO SÉCULO XX, PARADIGMAS DO SÉCULO XXI

    A INQUIETUDE DO FUTURO - O TEMPO HIPER-MODERNO - GILLES LIPOVETSKY

    SÉRIE BALANÇO DO SÉC. XX Projeto: Sociedade Contemporânea VIVENDO ALÉM DOS LIMITES - A GLOBALIZAÇÃO NO COTIDIANO Como educar, amar, viver, construir família e trabalhar na era da globalização? Tentaremos responder, analisando as radicais transformações dos laços sociais, bem como os novos sintomas e também as novas soluções. Psicanalistas, juristas, arquitetos, jornalistas, filósofos, teólogos, especialistas das humanidades apresentarão um panorama das principais questões da contemporaneidade, propondo novas categorias de apreensão da satisfação humana. Os temas são variados e instigantes: a música eletrônica e os ouvidos contemporâneos; o luxo sagrado, o luxo democrático e o eterno luxo; o tempo hiper-moderno, a inquietude e a angústia; querer, desejar e os descompassos entre a humanidade e o mundo; amores eventuais, promiscuidades e o ato contemporâneo de “ficar ”; espaços públicos e privados, na arquitetura da globalização; desaprendendo na escola. A riqueza da discussão certamente vai nos levar muito além dos limites! curador: JORGE FORBES Psicanalista e psiquiatra. Pós-graduado em Psicanálise pela Universidade de Paris VIII. É Analista-Membro das Escolas Brasileira e Européia de Psicanálise. Preside o IPLA-Instituto da Psicanálise Lacaniana. Seu último livro: "Você Quer o Que Deseja?", ed. Best-Seller. Palestra : A INQUIETUDE DO FUTURO Gilles Lipovetsky, filósofo e antropólogo, argumenta neste programa que não estamos vivendo, como se costuma crer, numa sociedade pós-moderna, mas, numa sociedade hiper-moderna que é multidemensional, complexa, confusa e paradoxal. O marketing triunfa e o tempo acelera. Fast-food , internet e stress convivem com tai-chi e meditação. Mas não é o caos: há uma luz no fim do túnel.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 22/10/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    IRLANDA - CIRCULANDO

    COMO AS MULHERES IRLANDESAS REAGIRAM E REAGEM AOS ACONTECI- MENTOS VIOLENTOS QUE MARCAM A POLITICA DE SEU PAIS.

  • 00:10VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    MATEMÁTICA 63 (MOD.2 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 63 você vai rever operações com frações e, além disso, relembrará como resolver expressões numéricas utilizando-as.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    ARTES PLÁSTICAS 4 (MOD.3 - MÉDIO)

    A pergunta desta teleaula é: É possível aprender e ensinar arte? Começaremos vendo que o conhecimento artístico é formado por conceitos e informações específicas e que pode ser desenvolvido tanto dentro como fora das escolas, caso dos impressionistas. Também veremos que a arte tem uma função social: mostra os padrões estéticos de uma sociedade e torna possível a reflexão sobre eles. Os conceitos da arte guiam a arquitetura e o urbanismo, testando os limites da invenção humana, buscando a qualidade de vida do indivíduo e a evolução da sociedade, mesmo quando essa evolução é impedida por outros fatores.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 38

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    MUDANÇAS NA LÍNGUA PORTUGUESA

    Neste programa mostraremos as mudanças em nossa língua através do seguinte viés: A Língua é viva! Ela muda, ela se adapta, mas está sempre a serviço de uma comunicação eficiente. A linguagem criada pelos jovens para se comunicarem com rapidez e eficiência afeta a qualidade de suas produções na escola? Como apresentar toda a rica diversidade lingüística da língua portuguesa para os estudantes? Quadros deste programa: 1. GRANDE REPORTAGEM:Mostraremos as várias mudanças que a língua portuguesa sofreu ao longo dos anos. Na primeira parte o bibliófilo José Mindlin nos mostra através dos livros a evolução de nossa língua e num segundo momento, uma professora de português vai a uma Lan House falar sobre como o uso da linguagem na internet afeta ou não o rendimento dos alunos em relação a produção escrita. 2. TELEJORNAL: Informações curiosas relativas ao tema como as novas regras da língua portuguesa e a reforma ortográfica. 3. GAME : Palavras Cruzadas. A trupe apresenta algumas letras e os populares devem montar palavras. 4. MINHA VISÃO DAS COISAS : Populares contam que regras aboliriam da língua portuguesa. 5. PEQUENA HISTÓRIA PARTICULAR: O poeta Glauco Matoso conta um pouco da sua história e das influências que marcaram suas decisões profissionais. 6. PALAVRA DE MESTRE : Professora de Português exemplifica na feira livre o que significa falar certo e falar errado. Usa como referência o poema de Oswald de Andrade – Vício na fala

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 150

    Shakespeare and Company. O Entrelinhas mostra uma livraria que entrou para a história da literatura: a Shakespeare and Company, de Paris. Encravada no coração da capital francesa, ela foi criada pela norte-americana Sylvia Beach e tornou-se ponto de encontro para escritores como Joyce e Hemingway. O programa entrevistou proprietários e freqüentadores dessa livraria com sotaque inglês, que continua animando a vida cultural parisiense com saraus e lançamentos. Alice Ruiz. O programa entrevistou a poeta e letrista Alice Ruiz, que tem parcerias com importantes compositores da música popular brasileira e que consagrou-se como autora de haikais, recriando as formas sintéticas da tradição poética japonesa. Manoel Carlos Karam. O Entrelinhas destaca também a trajetória do escritor e dramaturgo Manoel Carlos Karam. Morto em 2007, ele deixou uma obra provocante, recheada de personagens bizarros - mas ainda pouco conhecida pelo grande público.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    AS VÁRIAS CARAS DA NOTÍCIA

    1. bloco O programa traz à discussão as notícias nos diferentes meios de comunicação – imprensa escrita, rádio, tv e internet. Tininha Mello e Felipe Reis fazem um balanço de como as notícias eram transmitidas na imprensa escrita e também no rádio e na tv. O Povo Fala responde a enquete: - Você acha que a mesma notícia é dada de maneira diferente na imprensa escrita, no rádio e na tv? Foram várias as respostas, entre elas, que dependendo do meio de comunicação ela pode ser mais enxuta prejudicando dessa maneira a compreensão do fato ou mais detalhada como no caso da imprensa escrita – jornal e/ou revistas, que podem ter a possibilidade de explorar o tema. Felipe Reis conversa com o professor, radialista e jornalista Heródoto Barbeiro na rádio CBN. Ele fala sobre sua vivência nos diferentes meios de comunicação e como os profissionais de comunicação devem tratar a informação: com ética e isenção ao passar uma notícia para o cidadão. Fala também na confluência de mídias para a divulgação das notícias – que junta o rádio, a tv e internet. 2. bloco Tininha Mello e Felipe Reis explicam que antigamente os jornais eram vendidos nas ruas e as manchetes eram apregoadas para chamar a atenção do leitor. Hoje, ele é vendido em bancas ou entregue na casa das pessoas. O quadro “Etimologia” traz a origem do termo “jornal”. Trecho da canção “Notícia de Jornal”, de Chico Buarque, é dramatizado pelos atores Felipe Reis e Tininha Mello, que introduz notícia do Jornal Nossa Língua que fala sobre um crime que chocou a cidade. Joana de tal assassinou um tal de João. Felipe Reis foi conferir o que a população acha de terem prendido a “viúva de um falecido”? O âncora, Gélson Babosa, recebe como convidada a professora de português Luciana Migliaccio que fala sobre pleonasmos – quando não é planejado é considerado “vício de linguagem”, quando é intencionalmente criado para dar ênfase a uma ideia, ele é considerado “figura de estilo”. Ela cita como exemplo de figura de estilo, trecho do poema “Soneto da Fidelidade”, de Vinícius de Moraes. Bloco 3 Alguns jornais tratam a notícia de maneira sensacionalista para vender mais exemplares. O Povo fala responde a enquete: - O que é sensacionalismo para você? Um dos entrevistados relembra manchetes do extinto jornal Notícias Populares. Felipe Reis entrevista a jornalista e ex-editora do Notícias Populares na década de 90, Laura Capriglione, que fala sobre sua experiência de trabalhar com a linguagem nesse tipo de jornal. Relembra algumas manchetes de sua época e reforça a questão da ética no trato da notícia. O quadro “Curiosidades” traz a notícia que correu a imprensa a partir de um boato: o ET de Varginha. O quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA aborda a questão do uso do pleonasmo como vício de linguagem.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    GUSTAVO NOVAES E ANNA PENIDO (13/08)

    O USO DE TECNOLOGIAS NAS ESCOLAS BRASILEIRAS VEM CRESCENDO NOS ÚLTIMOS ANOS. DE ACORDO COM A PESQUISA TIC EDUCAÇÃO, DIVULGADA RECENTEMENTE PELO CENTRO REGIONAL DE ESTUDOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO, 46% DOS PROFESSORES DE ESCOLAS PÚBLICAS DECLARARAM UTILIZAR COMPUTADOR E INTERNET EM ATIVIDADES COM OS ALUNOS NA SALA DE AULA. MAS DE QUE MANEIRA ESTA PRÁTICA ACONTECE NA ESCOLA? OS PROFESSORES JÁ SE SENTEM MAIS CONFIANTES EM UTILIZAR A TECNOLOGIA COMO ALIADA NA HORA DE ENSINAR? PARA FALAR SOBRE ESTE ASSUNTO, CONVERSAMOS COM ANNA PENIDO, QUE É DIRETORA DO INSTITUTO INSPIRARE QUE, EM PARCERIA COM A ONG TODOS PELA EDUCAÇÃO, ACABA DE LANÇAR UM GUIA DIRECIONADO A GESTORES E PROFESSORES QUE PRETENDEM TRABALHAR COM TECNOLOGIA NA ESCOLA. PARTICIPOU DA DISCUSSÃO TAMBÉM GUSTAVO NOVAES, QUE É ECONOMISTA DA TVVE, TENDÊNCIA DE VIDA VIRTUAL NA EDUCAÇÃO, E UM DOS RESPONSÁVEIS POR ELABORAR UMA PESQUISA QUE ESTÁ OUVINDO ESCOLAS QUE JÁ UTILIZAM A TECNOLOGIA NA SALA DE AULA.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    CÂNCER DE PULMÃO

    O Câncer de Pulmão é um dos tipos mais agressivos de câncer e é o que mais mata. Mas, felizmente, cada vez mais surgem novos tratamentos que curam ou que garantem a qualidade de vida aos pacientes. Nesse educativo vamos conhecer mais sobre o Câncer de Pulmão, a importância do diagnóstico precoce, os tratamentos e como preveni-lo.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    24 - MÚSICA, SAÚDE E POTÊNCIA

    A música como ferramenta para a promoção e recuperação da saúde. A musicoterapeuta Marly Chagas Oliveira Pinto, vice-presidente da Associação de Musicoterapia do Rio de Janeiro, o músico Marcelo Henrique Pfeil, professor de música da Rede Pública Municipal do Rio de Janeiro, e a psicóloga Nathalia Massi, facilitadora de biodanza, debatem o assunto.

  • 10:45CULTURA É CURRÍCULO II

    MUSEU CASA DE PORTINARI - BRODOWSKI

  • 11:00CURSOS LIVRES: MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL (LEGENDADO)

    GASES DE EFEITO ESTUFAS: MEDIÇÃO DE CO2 NA ATMOSFERA - LEG

    NESTA 3ª AULA, O PROFESSOR BRITO MOSTRA COMO A MEDIÇÃO DA CONCENTRAÇÃO DE GÁS CARBÔNICO NA ATMOSFERA PODE AJUDAR A CALCULAR A TEMPERATURA DO PLANETA TERRA. O PRINCIPAL CIENTISTA QUE SE DEDICOU A ESSAS MEDIÇÕES FOI O AMERICANO CHARLES KEELING, COMEÇANDO NO FINAL DOS ANOS 50. DE LÁ PRA CÁ, CIENTISTAS NO MUNDO TODO MEDIRAM A VARIAÇÃO DE GÁS CARBÔNICO, E NÃO RESTA MAIS NENHUMA DÚVIDA DE QUE SUA CONCENTRAÇÃO ESTÁ AUMENTANDO NA ATMOSFERA DO PLANETA. ASSIM, POR MEIO DESSA MEDIDA, É POSSÍVEL PROVAR DE MANEIRA IRREFUTÁVEL O QUE ATÉ ALGUM TEMPO ATRÁS AINDA ERA QUESTIONANDO POR ALGUNS, QUE O PLANETA TERRA ESTÁ SOFRENDO DE FATO UM AQUECIMENTO.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 28

    Convidados: Cadão Volpato e Ivana Arruda Leite • Para ambos: Vocês dois estrearam relativamente tarde na literatura. Como a literatura surgiu na trajetória de vocês? • Para ambos: Vocês dois fizeram parte da antologia Geração 90, organizada por Nelson de Oliveira. Pode-se falar numa geração ou numa tendência da literatura brasileira contemporânea? • Para ambos: Que diferença existe entre a literatura produzida no Brasil quando vocês começaram a ler e aquela produzida quando começaram a escrever? • Ivana: No seu caso, a perspectiva feminina é clara, mas parece não se confundir com o feminismo, justamente por conta também de um certo lirismo – confere? • Cadão: O jornalismo estimulou ou inibiu o trabalho literário? • Ivana: Fazer uma coluna sobre a mulher na Revista da Folha não significou de algum modo sucumbir aos estereótipos da afetividade feminina? • Cadão: Indo nesse caminho, seu novo livro Relógio Sem Sol reúne duas narrativas, mas elas contêm várias histórias, como se fossem pequenos romances. No que esse livro difere dos anteriores? • Para ambos: O que a narrativa curta significa em termos de percepção do mundo? • Ivana: No romance Hotel Novo Mundo, em determinado momento a narradora compara o Rio de Janeiro com São Paulo dizendo que o Rio é “uma cidade para semideuses” e que “em São Paulo você pode ser infeliz à vontade”. Você poderia comentar? • Cadão: Parece haver uma diferença de tom entre sua obra literária e seu trabalho como músico. Existe convergência desses dois registros? • Ivana: A personagem de Hotel Novo Mundo retorna do Rio (onde vivia na alta sociedade) para São Paulo (onde encontra pessoas mais autênticas). Esse retorno à vida simples é uma idealização do recolhimento, avesso ao glamour da sociedade do espetáculo? • Cadão: Em Relógio Sem Sol, o desencanto de uma geração que surgiu no fim ditadura parece contrastar com a imagem utópica do roqueiro que quer mudar o mundo com sua guitarra. O que prevalece: o sonho ou a decepção?

  • 12:30MOSAICOS

    A ARTE DE JOÃO DO VALE

    MOSAICOS – A ARTE DE JOÃO DO VALE Documentário musical revê a trajetória do compositor a parir de diversas imagens do acervo da TV Cultura, com o cantor em apresentações nos programas MPB Especial 1974, Projeto Adoniran 1985, entre outros. Além disso, o programa trás apresentações inéditas de Zeca Baleiro, Feitiço de Mulher e Tião Carvalho interpretando sucessos do cantor dentro dos estúdios da emissora. Para completar, Papete, Zé Américo e Amelinha interpretam músicas e dão seus depoimentos sobre o amigo contestador e espirituoso João do Vale.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - PARAR DE FUMAR

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 14

    SINOPSE PROGRAMA 14 VT BEATRIZ SEGALL - 85 anos de vida em Julho A PEDIDO - Peter e sua caixa de brinquedos VT RAUL CORTEZ - 5 anos de morte VT AMY RETRÔ - Amy Winehouse VT ENCERRAMENTO MORRISON - Há 40 anos Jim Morrison morreu em Paris

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    MATRIZ AFRO

    "TODA A CULTURA BRASILEIRA ESTA IMPREGNADA DA HERANCA AFRICA NA.SUA PRESENCA FEZ QUASE TUDO O QUE AQUI SE FEZ",DZ DARCY RIBEIRO NESTE PROGRAMA QUE FALA DO CONJUNTO DAS CULTURAS NE- GROAFRICANAS QUE ESTAO NA BASE DE NOSSA FORMACAO.O PROGRAMA NOS FAZ CONHECER A FORCA,O REQUINTE E A SOFISTICACAO DOS BAN TOS,HAUSSAS, JEJES E YORUBAS QUE ATRAVESSARAM O ATLANTICO NO MAIOR MOVIMENTO DE MIGRACAO COMPULSORIA DE QUE SE TEM NOTI - CIA.O PROGRAMA FOI CONSTRUIDO COM IMAGENS DE ARQUIVO PESQUI- SADAS EM CINEMATECAS E MUSEUS VARIADOS, BEM COMO COM O REGIS TRO DE VASTA E VARIADA ICONOGRAFIA(FOTOS DE PIERRE VERGER E OUTROS). CONTEM IMAGENS DE PECAS AFRICANAS PERTENCENTES A IMPORTANTES COLECIONADORES,FILMADAS NA BELGICA. GIL CANTA E LE POEMAS AFRICANOS RECRIADOS P/ ANTONIO RISERIO

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    PAI DE MENINO

    Será que é diferente ser pai de menino ou pai de menina? E quais os desafios da paternidade na hora de educar um menino nos dias de hoje? Nossa sociedade está sempre em transformação e com tanta luta e movimentos pela igualdade entre homens e mulheres, como deve ser a criação dos meninos? Para este papo convidamos o psicólogo Tiago Tamborini e o jornalista esportivo Cadu Cortez e o filho dele Mateo, de 13 anos. Mensagens de telespectadoras sobre o tema.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 32 FUNDEB - 23/10/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS CONVERSAR SOBRE O FUNDEB - O FUNDO DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA E DE VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO.// NOSSA CONVIDADA É MARIZA ABREU, CONSULTORA EM EDUCAÇÃO.

  • 15:30DOC TV II

    PASSAGEM (RS)

    A Rodoviária é um lugar tão freqüentado que passa desapercebido até para os seus transeuntes. De uma maneira singular o documentário PASSAGEM do diretor Jaime Lerner contempla essa reflexão com um olhar diferente: uma composição de cores, sons e ritmos quase poéticos, o que contribui para a experimentação da linguagem, não pela experimentação em si, mas pelo que ela tem a ver com o conteúdo e o tema. O documentário é um filme sobre um centro de confluências que abriga um pequeno microcosmo de nossa sociedade. Um filme de chegadas e partidas, de histórias que não se revelam, apenas são sugeridas. São muitos rostos e olhares de quem estão de passagem, em busca de seu destino.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA IV

    CRAZY LITTLE THING CALLED LOVE (QUEEN) QUARTA

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 9 - BIBLIOTECA PARQUE VILLA LOBOS E PRÊMIO SÃO PAULO DE LITERATURA

    Um parque onde a acessibilidade e a inclusão foi o ponto de partida. Essa pode ser a melhor definição do Parque Villa Lobos, um dos mais frequentados pela população de São Paulo e que, diariamente, oferece inúmeras opções culturais. Entre elas, a BVL, Biblioteca Villa Lobos, uma das finalistas do Prêmio “Biblioteca Pública do Ano”, concedido durante o congresso mundial da “IFLA”, Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecária. Neste programa, Felipe e Tuti mostram porque o Parque Villa Lobos e sua biblioteca dão um show de acessibilidade e qualidade.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    MATEMÁTICA 63 (MOD.2 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 63 você vai rever operações com frações e, além disso, relembrará como resolver expressões numéricas utilizando-as.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    ARTES PLÁSTICAS 4 (MOD.3 - MÉDIO)

    A pergunta desta teleaula é: É possível aprender e ensinar arte? Começaremos vendo que o conhecimento artístico é formado por conceitos e informações específicas e que pode ser desenvolvido tanto dentro como fora das escolas, caso dos impressionistas. Também veremos que a arte tem uma função social: mostra os padrões estéticos de uma sociedade e torna possível a reflexão sobre eles. Os conceitos da arte guiam a arquitetura e o urbanismo, testando os limites da invenção humana, buscando a qualidade de vida do indivíduo e a evolução da sociedade, mesmo quando essa evolução é impedida por outros fatores.

  • 17:30CURSOS LIVRES: O MUSEU PAULISTA E A HISTÓRIA DE SÃO PAULO

    SÃO PAULO NAS ROTAS DO COMÉRCIO COLONIAL

  • 18:30CAMPUS EM AÇÃO 2019

    DOC.MINIMUS (ECA-USP) + O PEQUENINO GRÃO DE AREIA (MELIES) + EVERGLOW (MELIES) + STAMP BIRD (MELIES) + ICESCREAM (MELIES)

    Neste programa, Aline Jones e Eduardo Guimarães apresentam os vídeos "Doc. Minimus" realizados pelos alunos do curso de audiovisual da ECA USP, "O Pequenino Grão de Areia", "Everglow", "Stamp Bird" e "Icescream" produzidos por alunos do curso de produção Audiovisual da Faculdade Melies. Sobre "Doc. Minimus": Documentário sobre a implementação e ensino de grego e latim na EMEF Amorim Lima. O filme foi contemplado como projeto de extensão da Pró-reitoria de Cultura e Extensão da USP. Realizado coletivamente por Clara Lazarim , Mariana Moraes, Nayara Xavier e Marília Mencucini. ano de produção: 2014 Sobre "O Pequenino Grao de Areia": Grano é um ser mágico feito de areia. Toda noite ele vai até a orla para contemplar sua amada Ester. Privados do toque eles terão que encontrar um jeito de ficar juntos por toda eternidade. Ano de produção: 2018 Sobre "Everglow": Everglow é um curta metragem em animação por computação gráfica, que narra a história de uma garota que revive suas memórias de infância, ao retornar a uma caverna onde outrora conheceu um amigo especial, uma pequena bolinha de luz que lá habitava. Porém, agora adulta, ela não a vê mais. Assim, Lucy precisa fazer uma escolha: Seguir em frente ou viver em função de suas memórias. Ano de produção: 2018 Sobre Stamp Bird: Um curta sobre o dia a dia de um escritório, onde os animais antropomórficos refletem o trabalho recluso e quase escravo da realidade moderna. Ano de produção: 2018 Sobre "Icescream": Um curta sobre o dia a dia de um escritório, onde os animais antropomórficos refletem o trabalho recluso e quase escravo da realidade moderna. Ano de produção: 2018

  • 19:00MATÉRIA DE CAPA

    MATÉRIA DE CAPA 337 -

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    ANNAMARIA DIAS

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:30TELECONTO

    PUÇANGA 3

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    GREGORIO DE MATTOS, O "BOCA DO INFERNO"

    NESTE PROGRAMA GREGÓRIO DE MATOS, O BOCA DO INFERNO. SÃO ENCENADOS MOMENTOS SIGNIFICATIVOS DA VIDA E DA OBRA DO AUTOR, ALÉM DA MUSICALIZAÇÃO DE ALGUNS DE SEUS MAIS EXPRESSIVOS POEMAS.

  • 22:00#PROVOCAÇÕES

    #PROVOCAÇÕES - 22 - SIDARTA RIBEIRO

    Em nova fase, o programa #Provocações, agora comandado por Marcelo Tas, recebe o neurocientista Sidarta Ribeiro, professor titular e diretor do Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Um dos maiores nomes do País quando o assunto é a pesquisa em torno do uso de substâncias psicoativas, em especial a cannabis, Ribeiro fala em entrevista também sobre seu recém-lançado livro O Oráculo da noite: a história e a ciência do sonho, da Companhia das Letras.

  • 22:30ESCALA MUSICAL

    ESCALA MUSICAL - 10

    O raro encontro de dois músicos paulistanos por opção - não por nascimento. O Escala Musical reverência à cultura de raiz. No caso dele, a pernambucana: do maracatu, da ciranda, da rabeca. E no caso dela, a paraense: do carimbó, de Círio de Nazaré. Siba, o cantor, compositor e instrumentista de Recife. E a cantora, compositora e atriz Fafá, que é… de Belém.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 23/10/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    LITUÂNIA: TRÁFICO DE MULHERES

  • 00:15VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    CIÊNCIAS 46 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 46 você verá que as leveduras são microorganismos que existem no fermento biológico e que a fermentação é um processo realizado por seres vivos. Saberá que grandes quantidades de microorganismos podem ser criadas nos biodigestores e que alguns seres vivos não realizam a respiração, pois eles obtêm energia para viver através da fermentação

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    QUÍMICA 5 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você verá que a água da torneira e a água do poço não são puras, pois têm substâncias dissolvidas. Além disso, entenderá porque toda solução é uma mistura, mas nem toda mistura é uma solução.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 39

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    SUSTENTABILIDADE

    Sustentabilidade : o que significa viver em consonância com este conceito? É importante saber que para vivermos num mundo melhor devemos prover o melhor para as pessoas e para o ambiente tanto agora como para um futuro indefinido... Focos do programa: • Ações cidadãs que garantem uma vida em consonância com as necessidades reais do planeta, que dizem vai falir!!! • Conjunto de ações voltadas para redução de problemas de ordem econômica, ambiental e social. • O conceito visto de vários pontos de vista. • Temas relacionados ao meio ambiente e a conceitos da ecologia. Atitudes, dicas dos especialistas, o papel de cada um... 1. GRANDE REPORTAGEM: Vamos conhecer quatro histórias diferentes que têm em comum o ideal de preservação do meio-ambiente. Um grande edifício no coração da Avenida Paulista que virou exemplo em coleta seletiva, uma "eco-mãe", uma ong que transforma pneus em arte e uma academia que prega a reutilização de materiais em seus equipamentos: diferentes iniciativas que trabalham dentro dos princípios da sustentabilidade e da inclusão social. 2. TELEJORNAL: Informações curiosas relativas ao tema como o porquê da criação do horário de verão. 3. GAME : Piscina de Bolinhas. Populares mergulham na piscina de bolinhas e “pescam” letras para formar palavras relacionadas ao tema. 4. MINHA VISÃO DAS COISAS : Profissionais de diversas áreas respondem a pergunta “ O que é Sustentabilidade?”. 5. QUANDO EU CRESCER: O garoto Antony quer ser veterinário e recebe várias dicas de profissionais, além de ajudar um funcionário do Zoológico de São Paulo a cuidar de um jacaré. 6. ESCOLA MUNDO A FORA : Mostra o trabalho da Associação Mestres da Obra, que por meio de ateliês instalados em canteiros de obras, transforma trabalhadores da construção civil em artistas.

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 151

    O Entrelinhas entrevista a poeta mineira Adélia Prado, que foi “descoberta” por Drummond e se tornou um dos maiores nomes da poesia brasileira. Autora de livros como Bagagem e Oráculos de Maio, ela transformou a experiência do cotidiano e a religiosidade em poesia universal, fazendo com que a pequena Divinópolis entrasse no mapa da literatura brasileira. O programa destaca as edições – em livro de contos e em adaptação para quadrinhos – de O Curioso Caso de Benjamin Button, narrativa de Scott Fitzgerald (clássico da moderna literatura norte-americana) que foi adaptada para o cinema e concorreu ao Oscar. O Entrelinhas entrevista também o poeta cearense Manoel Coelho Raposo, escritor, militante político que conviveu com o líder Luis Carlos Prestes, foi editor de revistas e jornais de esquerda e criou uma livraria ambulante em Fortaleza.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    ESTRANGEIRISMOS

    O programa aborda a questão do uso de palavras estrangeiras na comunicação do dia-a-dia. Tininha Mello conversa com Felipe Reis incorporando várias palavras inglesas no seu diálogo. Frases como: “Estou na maior bad; fiquei in love; quero deletar esse dia da minha vida! “ O quadro “Curiosidades” traz os significados do termo “americano”. Felipe questiona Tininha sobre o termo “latinoamericano”. Ela responde que “latinoamericano” é quem vive na América Latina que engloba todos os países da América onde são faladas primordialmente línguas derivadas do latim, particularmente o espanhol, o português e, ocasionalmente, o francês. O quadro “Etimologia” traz a origem da palavra futebol. Trecho da canção “É uma partida de futebol”, da Banda Skank, ilustra o tema. O Povo Fala responde o desafio proposto sobre a grafia correta das palavras que já foram aportuguesadas como roque, eslaide e uísque. Bloco 2 Gelson Babosa, âncora do Jornal Nossa Língua, traz a notícia do técnico de futebol que usa estrangeirismos em seus discursos. Felipe Reis encarna o personagem técnico Felipe Burgo que em seu depoimento falou que seu jogador tem muito feeling, que reconheceu que precisa ter o timing do passe. Só assim ele terá upgrade.” O repórter Felipe Reis foi às ruas ver o que as pessoas entenderam da fala do técnico. Depois, foi conferir com o jornalista e comentarista esportivo Vladir Lemos sobre o uso das expressões em inglês usada, geralmente, no futebol. Felipe Reis interpreta o põem “Capitulação”, de Luis Fernando Veríssimo. O quadro CSI traz o Sr. Américo, 100% nacionalista”, que se irrita ao ver o noticiário de uma televisão portuguesa falando sobre a influência dos “médias” sobre a sociedade. Ele procura a equipe do INL para ter respostas sobre a origem da palavra mídia. Bloco 3 A equipe do INL descobre que a origem do termo “media” em inglês é latina. O Conselheiro Brás esclarece que em latim, “media” é o plural de “médium” substantivo neutro que significa “meio, elemento intermediário, mediador”. Como a pronúncia de “media” em inglês é mídia, esse termo chegou ao Brasil através da agências de propagandas. Por isso, no Brasil, usa-se “mídia”. Já em Portugal, eles importaram o termo diretamente do latim, com artigo masculino “os médias”. Tininha entrevista o professor de língua portuguesa, Eduardo Calbucci sobre o uso de estrangeirismos na língua portuguesa. E quem determina quando uma palavra estrangeira deve ter sua grafia aportuguesada. Trecho da canção “I’m not dog no” (Waldick Soriano / versão Falcão/Tarcísio Matos) para ilustrar tema. O quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA traz a diferença de uso dos termos “fragrante” e “flagrante”. Felipe e Tininha encerram o programa cantarolando a música “Samba do Approach”, de Zeca Baleiro.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    EVERSON CARLOS DA SILVA, OLÍVIO JEKUPE (20/08)

    O PROGRAMA EDUCAÇÃO BRASILEIRA FALA SOBRE A OBRIGATORIEDADE, DESDE 2008, DO ENSINO DA HISTÓRIA E DA CULTURA INDÍGENA NAS ESCOLAS. MAS SERÁ QUE, NA PRÁTICA, DE LÁ PRA CÁ, MUDOU ALGUMA COISA NO CURRÍCULO? QUANDO FALAMOS HISTÓRIA INDÍGENA, QUAL É ESTA HISTÓRIA? É AQUELA DOS LIVROS DIDÁTICOS OU AQUELA CONTADA PELOS ÍNDIOS? PARTICIPARAM CONOSCO ANTÔNIO NETO, LINGUÍSTA E PESQUISADOR DA USP, OLIVIO JUKEPE, FILÓSOFO E ESCRITOR, E TAMBÉM EVERSON CARLOS DA SILVA, DA SOCIEDADE MUNDIAL DE ETNOESPORTE.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    URTICÁRIA CRÔNICA ESPONTÂNEA

    Você já ouviu falar em Urticária? É uma doença mais comum do que imaginamos. Estima-se que cerca de 15% a 20% da população pode apresentar urticária em algum momento da vida. Neste educativo vamos conhecer mais sobre as Urticárias e suas características. Falaremos principalmente sobre a Urticária Crônica Espontânea, o tipo que mais afeta a qualidade de vida dos pacientes. Saiba que Urticária Crônica Espontânea tem tratamento, por isso, procure ajuda médica e não conviva com esse problema!

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    25 - USO E ABUSO DE ÁLCOOL

    Os efeitos do abuso de álcool no cérebro dos adolescentes. O enfermeiro Rogério Ferreira, Diretor do Capsad III Antônio Carlos Mussum (RJ), a psicóloga Cláudia de Paula, Diretora do Capsad III Paulo da Portela (RJ), e a psiquiatra Juliana Copetti, debatem os fatores de risco e proteção.

  • 10:45CULTURA É CURRÍCULO II

    CASA DAS ROSAS

  • 11:00CURSOS LIVRES: MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL (LEGENDADO)

    ORIGENS DE EMISSÃO GEE - LEG

    NESSA 4ª AULA, O PROFESSOR BRITO MOSTRA COMO OS CIENTISTAS CONSEGUIRAM MEDIR A CONCENTRAÇÃO DE GÁS CARBÔNICO NA ATMOSFERA DE HOJE ATÉ 800 MIL ANOS ATRÁS, ATRAVÉS DA ANÁLISE DE BOLHAS DE AR QUE FICARAM PRESAS NO GELO DE REGIÕES POLARES. ASSIM, FOI POSSÍVEL DESCOBRIR QUE NUNCA NA HISTÓRIA DO PLANETA TERRA HOUVE TANTO CO2 NA ATMOSFERA COMO EXISTE HOJE. NENHUM EVENTO NATURAL CAUSOU TANTO AUMENTO DE DIÓXIDO DE CARBONO NA ATMOSFERA QUANTO A AÇÃO ANTROPOGÊNICA. TODO ESSE GÁS CARBÔNICO PASSOU A SER LIBERADO NA ATMOSFERA A PARTIR DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL, DEVIDO À GERAÇÃO DE ENERGIA ATRAVÉS DE COMBUSTÃO PARA O FUNCIONAMENTO DE MÁQUINAS, E MAIS TARDE DO AUTOMÓVEL. ATUALMENTE, OS MAIORES RESPONSÁVEIS PELAS EMISSÕES DE GEE NO MUNDO SÃO A CHINA EM PRIMEIRO LUGAR, OS EUA EM SEGUNDO E A UNIÃO EUROPÉIA EM TERCEIRO. O BRASIL OCUPA UMA CONFORTÁVEL POSIÇÃO EM 18º LUGAR DEVIDO AO USO DE FONTES DE ENERGIA LIMPAS, COMO AS HIDROELÉTRICAS E O ETANOL. PORÉM, DEIXA A DESEJAR QUANDO O ASSUNTO É O USO DA ENERGIA COM EFICIÊNCIA. O DESAFIO DA HUMANIDADE HOJE É PESQUISAR E DESENVOLVER NOVAS FORMAS DE GERAR ENERGIA QUE NÃO DEPENDAM DO PETRÓLEO E NÃO LIBEREM CO2 NA ATMOSFERA.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 29 - ESPECIAL FACULDADE SÃO FRANCISCO

    Convidados: Décio Pignatari e Lygia Fagundes Telles •Lygia: Você é uma escritora em que o tema da memória é fundamental. Como a experiência de estudar aqui na São Francisco marcou suas memórias e sua ficção? •Décio: No livro Errâncias, você faz uma colagem de lugares e artistas que marcaram sua vida (como Alfredo Volpi, Tarsila do Amaral, Ezra Pound e os compositores Luigi Nono e Rogério Duprat). A São Francisco deixou algum traço no seu imaginário poético? O fato de ter vindo de um bairro operário, em Osasco, o tornava um peixe fora d’água? •Lygia: Foi nesse ambiente que conheceu Mário e Oswald de Andrade e Paulo Emílio Sales Gomes? Como foi sua participação na Academia de Letras da Faculdade e colaboração com os jornais Arcádia e A Balança? •Décio: Foi aqui que conheceu os irmãos Campos? Como surgiu a identificação entre vocês? •Lygia: Você começou a escrever no auge do regionalismo e foi (ao lado de Clarice Lipector) uma precursora da prosa urbana das décadas seguintes. Você pensava em produzir uma guinada na prosa brasileira? •Décio: A poesia concreta foi uma reação à geração de 45? Como foi sua participação no Clube Poesia (que reunia poetas dessa geração), pelo qual publicou seu livro de estreia, O Carrossel? •Lygia: Seus romances são mais realistas e seus contos muitas vezes derivam para o fantástico ou para o alegórico (como “A Caçada”, em que a personagem penetra numa velha tapeçaria, ou “Seminário dos Ratos”, em que os roedores invadem uma cúpula de burocratas). O tema determina a forma ou a forma define o modo de representar? Como é seu processo de criação? •Décio: Como se deu o “salto participante” da poesia concreta, baseado no dito do poeta russo Maiacóvski: “sem forma revolucionária não há arte revolucionária”? •Lygia: Você se considera uma escritora política? •Décio: Que diferença há entre a fase da revista Noigandres e da revista Invenção? Foi a passagem de uma fase mais experimental para outra mais militante? •Lygia: De que maneira o convívio com o grupo da revista Clima influenciou seu trabalho? •Décio: Falando dessa relação com grandes escritores do passado, vocês dois têm livros que partem da obra de Machado de Assis: o roteiro Capitu, da Lygia, e a peça Céu de Lona, do Décio. Por que esse retorno a Machado? •Lygia: pedir para falar sobre o roteiro Capitu. •Décio: Depois de Poesia Pois É Poesia você passou a escrever prosa e teatro. Como o poeta está presente nesses livros? Haverá continuação do projeto teatral iniciado por Céu de Lona? E como surgiu Bili com Limão Verde na Mão?

  • 12:30SR. BRASIL

    SR. BRASIL 548

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 16/04/2018 - CÂNCER PREVENÇÃO

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 15

    PROGRAMA 15 VT CONCERTO DE BANGLADESH A PEDIDO - VARIG VT BAURU - aniversário da cidade e história do lanche VT JORGE AMADO - em Agosto deste ano Jorge Amado faria 99 anos VT MUSA SÔNIA BRAGA VT ENCERRAMENTO DORIVAL CAYMMI - MPB Especial 1972

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    ENCONTROS E DESENCONTROS

    DARCY RIBEIRO REFLETE SOBRE OS ENCONTROS E DESENCONTROS,NO TERRITORIO HOJE BRASILEIRO,DAS NOSSAS TRES GRANDES MATRIZES, E DO INICIO DA AVENTURA CHAMADA BRASIL."POVO NOVO E COMO O BRASIL,E UM GENERO NOVO.UM POVO MESTICO NA CARNE E NO ESPI - RITO E,COMO TAL,HERDEIRO DE TODAS AS TARAS E TALENTOS DA HUMANIDADE". O PROGRAMA RTAZ IMAGENS ORIGINAIS CAPTADAS NO SUL DA BAHIA. IMAGENS DE DANCAS POPULARES FILMADAS PELA "MISSO DE PESQUI - SAS FOLCLORICAS",DE MARIO DE ANDRADE,EM 1938.TRECHSO DE FIL- MES CLASSICOS DE HUMBERTO MAURO.TRECHOS DO BALET BENGUELE,DO GRUPO CORPO.TEXTOS DE GILBERTO FREYRE,ENTRE OUTROS.TOM ZE FA LA TRECHOS DA CARTA DE PERO VAZ DE CAMINHA E DE TEXTO DE MI- GUEL DE CERVANTES.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    TECNOLOGIA NA ESCOLA

    Tecnologia na escola. Algo positivo ou negativo? Já que o mundo tecnológico chegou para ficar, como as escolas devem se adaptar? Sabemos que a internet pode ser fonte inesgotável de informação, mas é preciso saber pesquisar. E o que dizer do celular em sala de aula? Marcos Pollo explica a importância das aulas de robótica, que agora estão também nas escolas públicas. A aula de robótica pode ajudar em várias disciplinas. Eliane contou como a escola se tornou mais interessante com a robótica. Ele mostrou dois “robôs” feitos por alunos para ilustrar o programa. Participação de telespectadoras no quadro papo de rua.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 33 ENSINO NOTURNO - 16/10/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS CONVERSAR SOBRE O ENSINO NOTURNO.// NO BRASIL, MILHÕES DE ALUNOS SÓ TÊM ESSE HORÁRIO PARA ESTUDAR E CONSEGUIR O SONHADO DIPLOMA DO ENSINO MÉDIO./ MAS AS ESCOLAS PÚBLICAS NÃO TÊM CUMPRIDO SEU PAPEL EM RELAÇÃO A ESSES ESTUDANTES.// VAMOS TENTAR ENTENDER PORQUÊ.// NOSSA CONVIDADA É A EDUCADORA ROSE NEUBAUER.

  • 15:30DOC TV II

    AS VILAS VOLANTES (CE)

    Há quinze anos atrás li a dissertação de mestrado de um amigo que tinha o seguinte título: As vilas volantes, o verbo contra o vento. Tratava-se de uma tentativa de trazer para os estudos sociológicos uma escuta poética, através das narrativas orais. Cinco pequenas cidades do litoral norte cearense analisadas a partir da fabulação de seus habitantes. Desde então dou voltas em torno desse tema, tentando encontrar uma forma audiovisual possível. O termo vilas volantes apareceu na boca de um dos entrevistados, e faz referência a essas pequenas vilas que vão mudando de lugar, fugindo da ação dos ventos, que desloca dunas inteiras cobrindo casas, ruas e as vezes cidadelas inteiras. Isso já seria motivo de um trabalho amplo, mas nossa intenção é usar esse fenômeno como cenário para encontrarmos nossos personagens, os contadores de história, mestres da narrativa oral, que funcionam como mediadores e intérpretes da consciência e da memória coletiva, armazenada em pequenas histórias que tem a força daquelas sementes que mesmo depois de séculos, mantém intactas a capacidade de germinar. Esses habitantes desses minúsculos munícipios brasileiros, apartados das políticas públicas criam uma sociabilidade própria, constituida na pesca, no trabalho artesanal, no pequeno comércio nas relações de parantesco, numa comunidade de sentido compartilhada, matriz privilegiada para analisarmos o engendramento das narrativas orais.Esse trabalho propõe uma ensaio audiovisual, construindo imagens que funcionem como canais de acesso a uma experiência do imaginário sonoro e imagético que atravessa o universo dos contadores de história em torno de cinco pequenas vilas pesqueiras do litoral norte do estado.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA IV

    CRAZY LITTLE THING CALLED LOVE (QUEEN) QUINTA

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 10 - CONDEPHAAT - BENS TOMBADOS NO INTERIOR

    O Condephaat, Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo completa 50 anos. Hoje o nosso programa viaja para o interior de São Paulo, nas cidades de Jundiaí e Paranapiacaba. Lá, nossos apresentadores mostram que os patrimônios históricos fazem parte da construção e memória dessas e de muitas cidades do Estado.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    CIÊNCIAS 46 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 46 você verá que as leveduras são microorganismos que existem no fermento biológico e que a fermentação é um processo realizado por seres vivos. Saberá que grandes quantidades de microorganismos podem ser criadas nos biodigestores e que alguns seres vivos não realizam a respiração, pois eles obtêm energia para viver através da fermentação

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    QUÍMICA 5 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você verá que a água da torneira e a água do poço não são puras, pois têm substâncias dissolvidas. Além disso, entenderá porque toda solução é uma mistura, mas nem toda mistura é uma solução.

  • 17:30CURSOS LIVRES: O MUSEU PAULISTA E A HISTÓRIA DE SÃO PAULO

    AS FORMAS DE MORAR EM SÃO PAULO NOS SÉCULOS XVIII E XIX

    A HISTORIADORA MARIA APARECIDA DE MENEZES BORREGO ANALISA O DESENVOLVIMENTO URBANO DE SÃO PAULO DESDE A ELEVAÇÃO DA VILA À CATEGORIA DE CIDADE, EM 1711, ATÉ AS PRIMEIRAS DÉCADAS DO SÉCULO XIX. ATRAVÉS DA HISTORIOGRAFIA SOBRE SÃO PAULO E DE OBJETOS COLONIAIS PRESENTES NA ÁREA EXPOSITIVA DO MUSEU PAULISTA, A PROFESSORA TRAÇA UM RETRATO DE COMO ERAM OS INTERIORES DOMÉSTICOS DAS CASAS PAULISTANAS DO PERÍODO COLONIAL. A PALESTRA FAZ PARTE DO CURSO LIVRE "O MUSEU PAULISTA E A HISTÓRIA DE SÃO PAULO", ORGANIZADO PELO MUSEU PAULISTA EM AGOSTO DE 2011 PARA COMEMORAR OS 300 DA ELEVAÇÃO DE SÃO PAULO A CIDADE E COORDENADO PELA PROFA.DRA. CECÍLIA HELENA DE SALLES OLIVEIRA.

  • 18:30REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1300

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE, VOCÊ ACOMPANHA O DRAMA DAS PESSOAS QUE SÃO OBRIGADAS A ABANDONAR SEU PAÍS DE ORIGEM PARA FUGIR DA GUERRA E DA VIOLÊNCIA. CONHEÇA TAMBÉM A IMPORTÂNCIA DOS RIOS VOADORES DA AMAZÔNIA. E AINDA , OS SERES HUMANOS COMPROMETEM CADA VEZ MAIS A CAPACIDADE DA TERRA DE SE REGENERAR. ESTUDOS MOSTRAM QUE SERIAM NECESSÁRIOS MAIS DE 2 PLANETAS PARA MANTER O ATUAL PADRÃO DE CONSUMO INSUSTENTÁVEL. CIENTISTAS EXPLICAM QUE PRESERVAR A MAIOR FLORESTA TROPICAL DO MUNDO GARANTE AS CHUVAS NAS REGIÕES SUL, SUDESTE E CENTRO-OESTE DO PAÍS. E O BRASIL É UM DOS DESTINOS DOS IMIGRANTES QUE BUSCAM UMA NOVA CHANCE DE VIDA.

  • 19:00REPORTAGEM ESPECIAL

    TELESCÓPIOS DOS ANDES CHILENOS GEMINI SUL E SOAR

    A UNIVESP TV FAZ UMA VISITA AOS TELESCÓPIOS GEMINI SUL E SOAR - SIGLA DE SOUTHERN ASTROFYSICAL RESEARCH TELESCOPE -, LOCALIZADOS EM CERRO PACHÓN, UMA MONTANHA DA CORDILHEIRA DOS ANDES, NO NORTE DO CHILE, A 2700 METROS ACIMA DO NÍVEL DO MAR. O BRASIL FOI O MAIOR INVESTIDOR DO SOAR, INAUGURADO EM 2004, E TEM DIREITO A CINQUENTA NOITES DE OBSERVAÇÃO POR ANO. OS OUTROS PARCEIROS SÃO CHILE E ESTADOS UNIDOS. A EQUIPE ACOMPANHOU DUAS NOITES DE ATIVIDADES NA SALA DE CONTROLE REMOTO DO OBSERVATÓRIO. O OBJETIVO FOI MOSTRAR O TRABALHO DOS ASTRÔNOMOS BRASILEIROS RESIDENTES NO SOAR. ELES ATENDEM PEDIDOS DE COLEGAS DO BRASIL PARA OBSERVAR ESTRELAS E GALÁXIAS.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    ARLETE MONTENEGRO

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:30TELECONTO

    PUÇANGA 4

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    FLORILEGIO

    MADAME RENE E SEUS ARTISTAS APRESENTAM O ESPETÁCULO "FLORILÉGIO" BASEADO NO LIVRO "Florilegio da poesia brazileira: ou, collecção das mais notaveis composições dos poetas brasileiros falecidos" de Francisco Adolfo de Varnhagen (Visconde de Porto Seguro). Enquanto o espetáculo acontece, nos bastidores ficamos sabendo das paixões e problemas do elenco, e na platéia a crise pessoal de um cliente melancólico.

  • 22:00RETRATOS DE FÉ

    RETRATOS DE FÉ - 16 - CANDOMBLÉ - TEMP I

    Em Salvador, Bahia, “Retratos de Fé” visita o terreiro do Gantois, fundado em 1849, onde Mãe Ângela destaca a trajetória do Candomblé e explica costumes e tradições da religião secular. Em Olinda, Pernambuco, um Oxaguian de 17 anos, descreve seu dia-a-dia no candomblé, apresenta o terreiro e faz uma apresentação de afoxé. Em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, um praticante conta o que mudou na sua vida depois que fez santo em uma comunidade de terreiro.

  • 22:30ROTA DA INOVAÇÃO II

    ROTA DA INOVAÇÃO II - EPISÓDIO 08

    O episódio 8 de Rota da Inovação dá continuidade ao 7, revelando ainda mais sobre a função e o trabalho das mulheres no Vale do Silício. Clodoaldo Araujo conversa com Megan Ramies, diretora sênior de relações internacionais e institucionais da Plug and Play, que conta a história da empresa desde sua fundação. A Plug ansd Play é uma empresa que implanta mais de 50 programas de aceleração para a indústria pelo mundo todo, otimiza a inovação de mais de 250 das maiores corporações industriais do mundo e investe em mais de 260 companhias por ano. Em seguida entrevista Margarise Correa, fundadora e Ceo da Bay Brazil. Margarise Correa é auma jornalista brasileiro que emigrou para o Vale do Silício no final da década de 1990 e foi a única brasileira nomeada Mulher de Mais Influência pelo prestigiado Silicon Valley Business Journal.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 24/10/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    FIJI: MULHERES EM CARREIRAS NÃO CONVENCIONAIS

    AS MULHERES QUE HOJE OCUPAM CARGOS E PROFISSOES,QUE ANTES E- RAM EXCLUSIVAS DOS HOMENS, COMO POR EXEMPLO VETERINARIAS E POLICIAIS.

  • 00:10VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 06:50VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    GEOGRAFIA 33 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Na teleaula 33 vamos estudar as tentativas de integração econômica entre países da América Latina e ver quais as diferenças e semelhanças que existem entre esses países e como elas podem facilitar ou dificultar o processo de integração; vamos ver, também, que a América Latina está dividida em várias regiões.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    SOCIOLOGIA 5

    Na última teleaula de Sociologia veremos que a globalização reflete-se em vários aspectos da vida das pessoas e afeta bastante as sociedades contemporâneas. A globalização é um fenômeno muito importante a ser estudado pela Sociologia, pois é responsável por uma boa parte das transformações sociais pelas quais o mundo contemporâneo vem passando. Veremos que a globalização possui efeitos positivos e negativos; e que ela tem reflexos na economia, na cultura e na política das sociedades contemporâneas. Veremos também, o impacto que as tecnologias da comunicação têm na vida das pessoas na sociedade. Aprenderemos que o global pode fortalecer o local e o local enriquecer o global.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 40

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    ÁFRICA

    A África é o continente que reúne os mais antigos testemunhos do homem sobre a terra. Sua diversidade cultural, étnica e natural e que se expressam por meio de centenas de grupos, sistemas de poder, religiões e tecnologias – como a fundição de metais há mais de cinco mil anos – reforçam a importância desta rica diversidade a ser preservada. Neste sentido o que as nossas escolas podem fazer ou já vem fazendo? O que é sabido é que ao resgatar este passado, a população brasileira, além de salvar a si mesma, poderá efetivamente solidarizar-se com a Mãe África e fazer, assim sua parte. QUADROS 1 - GRANDE REPORTAGEM: Neste programa o Almanaque Educação aborda a relação África-Brasil por meio da onda dos cabelos Black. Numa visita ao centro de São Paulo, fomos conversar com a cabeleireira Rúbia, dona de um dos salões de cabelos Black mais tradicionais na capital. No palco, Sandra de Sá e os Meninos do Morumbi dão um colorido especial aos cabelos, com ritmo e alegria genuinamente afro-brasileiros. Trancinhas de raiz, ‘dreads’, apliques... os penteados cheios de estilo transbordam também personalidade, auto-estima e conscientização. 2. TELEJORNAL: Informações curiosas relativas ao tema. 3. GAME : Capitais da África! 4. PEQUENAS HISTÓRIAS PARTICULARES: Paraibano de Catolé do Rocha, o cantor e compositor Chico César reforça as relações África-Brasil por meio do seu trabalho artístico e ficou conhecido por um visual irreverente e autêntico. No Almanaque Educação, o artista conta histórias da sua infância no interior da Paraíba, como a música passou a fazer parte de sua vida e como as raízes africanas influenciam seu trabalho. Bibliografia do programa • Cultura em movimento – Matizes africanas e ativismo negro no Brasil – volume 2 - Coleção Sankofa • Matizes africanas da cultura brasileira, org. Elisa Larkin Nascimento, Ed. Summus.

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 152

    O Entrelinhas destaca um acontecimento histórico que teve grande impacto sobre a cultura contemporânea: a Revolução do Irã, ocorrida há 30 anos. O programa conversou com a escritora brasileira Marcia Camargos: ela é autora do romance-reportagem A Travessia do Albatroz – Amor e fuga no Irã dos aiatolás (sobre a história real de um refugiado político) e recentemente esteve no país dos aiatolás. “Eles não gostam do governo do atual presidente, mas por outro lado admiram muito a política externa do Irã, esse enfrentamento contra o grande império norte-americano. E as efígies tanto dos heróis da guerra contra o Iraque quando dos aiatolás Khomeini e Khamenei estão presentes em todos os locais públicos das cidades iranianas, como se eles fosse os grandes irmãos, que estão de olho, dizendo ‘estamos aqui, isso é uma sociedade religiosa, islâmica, fundamentalista’. E não vai mudar tão cedo. Eu acho muito difícil.” O Entrelinhas também entrevistou Vera do Val, uma paulista que transformou a Amazônia em cenário de sua obra ficcional e ganhou o prêmio Jabuti com o livro de contos Histórias do Rio Negro.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    A LINGUAGEM DA CRÔNICA

    Bloco 1 Felipe e Tininha falam da vontade de escrever crônicas. O quadro “Etimologia” traz a origem do substantivo “crônica”. O Povo Fala responde a enquete: - qual seu cronista preferido? Você tem alguma crônica de sua preferência? Você já escreveu alguma crônica? Trecho da canção “Cotidiano n. 2”, de Vinicius de Moraes e Toquinho, ilustra o tema. O quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA traz para a cena o verbo fazer com sentido de tempo decorrido. Neste caso, ele deve ficar no singular. Assim temos os seguintes exemplos: Faz três anos; fazia três semanas. Felipe Reis entrevista populares para saber se gostam de “jogar uma pelada”. O quadro “Curiosidades” traz o significado da expressão: ”jogar uma pelada”. Bloco 2 O Jornal Nossa Língua traz um trecho baseado numa crônica de Nelson Rodrigues, do livro “A pátria de chuteiras”, que fala sobre Pelé, na interpretação de Felipe Reis. Trecho do filme/documentário “Pelé Eterno”, direção de Aníbal Massaini Neto. Tininha entrevista o cronista esportivo José Roberto Torero sobre a arte de escrever crônicas. Ele lê trecho da crônica que escreveu sobre Pelé. Trecho do curta-metragem “Uma História de Futebol” sobre o jogador Pelé, direção de Paulo Machline. Bloco 3 O quadro Leitura traz um trecho da crônica “A mulher que ia navegar”, de Rubem Braga, na interpretação de Tininha Mello, Felipe Reis e elenco. Felipe Reis entrevista o professor de literatura, Fernando Marcílio Lopes Couto sobre a crônica de Rubem Braga. Tininha interpreta trecho do poema “O amor acaba”, de Paulo Mendes Campos. A canção “Devolva-me” (Renato Barros / Lílian Knapp), na interpretação de Adriana Calcanhoto, ilustra o tema. Tininha pergunta às pessoas sobre qual a melhor maneira de lidar com o término de um relacionamento? E se a literatura, a música, as crônicas podem ajudar a superar momentos difíceis.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    REGIS PRADO BARBOSA E MARY INEZ GALVÃO (27/08)

    TORNAR O ENSINO MÉDIO ATRAENTE PARA OS JOVENS NÃO É TAREFA FÁCIL. O ASSUNTO É DISCUTIDO HÁ TEMPOS PELOS PESQUISADORES E CONGRESSISTAS, QUE PROPÕE MUDANÇAS NO CURRÍCULO E UMA FORMAÇÃO VOLTADA A DESPERTAR NO ALUNO O INTERESSE PELAS DISCIPLINAS QUE FUTURAMENTE O AJUDARÃO A ESCOLHER O CURSO SUPERIOR E A PROFISSÃO. SOBRE ESTE TEMA O EDUCAÇÃO BRASILEIRA ENTREVISTA MARY INEZ GALVÃO, PROFESSORA DE QUÍMICA E FÍSICA DA ESCOLA ESTADUAL REVERENDO TERCIO MORAES PEREIRA, REGIS BARBOSA, DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MATEMÁTICA E PROFESSOR DE UMA ESCOLA PARTICULAR, E GABRIEL VICELLI, ALUNO DE ENSINO MÉDIO MEDALHISTA NAS OLIMPÍADAS DE MATEMÁTICA DO CONE SUL.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    SUICÍDIO

    Suicídio: um ato complexo, presente em nosso meio que merece mais atenção. Com grande impacto social e econômico, o suicídio é considerado um sério problema de saúde pública. No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, 32 pessoas tiram a própria vida diariamente, colocando o país como oitavo colocado no mundo em taxas de suicídio. Neste educativo, vamos abordar o tema e como podemos ajudar uma pessoa que pensa em se suicidar.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    26 - SAÚDE DA FAMÍLIA

    A família como centro fundamental de atenção às ações de saúde. Para debater esse assunto, Guilherme Wagner, superintendente de Atenção Primária da SMS - Rio de Janeiro, Sonia Regina, conselheira distrital de saúde, e Vanessa Barcellos, agente comunitária de saúde da SMS - Rio, são os convidados do programa.

  • 10:45CULTURA É CURRÍCULO II

    JARDIM ZOOBOTANICO DE FRANCA

  • 11:00CURSOS LIVRES: MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL (LEGENDADO)

    IMPACTOS DAS EMISSÕES DE GEE (LEGENDADO)

    NESTA 5ª E ÚLTIMA AULA DO CURSO SOBRE "MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL", O PROFESSOR BRITO APRESENTA OS IMPACTOS CAUSADOS PELAS EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA, QUE RESULTAM EM UM INQUESTIONÁVEL AQUECIMENTO GLOBAL. TAIS IMPACTOS, ILUSTRADOS POR IMAGENS E GRÁFICOS DURANTE A AULA, VÃO DESDE O DEGELO DAS CALOTAS POLARES E O CONSEQÜENTE AUMENTO DO NÍVEL DOS OCEANOS, ATÉ A MUDANÇAS CLIMÁTICAS CAPAZES DE PREJUDICAR A AGRICULTURA OU FAVORECER O AUMENTO DE MOSQUITOS E A TRANSMISSÃO DE DOENÇAS. O PROFESSOR EXPLICA AINDA COMO FUNCIONA O TRABALHO DO IPCC (INTERGOVERNMENTAL PANEL ON CLIMATE CHANGE) PAINEL INTERGOVERNAMENTAL DA MUDANÇA CLIMÁTICA. E, POR FIM, SÃO APRESENTADAS AS PROVIDÊNCIAS QUE PODEM SER TOMADAS PARA REDUZIR AS EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA, E QUE DEPENDEM DE UM GRANDE AVANÇO NO ACORDO ENTRE OS PAÍSES E TAMBÉM DE PESQUISAS CIENTÍFICAS E TECNOLÓGICAS PARA DESCOBRIR MANEIRAS DE PRODUZIR ENERGIA QUE NÃO CAUSEM EMISSÃO DE GÁS CARBÔNICO PARA A ATMOSFERA.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 30

    Convidados: Frederico Barbosa e Silviano Santiago •Silviano Santiago: Você é considerado o introdutor do romance pós-moderno no Brasil, com Stella Manhattan e em Em liberdade. Você concorda? E o que são afinal moderno e pós-moderno? •Frederico Barbosa: Você normalmente é associado ao concretismo, considerado o último momento do modernismo brasileiro – mas que ao mesmo tempo deságua na Tropicália. Existe na poesia brasileira essa tensão entre moderno e pós-moderno? (Lembrar do livro Poesia Concreta Brasileira, de Gonzalo Aguilar) •Silviano Santiago: Em Liberdade e Viagem ao México partem de autores reais (Graciliano e Artaud); esses romances são um exercício de estilo ou uma forma de ler esses autores a contrapelo, contra a tradição moderna? •Frederico Barbosa: Falando no Chico Buarque, ainda se coloca a discussão sobre o caráter literário da MPB? •Para ambos: Voltando à pergunta do Rodrigo Lacerda, a discussão sobre identidade nacional ainda tem validade? •emendar na pergunta do Rodrigo: Escolhas diferentes (de pai e filho) dos momentos da poesia de João Cabral. •Silviano Santiago: A crítica é um gênero literário? Você se coloca na contramão da crítica hegemônica no Brasil (formalista de um lado, sociológica de outro)? •Frederico Barbosa: Existe gesto crítico na poesia para além da própria poesia, uma crítica voltada para a sociedade, a história etc.? •Silviano Santiago: No prefácio de Nas malhas da letra, você afirma que seus ensaios são “de maneira sutil – e talvez por isso mesmo envergonhada – comentários” aos seus livros de criação. O que a crítica não enxergou em seus livros? •Silviano Santiago: Embora você se debruce mais sobre a prosa, no ensaio O assassinato de Mallarmé (de Uma literatura nos trópicos), você faz uma crítica severa a poetas dos anos 70 (geração mimeógrafo) dizendo que “o ovo de Colombo dos jovens é que o livro pode ainda ser um objeto mercadoria”. A atual explosão de blogs e revistas independentes reedita essa poesia midiática? •Frederico Barbosa: Como diretor da Casa as Rosas, como você vê essa onda de festas literárias, eventos e ações da internet? •Silviano Santiago: Como a globalização altera a perspectiva latino-americana de representar a realidade e de se apropriar da tradição literária?

  • 12:30BRASIL TOCA - CHORO

    BRASIL TOCA - CHORO - 10 - NOVAS LINGUAGENS

    Com o tema Novas Linguagens, este programa traz interpretações de músicas dos compositores Hamilton de Holanda, Mauricio Carrilho, Toninho Ferragutti e Nailor Proveta, entre outros.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - RELÓGIO BIOLÓGICO

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 16

    SINOPSE PGM 16 VT DIA TV VT NILTON TRAVESSO VT OFICIO RESTAURADOR DE QUADROS VT FIDEL CASTRO - 85 anos de nascimento VT ENCERRA/CUBANOS - Banda Azúcar e Conexión Caribe Companhia de Dança

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    BRASIL CRIOULO

    "NEGRO ERA COMO CARVAO:UM SACO DE CARVAO ACABOU,VOCE COMPRA OUTRO..."DIZ DARCY RIBEIRO NO INICIO DESTE,QUE E O PRIMEIRO DOS CINCO PROGRAMAS SOBRE OS "BRASIS".O PROGRAMA POE EM PERS PECTIVA A REGIAO CULTURAL QUE ELE CHAMA DE CRIOULA - BAHIA, RIO DE JANEIRO,PERNAMBUCO,MARANHAO,REGIAO FORTEMENTE MARCADA PELA PRESENCA NEGRA.FALA DE SUA OPULENCIA E DECADENCIA. COM FILMAGENS REALIZADAS EM SALVADOR,NO RECONCAVO BAIANO,EM OURO PRETO E RIO DE JANEIRO,O PROGRAMA CONTA AINDA COM RICO MATERIAL FILMICO - DOCUMENTARIOS E FICCAO - PESQUISADO EM ARQUIVOS BRASILEIROS:NELSON PERREIRA DOS SANTOS,O TAMBOR DE MINA FILMADO PELA "MISSAO DE PESQUISAS FOLCLORICAS",DE MARIO DE ANDRADE.DORIVAL CAYMMI E CHICO SCIENCE.CARLOTA E NELSON SARGENTYO.CANDOMBLE E FUNK.CLEMENTINA DE JESUS E SUA RECEITA DE FEIJOADA.DESENHOS DE CARYBE.TEXTOS DE CAMARA CASCUDO E GILBERTO FREYRE.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    VERRUGAS

    É sempre bom a gente ficar reparando na pele das crianças para notar o surgimento de pintas ou verrugas. Há vários tipos de verruga e elas podem aparecer em qualquer parte do corpo, inclusive em crianças pequenas. Dermatologista explicou o que são as verrugas e a diferença com pintas. Comentou sobre receitas caseiras e também respondeu dúvida de telespectadora. Cintia explicou que a verruga da filha desapareceu. Damaris falou de medidas nas escolas para evitar contagio.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 34 PAIS INCENTIVAM - 17/10/2018

    NO PROGRAMA DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS CONVERSAR SOBRE A EDUCAÇÃO QUE DEVE VIR DE CASA./ PORQUE NADA EDUCA TÃO BEM QUANTO O EXEMPLO DOS PAIS./ NOSSA CONVIDADA PARA FALAR SOBRE ESSE ASSUNTO É GUIOMAR NAMO DE MELLO - EDUCADORA E INTEGRANTE DO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

  • 15:30DOC TV II

    HISTÓRIA BRASILEIRA DA INFÂMIA - PARTE UM (AL)

    História Brasileira da Infâmia – Parte um, propõe novas visões sobre a história que conhecemos a pelo menos 450 anos, onde o primeiro bispo do Brasil, Dom Pedro Fernandes Sardinha, e outros 90 integrantes da comitiva foram devorados pelos terríveis índios Caetés, num ritual antropofágico, perpetuando dentro do imaginário brasileiro a saga dos colonizadores civilizados contra os selvagens canibais que aqui viviam. Esta é a versão linear do episódio, reproduzida nas cartilhas escolares. No entanto, o episódio representou, para Coroa Portuguesa, o motivo estratégico que faltava para o plano “civilizador”, avançando num dos maiores genocídios da História mundial. Os cálculos mais recentes indicam que 8,5 milhões de nativos viviam no território nacional em 1500. Na época da independência, em 1822, a população brasileira não ultrapassava 3 milhões de pessoas. Hoje, no Brasil, vivem cerca de 345 mil índios, distribuídos entre 215 sociedades indígenas, que representa cerca de 0,2% da população tupiniquim.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA IV

    CRAZY LITTLE THING CALLED LOVE (QUEEN) SEXTA

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 11 - CONDEPHAAT - CONSERVATÓRIO DRAMÁTICO MUSICAL E VIRADO A PAULISTA

    CONDEPHAAT: Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico. O nome é comprido e pode assustar. Mas o que não assusta mesmo são as inúmeras obras espalhadas pela cidade conservadas por este senhor cinquentão, o CONDEPHAAT. Na verdade o CONDEPHAAT completa 50 anos de existência. Por isso Territórios Culturais e seus apresentadores vão conferir de perto o trabalho dessa importante instituição da cultura do nosso Estado.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    GEOGRAFIA 33 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Na teleaula 33 vamos estudar as tentativas de integração econômica entre países da América Latina e ver quais as diferenças e semelhanças que existem entre esses países e como elas podem facilitar ou dificultar o processo de integração; vamos ver, também, que a América Latina está dividida em várias regiões.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    SOCIOLOGIA 5

    Na última teleaula de Sociologia veremos que a globalização reflete-se em vários aspectos da vida das pessoas e afeta bastante as sociedades contemporâneas. A globalização é um fenômeno muito importante a ser estudado pela Sociologia, pois é responsável por uma boa parte das transformações sociais pelas quais o mundo contemporâneo vem passando. Veremos que a globalização possui efeitos positivos e negativos; e que ela tem reflexos na economia, na cultura e na política das sociedades contemporâneas. Veremos também, o impacto que as tecnologias da comunicação têm na vida das pessoas na sociedade. Aprenderemos que o global pode fortalecer o local e o local enriquecer o global.

  • 17:30DOCUMENTÁRIOS

    DARWIN NOS ANDES

    DARWIN NOS ANDES SEGUE OS PASSOS NA AMÉRICA DO SUL DO HOMEM QUE FORMULOU A TEORIA DA SELEÇÃO NATURAL A E DESVENDOU A ORIGEM DAS ESPÉCIES. A REPORTAGEM INVESTIGA A PASSAGEM DE CHARLES DARWIN PELA REGIÃO DE MENDOZA, NA ARGENTINA, E MOSTRA A LENTA CONCEPÇÃO DA TEORIA SOBRE A ORIGEM DAS ESPÉCIES.

  • 18:30MUSICAIS UNIVESP

    PADRE VIEIRA: DO TEJO AO AMAZONAS

    APRESENTAÇÃO MUSICAL DE TRECHOS DOS SERMÕES DO PADRE ANTONIO VIEIRA SOBRE POLITICA, RELIGIÃO E COSTUMES DA ÉPOCA. O PADRE ANTONIO VIEIRA É CONSIDERADO O ¿IMPERADOR DA LÍNGUA PORTUGUESA¿ SEGUNDO FERNANDO PESSOA. EM UMA ÚNICA APRESENTAÇÃO NO MIS, UM CORAL GREGORIANO, TENORES E SOPRANOS APRESENTAM UM PROJETO PIONEIRO SOBRE MUSICA, HISTÓRIA E LITERATURA.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    MIRIAM MUNIZ - IN MEMORIAN

  • 20:30TELECONTO

    PUÇANGA 5

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    MARIO DE ANDRADE

    NO CABARET LITERÁRIO UM GRUPO DE AMIGOS FAZ UMA FESTA SURPRESA PARA MÁRIO DE ANDRADE. LÁ, OS AMIGOS O EXALTAM, CANTAM E DECLAMAM SEUS POEMAS. TUDO VAI BEM ATÉ A CHEGADA DE UM HOMEM NÃO CONVIDADO QUE ESTÁ EMBREAGADO. ESTE HOMEM QUESTIONA O TIPO DE POESIA FEITO POR MÁRIO DE ANDRADE.

  • 22:00CAFÉ FILOSÓFICO 2019

    LITERATURA E IDENTIDADE NO BRASIL

    CF 12 - LITERATURA E IDENTIDADE NO BRASIL Com FRED COELHO - historiador Desde o início de nossa formação, as histórias oralmente narradas ou escritas ajudam a compreender o impasse existencial do Brasil: de sermos a única população da América de língua portuguesa... de estarmos nos trópicos, mas obedecermos a um modelo de colonização europeu... de sermos feitos da mistura de povos conquistadores, conquistados e escravizados... O que a literatura produzida no Brasil tem a dizer sobre a identidade do povo brasileiro, sobre a identidade do Brasil enquanto nação? Neste embate entre o que é singular e o que é universal em nós, qual será daqui para frente, o rumo das narrativas literárias , das narrativas que constituem a nossa identidade?

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 25/10/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    ESPANHA: SEXO COM OS ANJOS

    COMO E O TURISMO SEXUAL NA REPUBLICA DOMINICANA,QUE EXPLORA MENINAS DE 13 ANOS.

  • 00:10VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 06:50VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 64 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 64 você verá duas figuras de linguagem: a personificação e a hipérbole, que é muito usada em orações subordinadas adverbiais consecutivas. Também aprenderá os diferentes sentidos da palavra "bom" e conhecerá mais um autor romântico, o poeta Casimiro de Abreu.

  • 08:00AGROCULTURA

    AGROCULTURA - 24

    VOCÊ VAI VER NO PROGRAMA AGROCULTURA DESTA SEMANA: PESQUISA REVELA QUE PEQUENAS PROPRIEDADES, QUE NÃO COMBATEM O GREENNING - PRAGA QUE DEVASTA A CITRICULTURA - COLABORAM COM A MIGRAÇÃO DO INSETO VETOR DA DOENÇA CAUSANDO DANOS A PRODUÇÃO DE FRUTAS CÍTRICAS EM FAZENDAS. PEQUENOS PRODUTORES INVESTEM NA FABRICAÇÃO DE DERIVADOS DO LEITE COMO ALTERNATIVA DE NEGÓCIO PARA CRESCER O FATURAMENTO.

  • 08:30ENERGIA

    ENERGIA 15

  • 09:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    MOMENTO PAPO DE MÃE II - SÁBADO - 73

  • 10:00VAMOS PEDALAR III

    VAMOS PEDALAR III - 08

    No programa de hoje, vamos conhecer o hiBike, o aplicativo que associa a paixão pela bicicleta e um programa de fidelidade que garante recompensas e descontos. Também, o especialista Mario Canna vai nos ajudar a escolher o melhor pedal para a sua bike. No segundo bloco, vamos entrevistar o organizador do Brasil Ride, Mario Roma. Conheceremos a Abraciclo, onde o Vice Presidente João Ludgero nos conta como a sociedade de executivos fundou a empresa. E no ultimo e terceiro bloco, vamos bater um papo com Marcelo Florentino Soares ou mais conhecido como “Mexerica”, o ciclista que simplesmente saiu de Moscou até Vladivostok pelo Red Bull Transiberiano duas vezes.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    27 - ENVELHECER BEM

    A importância dos vínculos afetivos e de hábitos saudáveis, a sexualidade dos idosos e a integração geracional. Para conversar sobre esses temas, as convidadas são a médica e psicanalista da UFRJ e da SBPRJl, Cristina Amendoeira, a médica geriatra da SMS - Rio, Germana Périssé, e a assistente social e gerontóloga, Luiza Machado.

  • 10:45CULTURA É CURRÍCULO II

    MUSEU MUNICIPAL DO FOLCLORE - PENÁPOLIS

  • 11:00LICENCIATURA EM CIÊNCIAS

    MUDANÇAS CLIMÁTICAS

    PROGRAMA PRODUZIDO PELA UNIVESP TV PARA A DISCIPLINA METEOROLOGIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS USP/UNIVESP.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 31

    Convidados: Renato Janine e Jorge Caldeira: • Renato Janine Ribeiro: Você é professor de ética e frequentemente – como a gente viu na apresentação – escreve sobre o lado teatral da representação na política. A moral (ou a falta dela) e a aparência substituíram a ideia de uma transformação mais profunda das relações sociais? • Jorge Caldeira: O retorno às personagens históricas – como vc faz com Mauá e José Bonifácio – e o boom das biografias indica a volta de uma forma personalista de ver história? Ou é uma forma de recuperar histórias não contadas pela historiografia mais voltada para os grandes processos? • Renato Janine Ribeiro: Cornelius Castoriadis, em As Encruzilhadas do Labirinto, fala que a preocupação contemporânea com a ética (com questões como pena de morte, bioética etc.) corresponde à rejeição da “grande política” e a um “fechamento na esfera privada que caracteriza a época e a ideologia individualista”. Você poderia comentar essa crítica? • Renato Janine Ribeiro: Trazendo a conversa para a literatura, você escreveu bastante sobre Stendhal – escritor que contrapõe a energia individual (como o mito de Napoleão) ao materialismo e à hipocrisia burguesa. Hoje a gente não assiste a um retorno dessa forma de ver e fazer política como afirmação da vontade? É isso que faz Lula sobreviver ao PT? • Renato Janine Ribeiro: Como a literatura é fonte para o filósofo e para o historiador? • Jorge Caldeira: Voltando à pergunta do Jurandir, ao escolher uma personalidade secundária como o padre Guilherme Pompeu de Almeida – protagonista de O Banqueiro do Sertão – você pensou nele mais como personagem ou como representante de um processo? • Renato Janine Ribeiro: Existe uma ética na forma de escrever a história, de escolher os temas, os enfoques? (Lembrar da Meta-história de Hayden White.) Quando você escreve sobre a etiqueta, por exemplo, isso tem uma implicação ética? • Renato Janine Ribeiro: A palavra “intelectual” provoca hoje antipatia, quase aversão. Qual o lugar do intelectual na sociedade? • Jorge Caldeira: Você fez um percurso inverso ao do Renato: saiu do jornalismo para os estudos de maior fôlego. O jornalismo perdeu poder de intervenção pública? • Renato Janine Ribeiro: A diferença entre o acadêmico e o intelectual ficou explícita quando vc escreveu na Folha sobre o caso do menino João Helio, em que expôs os impasses éticos em relação à pena de morte. Você poderia comentar o episódio? • Renato Janine Ribeiro: Fala-se hoje de uma nova direita, de um pensamento supostamente menos dogmático (ideológico) e mais pragmático, racionalista. As diferenças entre esquerda e direita se deslocaram para a discussão entre idealismo e realismo? • Jorge Caldeira: Você escreveu sobre personagens históricos que são “empreendedores”, como Mauá e o padre Guilherme Pompeu de Almeida. Isso não vai na direção de um pensamento mais voltado para a ação prática do que para formação de um projeto político? E no caso do José Bonifácio? (Pedir para explicar o portal) • Renato Janine Ribeiro: Na contramão dessa valorização do privado, você tem refletido muito sobre a função da universidade e da pesquisa na vida pública. Como essa discussão se enquadra no governo neoliberal de um presidente de esquerda?

  • 12:30VIOLA, MINHA VIOLA 2018

    ORQUESTRA (VIOLA 2018)

    Programa especial do Viola, Minha Viola com a apresentação de Adriana Farias que mostra participações de grandes orquestras na trajetória do programa. Participaram desse programa: Inezita Barroso, Orquestra de Violeiros de Osasco, Coral Santa Cecília e Coral Caboclo de Osasco, Orquestra de Violeiros de Jacareí, Orquestra de Violeiros de Uberlândia Viola do Cerrado, Orquestra de Violeiros de São Paulo, Orquestra de Viola de Atibaia, Orquestra Cabocla de Campinas, Orquestrinha São Xico de Viola Caipira, Orquestra Paulistana de Viola Caipira e Orquestra Fervorosa.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - SONO ADOLESCENTE

    PARA FALAR SOBRE O SONO NOS ADOLESCENTES, RECEBEMOS O MÉDICO PNEUMOLOGISTA, GERALDO LORENZI FILHO, DIRETOR DO LABORATÓRIO DO SONO DO INSTITUTO DO CORAÇÃO DE SÃO PAULO/ E BENITO LOURENÇO, HEBIATRA DO HOSPITAL DA CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO./

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 17

    SINOPSE PGM 17 VT ENTREVISTA ZECA CAMARGO À PEDIDO - COMERCIAL FUSCA VT MUSA RETRÔ - MARLENE DIETRICH VT ÍCONE FUSCA - 25 ANOS DO PRIMEIRO ENCERRAMENTO DA PRODUÇÃO VT OSCARITO - 105 ANOS DE NASCIMENTO

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    BRASIL SERTANEJO

    DARCY RIBEIRO COMENTA"QUALQUER VAQUEIRO SABE,DE EXPERIENCIA PROPRIA,QUANTO CONTRASTAM AS FACILIDADES DSPONIVEIS PARA SO- CORRER A UM TOURO EMPESTADO COM AS DIFICULDADES QUE ENCONTRA PARA MEDICAR UM FILHO ENFERMO."O PROGRAMA TRAZ IMAGENS ORIGI NAIS FILMADAS EM CANUDOS,UAUA,PETROLINA E SAO PAULO.CONTEM UMA VASTA COLECAO DE IMAGENS RARAS EXTRAIDAS DE ARQUIVOS DI- VERSOS,ENTRE AS QUAIS:LAMPIAO E SEU BANDO,PADRE CICERO,LUIZ GONZAGA E SUA SANFONA.E MAIS:CENAS ESCOLHIDAS DE CLASSICOS COMO "DEUS E O DIABO NA TERRA DO SOL",DE GLAUBER ROCHA,"VI - DAS SECAS", DE NELSON PEREIRA DOS SANTOS,"MEMORIAS DO CANGA- CO", DE PAULO GIL SOARES, ENTRE OUTROS. DESTACA AINDA,VASTA ICONOGRAFIA INEDITA RETIRADA DOS ARQUI - VOS DE LINA BO BARDI.NA MUSICA,ALEM DISSO,TEMOS A BANDA CA - BACAL E OS IRMAOS ANICETO,O FORRO DOS INDIOS CARIRI E MESTRE AMBROSIO.TOM ZE CANTA LUIZ GONZAGA.TEXTOS DE GUIMARAES ROSA, ROGER BASTIDE E EUCLIDES DA CUNHA PONTUAM O PROGRAMA.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    DIREITOS DA GRÁVIDA QUE TRABALHA

    A gestante que trabalha precisa saber dos seus direitos para poder lutar por eles. Por exemplo, a grávida não pode ser demitida durante a gestação nem até 5 meses após o nascimento do bebê. Participam deste Momento Papo de Mãe sobre os direitos da grávida que trabalha a advogada Maria Faiock e a Aline Spadone, grávida de gêmeas. Participação de telespectadora no papo de rua.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 35 ALFABETIZAÇÃO - 18/10/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO , VAMOS CONVERSAR SOBRE ALFABETIZAÇÃO.// UM PROCESSO QUE NÃO SE RESUME A ENSINAR A LER./ AS CRIANÇAS TAMBÉM PRECISAM ENTENDER O SENTIDO DAS FRASES./ E ISSO ENVOLVE IMAGINAÇÃO, CRIATIVIDADE, RACIOCÍNIO LÓGICO.../ NOSSA CONVIDADA É A CONSULTORA EM EDUCAÇÃO, ILONA BECSKEHÁZY.

  • 15:30INGLÊS COM MÚSICA IV

    CRAZY LITTLE THING CALLED LOVE (QUEEN) SÁBADO

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:30PEDRO E BIANCA

    PEDRO E BIANCA - PGM 12

    Pedro e Bianca jogam com sua condição de “filhos de pais separados” para conseguir o que querem. Enquanto Pedro quer dar um “rolê” com o velho carro da família para impressionar a turma, Bianca, instigada por Luara, decide pôr um piercing. A história, porém, não acaba exatamente como os irmãos esperavam. Mas, ao final, mesmo que entre broncas e castigos, Pedro e Bianca sentem novamente o gostinho da família reunida. Zuzu e Edison continuarão separados, mas, por uma noite, os irmãos conseguiram resgatar o clima familiar de que eles tanto sentem falta.

  • 17:00TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 12 - MUSEU DA CASA BRASILEIRA / MIS / MUBE

    Localizados numa região privilegiada de São Paulo, próximo a Avenida Faria Lima, no seu entorno encontramos três museus que fazem parte do nosso imenso território Cultural: O MIS, Museu da Imagem e do Som; o MUBE, Museu Brasileiro da Escultura e o Museu da Casa Brasileira. Neste programa os apresentadores Felipe e Tuti invadem esse territórios culturais e mostram ao telespectador o motivo de todo o sucesso desse trio de cultura junto ao público de São Paulo.

  • 17:15MACKENZIE EM MOVIMENTO

    MACKENZIE EM MOVIMENTO - 65

    Quando a 1ª Guerra Mundial terminou, o mundo estava abalado com a violência que se espalhou por vários países, principalmente pela Europa. Por isso, no segundo capítulo da matéria sobre o conflito, a gente explica como ele terminou e quais foram as consequências que ele deixou. Você vai ver, também, uma matéria sobre uma nova opção de pós-graduação que foi criada para atender as crescentes demandas do mercado de trabalho.

  • 17:30MOSAICOS

    A ARTE DE JOÃO DO VALE

    MOSAICOS – A ARTE DE JOÃO DO VALE Documentário musical revê a trajetória do compositor a parir de diversas imagens do acervo da TV Cultura, com o cantor em apresentações nos programas MPB Especial 1974, Projeto Adoniran 1985, entre outros. Além disso, o programa trás apresentações inéditas de Zeca Baleiro, Feitiço de Mulher e Tião Carvalho interpretando sucessos do cantor dentro dos estúdios da emissora. Para completar, Papete, Zé Américo e Amelinha interpretam músicas e dão seus depoimentos sobre o amigo contestador e espirituoso João do Vale.

  • 18:30JAZZ SINFÔNICA BRASIL

    JAZZ SINFÔNICA BRASIL - PGM02 - TEMPORADA 1 - UTE LEMPER

  • 19:30MINIDOCS - DOCUMENTÁRIOS

    IVAN LINS + RAFAEL ALTERIO

    Os veteranos da música Rafael Altério e Ivan Lins contam histórias de amizade, explicam mais sobre sua música caipira tradicional e emocionam com suas interpretações.

  • 20:00MINIDOCS - SHOWS

    IVAN LINS + RAFAEL ALTERIO (PART. KLEBER ALBUQUERQUE)

  • 21:00SALA DE CINEMA

    TERRA DEU, TERRA COME

    Pedro de Almeida, garimpeiro de 81 anos de idade, comanda como mestre de cerimônias o velório, o cortejo fúnebre e o enterro de João Batista, que morreu com 120 anos. O ritual sucede-se no quilombo Quartel do Indaiá, distrito de Diamantina, Minas Gerais. Com uma canequinha esmaltada, ele joga as últimas gotas de cachaça sobre o cadáver já assentado na cova: “O que você queria taí! Nós não bebeu ela não, a sua taí. Vai e não volta pra me atentar por causa disso não. Faz sua viagem em paz”. Dessa maneira acaba o sepultamento de João Batista, após 17 horas de velório, choro, riso, farra, reza, silêncios, tristeza. No cortejo, muita cantoria com os versos dos vissungos, tradição herdada da áfrica. Descendente de escravos que trabalhavam na extração de diamantes, nas Minas Gerais do tempo do Brasil Império, Pedro é um dos últimos conhecedores dos vissungos, as cantigas em dialeto banguela cantadas durante os rituais fúnebres da região, que eram muito comuns nos séculos 18 e 19. Garimpeiro de muita sorte, Pedro já encontrou diamantes de tesouros que foram enterrados pelos antigos na região de Diamantina. Mas, o primeiro diamante que encontrou, há 70 anos, o tio com quem trabalhava o enterrou e morreu sem dizer onde. Depois disso, viveu sempre em uma sinuca: para reencontrar o diamante só se invocasse a alma de seu tio João dos Santos. “Você precisa ver que botão de mágoa, era um diamante e tanto” Como em um conto de Guimarães Rosa, ao conduzir o funeral de João Batista, Pedro desfia histórias sofisticadas, carregadas de poesia e significados metafísicos, que nos põem em dúvida o tempo inteiro. João Batista tinha pacto com o Diabo? O Diabo existe? Ele está no filme? Estamos sozinhos, ou as almas também estão entre nós? Será que Minas está repleta de tesouros escondidos e almas que pairam a vigiá-los? A atuação de Pedro e seus familiares frente à câmera nos provoca pela sua dramaturgia espontânea, uma potente auto-mise-en-scène. No filme, não se sabe o que é fato e o que é representação, o que é verdade e o que é mentira, o que é cinema e o que é vida, o que é africano e o que é mineiro, brasileiro. E ao sepultar João Batista, Pedro nos aponta a morte eminente de várias tradições africanas que foram parar na região de Diamantina. Ali, ele é o último conhecedor dessas tradições. Depois de passar a vida cantando a despedida dos mortos, como faziam seus ancestrais africanos, ele corre o risco de ser enterrado calado – em silêncio –, ao contrário de uma tradição de séculos.

  • 22:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 12 - MUSEU DA CASA BRASILEIRA / MIS / MUBE

    Localizados numa região privilegiada de São Paulo, próximo a Avenida Faria Lima, no seu entorno encontramos três museus que fazem parte do nosso imenso território Cultural: O MIS, Museu da Imagem e do Som; o MUBE, Museu Brasileiro da Escultura e o Museu da Casa Brasileira. Neste programa os apresentadores Felipe e Tuti invadem esse territórios culturais e mostram ao telespectador o motivo de todo o sucesso desse trio de cultura junto ao público de São Paulo.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 26/10/2019

  • 23:45MATÉRIA DE CAPA

    MATÉRIA DE CAPA 337 - LIBERDADE DE IMPRENSA

    UM FANTASMA PERCORRE O PLANETA. DE NORTE A SUL. DE LESTE A OESTE. O FANTASMA QUE AMEAÇA A LIBERDADE DE EXPRESSÃO. DE UM LADO, GOVERNOS POPULISTAS, À DIREITA E À ESQUERDA, FAZEM CAMPANHAS ABERTAS CONTRA A IMPRENSA LIVRE. OUTROS FECHAM JORNAIS, REVISTAS, EMISSORAS DE RÁDIO E TV, ENQUANTO EM ALGUNS PAÍSES VEÍCULOS INDEPENDENTES NEM CHEGAM A EXISTIR. LEVANTAMENTO DA ORGANIZAÇÃO REPÓRTERES SEM FRONTEIRAS MOSTRA QUE A LIVRE CIRCULAÇÃO DE IDEIAS E DE INFORMAÇÃO ESTÁ SOB PRESSÃO, EM TODO O MUNDO. O GRUPO ATÉ CRIOU UMA CREDENCIAL PARA OS PREDADORES DA IMPRENSA. NOS ESTADOS UNIDOS, AO COMPLETAR MIL DIAS NO GOVERNO, TRUMP BATE NOVOS RECORDES DE MENTIRAS. E MAIS: COMPUTADOR CONSEGUE ESCREVER COMO SE FOSSE UM JORNALISTA E PRODUZ TEXTOS CARREGADOS DE VENENO. NESTA EDIÇÃO DO MATÉRIA DE CAPA.

  • 00:15VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 06:50VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 53 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 53 você vai conhecer uma nova maneira de formar palavras, chamada de composição. Além disso, vai acompanhar a confusão causada por um funcionário que insiste em seguir as instruções do seu chefe.

  • 07:45MACKENZIE EM MOVIMENTO

    MACKENZIE EM MOVIMENTO - 65

    Quando a 1ª Guerra Mundial terminou, o mundo estava abalado com a violência que se espalhou por vários países, principalmente pela Europa. Por isso, no segundo capítulo da matéria sobre o conflito, a gente explica como ele terminou e quais foram as consequências que ele deixou. Você vai ver, também, uma matéria sobre uma nova opção de pós-graduação que foi criada para atender as crescentes demandas do mercado de trabalho.

  • 08:00AGROCULTURA

    AGROCULTURA - 24

    VOCÊ VAI VER NO PROGRAMA AGROCULTURA DESTA SEMANA: PESQUISA REVELA QUE PEQUENAS PROPRIEDADES, QUE NÃO COMBATEM O GREENNING - PRAGA QUE DEVASTA A CITRICULTURA - COLABORAM COM A MIGRAÇÃO DO INSETO VETOR DA DOENÇA CAUSANDO DANOS A PRODUÇÃO DE FRUTAS CÍTRICAS EM FAZENDAS. PEQUENOS PRODUTORES INVESTEM NA FABRICAÇÃO DE DERIVADOS DO LEITE COMO ALTERNATIVA DE NEGÓCIO PARA CRESCER O FATURAMENTO.

  • 08:30ENERGIA

    ENERGIA 16

  • 09:00A ARTE DE VER

    A ARTE DE VER 8

    O programa mostra a arte de admirar e compreender a arte e seus traços. Relata como entender os elementos visuais e o conteúdo de uma obra de arte.

  • 10:00VAMOS PEDALAR III

    VAMOS PEDALAR III - 09

    No programa de hoje, vamos conhecer o festival Blast U, que reúne empreendedores, startups, investidores e muito mais num ambiente colaborativo. Ainda no primeiro bloco, Mario Canna ensina como fazer a regulagem dos câmbios e marchas das bicicletas de 3, 5 e 8 marchas. No segundo bloco, vamos conhecer o atleta profissional de BMX, Cauam Madona Pontes, que conta como iniciou na modalidade, como a bike interfere no lado pessoal e psicológico, as influências, os planos para o futuro profissional e dicas para os que querem adentrar na modalidade. E pra finalizar o segundo bloco, vamos conhecer o fotógrafo e organizador do Pedal da Primavera Vintage, Ivson Miranda, que comanda o evento que reúne ciclistas a circularem no centro histórico de São Paulo, caracterizados com figurino da década de 20. E no ultimo e terceiro bloco, vamos conhecer duas viajantes, Carol Rocha e Cris Irigon, duas jovens que se aventuraram a fazer o caminho de Santiago de Compostela de bicicleta.

  • 10:30VITRINE BRASIL

    VITRINE BRASIL - 11

    HOJE O VITRINE BRASIL VAI ATÉ RIBEIRÃO CLARO NO PARANÁ//BANHADA PELO RIO PARANAPANEMA, A CIDADE RESPIRA HISTÓRIA E AINDA TEM PAISAGENS EXUBERANTES CHEIAS DE MONTANHAS E CACHOEIRAS//A CIDADE DE GOIÁS, VIU A POETISA CORA CORALINA CRESCER, VIRAR DOCEIRA, E, DEPOIS, UMA DAS PERSONALIDADES MAIS IMPORTANTES DO ESTADO DE GOIÁS.// VAMOS CONHECER UM SERVIÇO GRATUITO QUE EXISTE HÁ QUASE 18 ANOS EM SÃO PAULO,INSPIRADO NO FILME "CENTRAL DO BRASIL" , O PROJETO "ESCREVE CARTAS" AJUDA PESSOAS QUE NÃO SABEM LER E ESCREVER.

  • 11:00DESAFIANDO A CIÊNCIA - VIII

    DESAFIANDO A CIÊNCIA - VIII - 02

    Faz 60 anos desde que um médico britânico fez a ligação entre o tabagismo e o câncer de pulmão, e agora parece que finalmente estamos começando a vencer a batalha contra a doença mais cruel da natureza. Liz Bonnin explica como as células se tornam cancerosas ao soprar bolhas de alta tecnologia. Jem Stansfield constrói sua própria arma de radioterapia, Maggie Philbin analisa as últimas drogas, e a equipe é acompanhada por Tommy Walsh, da Ground Force, que examina a triagem de câncer de intestino.

  • 11:30COMO CHEGAMOS ATÉ AQUI

    TEMPO

    Por mais de 3000 anos, o homem confia no sol para determinar o tempo. E não foi há muito tempo que os relógios perdiam até 20 minutos por dia e ninguém notava, mas hoje vivemos em um mundo obcecado pelo tempo, medido e controlado por átomos. Steven visita o submarino UUS Ashville para descobrir exatamente o que representa a falta de luz natural para o dia de trabalho de um marinheiro, e visita Heathrow, o aeroporto mais movimentado do mundo, para ver como é medido o tempo no controle de tráfego aéreo. A história de como nos envolvemos com o tempo é repleta de curiosos pensadores de garagem. Steven nos conta a história de William F. Allen, um funcionário da ferrovia, que estava tão farto do caos causado pelos 8.000 fusos horários locais nos Estados Unidos que lutou com unhas e dentes para padronizar o tempo em todo o país em quatro zonas, revolucionando nossa capacidade de viajar e nos conectar com pessoas de fora de nossa própria cidade. Dos avanços na navegação até o modo como trabalhamos, da tecnologia e das viagens no tempo, nada disso teria sido possível sem os heróis desconhecidos do Tempo.

  • 12:30REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1300

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE, VOCÊ ACOMPANHA O DRAMA DAS PESSOAS QUE SÃO OBRIGADAS A ABANDONAR SEU PAÍS DE ORIGEM PARA FUGIR DA GUERRA E DA VIOLÊNCIA. CONHEÇA TAMBÉM A IMPORTÂNCIA DOS RIOS VOADORES DA AMAZÔNIA. E AINDA , OS SERES HUMANOS COMPROMETEM CADA VEZ MAIS A CAPACIDADE DA TERRA DE SE REGENERAR. ESTUDOS MOSTRAM QUE SERIAM NECESSÁRIOS MAIS DE 2 PLANETAS PARA MANTER O ATUAL PADRÃO DE CONSUMO INSUSTENTÁVEL. CIENTISTAS EXPLICAM QUE PRESERVAR A MAIOR FLORESTA TROPICAL DO MUNDO GARANTE AS CHUVAS NAS REGIÕES SUL, SUDESTE E CENTRO-OESTE DO PAÍS. E O BRASIL É UM DOS DESTINOS DOS IMIGRANTES QUE BUSCAM UMA NOVA CHANCE DE VIDA.

  • 13:00RODA VIVA

    JOICE HASSELMANN

    DE ALIADA E LÍDER DA TROPA DE CHOQUE BOLSONARISTA A DESAFETO, ALVO DE ATAQUES EXPLÍCITOS NAS REDES SOCIAIS. A MULHER QUE OCUPA O CENTRO DO RODA VIVA DE HOJE DESFRUTOU DOS DOIS LADOS DA MOEDA DA MILITÂNCIA DE DIREITA QUE FLORESCEU NAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES. DEPUTADA FEDERAL MAIS VOTADA DO PAÍS, ELA CHEGOU AO CONGRESSO COM A MISSÃO DE ABRIR CAMINHOS PARA A ARTICULAÇÃO POLÍTICA DOS PRINCIPAIS PROJETOS DO GOVERNO E DEIXOU O POSTO POR ORDEM DE BOLSONARO, SEM NEM SEQUER TER SIDO AVISADA COM ANTECEDÊNCIA. O QUE MUDOU? HÁ SEMANAS UMA CRISE DIVIDIU O PARTIDO DO PRESIDENTE, DO QUAL ELA FAZ PARTE, JOGANDO EM LADOS OPOSTOS PARLAMENTARES QUE SE ELEGERAM APOIANDO JAIR BOLSONARO. DONA DE UM CAPITAL INVEJÁVEL NAS REDES SOCIAIS, A ENTREVISTADA DE HOJE PERDEU SEGUIDORES E SE ENVOLVEU EM RUMOROSOS EMBATES COM OS FILHOS DO PRESIDENTE -- ELA OS CHAMOU DE MOLEQUES MIMADOS E DISSE QUE SEUS CONSELHOS COLOCAM EM RISCO NÃO SÓ O MANDATO DO PAI, MAS TAMBÉM A ESTABILIDADE DO PAÍS. HÁ CAMINHO DE VOLTA? ELA VAI DIZER. NO CENTRO DO RODA VIVA DE HOJE, JOICE HASSELMAN. PARA CONVERSAR COM A DEPUTADA FEDERAL JOICE HASSELMANN, NÓS CONVIDAMOS: - JOSÉ ALBERTO BOMBIG - EDITOR-EXECUTIVO DO JORNAL O ESTADO DE S.PAULO E TITULAR DA COLUNA DO ESTADÃO - SÉRGIO ROXO - REPÓRTER DO JORNAL O GLOBO E DA REVISTA ÉPOCA - FLÁVIA MARREIRO - EDITORA DO JORNAL EL PAÍS NO BRASIL - FÁBIO ZANINI - REPÓRTER DA FOLHA DE S.PAULO - DÉBORA FREITAS - APRESENTADORA DA RÁDIO CBN

  • 14:30ROTA DA INOVAÇÃO II

    ROTA DA INOVAÇÃO II - EPISÓDIO 08

    O episódio 8 de Rota da Inovação dá continuidade ao 7, revelando ainda mais sobre a função e o trabalho das mulheres no Vale do Silício. Clodoaldo Araujo conversa com Megan Ramies, diretora sênior de relações internacionais e institucionais da Plug and Play, que conta a história da empresa desde sua fundação. A Plug ansd Play é uma empresa que implanta mais de 50 programas de aceleração para a indústria pelo mundo todo, otimiza a inovação de mais de 250 das maiores corporações industriais do mundo e investe em mais de 260 companhias por ano. Em seguida entrevista Margarise Correa, fundadora e Ceo da Bay Brazil. Margarise Correa é auma jornalista brasileiro que emigrou para o Vale do Silício no final da década de 1990 e foi a única brasileira nomeada Mulher de Mais Influência pelo prestigiado Silicon Valley Business Journal.

  • 15:00VIOLA, MINHA VIOLA 2018

    ORQUESTRA (VIOLA 2018)

    Programa especial do Viola, Minha Viola com a apresentação de Adriana Farias que mostra participações de grandes orquestras na trajetória do programa. Participaram desse programa: Inezita Barroso, Orquestra de Violeiros de Osasco, Coral Santa Cecília e Coral Caboclo de Osasco, Orquestra de Violeiros de Jacareí, Orquestra de Violeiros de Uberlândia Viola do Cerrado, Orquestra de Violeiros de São Paulo, Orquestra de Viola de Atibaia, Orquestra Cabocla de Campinas, Orquestrinha São Xico de Viola Caipira, Orquestra Paulistana de Viola Caipira e Orquestra Fervorosa.

  • 16:00MINIDOCS - DOCUMENTÁRIOS

    IVAN LINS + RAFAEL ALTERIO

    Os veteranos da música Rafael Altério e Ivan Lins contam histórias de amizade, explicam mais sobre sua música caipira tradicional e emocionam com suas interpretações.

  • 16:30MINIDOCS - SHOWS

    IVAN LINS + RAFAEL ALTERIO (PART. KLEBER ALBUQUERQUE)

  • 17:30BRASIL TOCA - CHORO

    BRASIL TOCA - CHORO - 10 - NOVAS LINGUAGENS

    Com o tema Novas Linguagens, este programa traz interpretações de músicas dos compositores Hamilton de Holanda, Mauricio Carrilho, Toninho Ferragutti e Nailor Proveta, entre outros.

  • 18:30SR. BRASIL

    SR. BRASIL 548

  • 19:30MEMORIA MUSICAL

    MEMORIA MUSICAL 02

    SEGUNDA PARTE DO ESPECIAL QUE TRANSPOE PARA A TELEVISAO O PROJETO DE MESMO NOME QUE FAZ UM RESGATE DE MANUSCRITOS OU EDICOES ANTIGAS DA MUSICA ERUDITA BRASILEIRA.O ESPECIAL FOI GRAVADO NO TEATRO MUNICIPAL DE SAO PAULO E TRAZ A ORQUESTRA SINFONICA MUNICIPAL E O CORAL LIRICO, SOB REGENCIA DO MAES - TRO JULIO MEDAGLIA.

  • 21:00FIGURAS DA DANÇA 2011

    ANA BOTAFOGO

    A carioca Ana Botafogo é um dos maiores nomes da dança do Brasil. Aluna da academia de dança da bailarina Leda Iuqui, teve seu primeiro contrato como bailarina profissional no Ballet de Marseille, com direção de Roland Petit. Ainda na Europa freqüentou a Academia Goubé na Sala Pleyel, em Paris, a Academia Internacional de Dança Rosella Hightower, em Cannes e o Dance Center-Covent Garden, em Londres. Na década de 70 foi bailarina do Teatro Guaíra e posteriormente da Associação de Ballet do Rio de Janeiro. Torna-se a primeira bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro em 1981, cargo que ocupa atualmente. Dançou as mais importantes obras do repertório clássico como solista, entre elas Giselle, de Jean Coralli (1779-1854) e Jules Perrot (1802-1892), considerado pela crítica uma de suas maiores interpretações. Dançou no mundo todo e teve importantes partners como Fernando Bujones, Jean Yves Lormeau, Julio Bocca, Richard Cragun, Francisco Timbó, Marcelo Misailidis, Vitor Luis, entre outros. Na TV pode ser vista como Elisa, na novela Viver a Vida, de Manuel Carlos. Ana também escreveu um livro “Ana Botafogo – Na ponta dos pés”, baseado em entrevistas para Dalal Achcar e Leda Nagle.

  • 21:30JAZZ SINFÔNICA BRASIL

    JAZZ SINFÔNICA BRASIL - PGM02 - TEMPORADA 1 - UTE LEMPER

  • 22:30REPORTAGEM ESPECIAL

    TELESCÓPIOS DOS ANDES CHILENOS GEMINI SUL E SOAR

    A UNIVESP TV FAZ UMA VISITA AOS TELESCÓPIOS GEMINI SUL E SOAR - SIGLA DE SOUTHERN ASTROFYSICAL RESEARCH TELESCOPE -, LOCALIZADOS EM CERRO PACHÓN, UMA MONTANHA DA CORDILHEIRA DOS ANDES, NO NORTE DO CHILE, A 2700 METROS ACIMA DO NÍVEL DO MAR. O BRASIL FOI O MAIOR INVESTIDOR DO SOAR, INAUGURADO EM 2004, E TEM DIREITO A CINQUENTA NOITES DE OBSERVAÇÃO POR ANO. OS OUTROS PARCEIROS SÃO CHILE E ESTADOS UNIDOS. A EQUIPE ACOMPANHOU DUAS NOITES DE ATIVIDADES NA SALA DE CONTROLE REMOTO DO OBSERVATÓRIO. O OBJETIVO FOI MOSTRAR O TRABALHO DOS ASTRÔNOMOS BRASILEIROS RESIDENTES NO SOAR. ELES ATENDEM PEDIDOS DE COLEGAS DO BRASIL PARA OBSERVAR ESTRELAS E GALÁXIAS.

  • 23:00REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1300

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE, VOCÊ ACOMPANHA O DRAMA DAS PESSOAS QUE SÃO OBRIGADAS A ABANDONAR SEU PAÍS DE ORIGEM PARA FUGIR DA GUERRA E DA VIOLÊNCIA. CONHEÇA TAMBÉM A IMPORTÂNCIA DOS RIOS VOADORES DA AMAZÔNIA. E AINDA , OS SERES HUMANOS COMPROMETEM CADA VEZ MAIS A CAPACIDADE DA TERRA DE SE REGENERAR. ESTUDOS MOSTRAM QUE SERIAM NECESSÁRIOS MAIS DE 2 PLANETAS PARA MANTER O ATUAL PADRÃO DE CONSUMO INSUSTENTÁVEL. CIENTISTAS EXPLICAM QUE PRESERVAR A MAIOR FLORESTA TROPICAL DO MUNDO GARANTE AS CHUVAS NAS REGIÕES SUL, SUDESTE E CENTRO-OESTE DO PAÍS. E O BRASIL É UM DOS DESTINOS DOS IMIGRANTES QUE BUSCAM UMA NOVA CHANCE DE VIDA.

  • 23:30PADRE BROWN IV

    PADRE BROWN IV - A FILHA DO CERVEJEIRO

    EPISÓDIO 2 - A FILHA DO CERVEJEIRO Um desgrenhado Sid acorda em sua caravana para encontrar uma bela jovem, Grace, que se arruma apressadamente. Ela agradece a ele por uma ótima noite e menciona que seu pai é dono da cervejaria local. Quando Grace volta para lá, ela fica horrorizada ao ver seu pai sem vida ser levado por bombeiros. Quando Sid mais tarde descobre que Grace é casada, ela explica que não ama seu marido, que seu pai providenciou para que Harry investisse na cervejaria. Sid é ferido mais uma vez. No entanto, quando uma lata de gasolina é encontrada e o chefe de cerveja Martin afirma que a viu ontem à noite antes do incêndio, Grace é presa pelo inspetor Mallory pelo assassinato de seu pai. Sabendo que Grace estava com ele, mas incapaz de dizer por que, Sid pede ajuda ao padre Brown para encontrar o verdadeiro culpado antes que o tempo acabe para Grace.

  • 00:30VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 54 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 54 você vai ver que as palavras que imitam os sons dos animais, os ruídos do homem, os sons dos objetos, têm nome e fazem parte do estudo da Língua Portuguesa. Além disso, vai ver alguns exemplos de palavras usadas no sentido denotativo e no sentido conotativo, e conhecerá, também, algumas palavras novas.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 65 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 65 você verá a primeira parte da história de um casal, dividido entre os sonhos e a realidade da vida. Vai conferir também a diferença entre pessoas racionais e pessoas sentimentais, e aprenderá o que são orações coordenadas sindéticas e assindéticas. Além disso, entrará em contato com o estilo literário do fim do século XIX - o Realismo - e conhecerá um escritor considerado por muita gente o maior do Brasil: Machado de Assis.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 41

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    CÉLULAS TRONCO

    Você sabia que os seres humanos possuem aproximadamente 100 trilhões de células? Mas para além da questão científica, outras questões estão em jogo quando o assunto é pesquisa com células tronco: questões éticas e religiosas entram em cena dividindo opiniões e evidenciando o quanto de desinformação ainda paira sobre o assunto. Informar-se e posicionar-se sobre o assunto podem ser importantes ferramentas para o debate. QUADROS 1. GRANDE REPORTAGEM: células-tronco Na grande reportagem do Almanaque Educação, vamos entender o que são e para que servem as células-tronco. Uma pesquisa da Unifesp, em parceria com o Hospital São Paulo, já utiliza células-tronco adultas para tratar de problemas do coração e o Dr. Nelson Hanss explica como é realizado esse trabalho. A coordenadora do Centro de Estudos do Genoma Humano da USP, Mayana Zatz, fala o que se espera do futuro da terapia celular, depois que o Supremo Tribunal Federal liberou o uso de células-tronco embrionárias nas pesquisas com seres humanos em maio. O músico Marcelo Yuka, ex-intergrante do grupo O Rappa que ficou paraplégico depois de ser baleado durante um assalto, e o Sr. Hermano Vianna, pai do vocalista do Paralamas do Sucesso Hebert Vianna, que ficou paraplégico e perdeu parte da memória depois de um acidente de ultraleve, falam da esperança que depositam nas pesquisas com células-tronco embrionárias e a importância desses estudos para o futuro da medicina. 2.GAME - Peças COLORIDAS serão utilizadas para a montagem do game “CAI NÃO CAI DO DNA” 3. TELEJORNAL - ATENÇÃO! (A TRUPE ADVERTE) - Nem todo o espirro é gripe! 4.MINHA VISÃO DAS COISAS - “O QUE É UMA CELULA TRONCO?” 5.QUANDO EU CRESCER - Um cadeirante vai desvendar junto a um arquiteto os desafios da profissão. 6.PALAVRA DE MESTRE - neste programa o professor de matemática vai incitar uma discussão sobre como a geometria, assim como outras áreas dentro da matemática, se inicia muito longe no tempo e no espaço.

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 153

    O Entrelinhas entrevista um dos maiores romancistas do Brasil, Milton Hatoum, que acaba de lançar seu primeiro livro de contos: A Cidade Ilhada. Ele explica como transformou a decadência de Manaus e a devastação da Amazônia em uma metáfora da história brasileira (“A tragédia da minha cidade pode ser também uma metáfora de tantas outras cidades do Brasil e da América Latina”), como seus contos ajudam a compreender os premiados romances Relato de um Certo Oriente e Dois Irmãos (“Eu mesmo entendi, ou entendi melhor, os romances quando escrevi alguns contos”) – mas tira uma conclusão da diversidade temática do novo livro, no qual há contos que abordam o exílio e são ambientados em cidades como Paris e Barcelona: “Eu não estou fadado, nem condenado, nem destinado a escrever sobre Manaus a vida toda”. O poeta Heitor Ferraz – um dos colaboradores do programa – comenta a primeira edição da obra completa do poeta maranhense Ferreira Gullar, que inclui sua obra teatral, ensaios, textos em prosa e seu livro de estréia, Um Pouco Acima do Chão, que estava inédito desde a publicação original, em 1949. O Entrelinhas traz uma conversa com outro maranhense: Celso Borges, escritor que explora as relações entre poesia e música em livros-CD com inventivo projeto gráfico.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    TEXTOS FIGURATIVOS

    Bloco 1 O programa tem como grande tema os “textos figurativos”. O texto figurativo (texto do universo narrado), principalmente quando literário, é construído sobre representações do mundo real. Felipe e Tininha introduzem o tema falando sobre a fábula “A cigarra e a formiga”. O Povo Fala responde a enquete: “Você conhece a fábula da Cigarra e a Formiga? Qual a moral dessa história? Felipe entrevista a professora do Ensino Fundamental, Mara dias sobre a importância da leitura para o aprendizado. A professora também comenta sobre a facilidade da criança para lidar com termos concretos e abstratos. O quadro CSI traz o provérbio “Quem ama o feio, bonito lhe parece” para a equipe do INL investigar. Bloco 2 Continuação da investigação sobre o sentido do provérbio “quem ama o feio, bonito lhe parece”. Os detetives analisam a estrutura do provérbio e tentam descobrir o sujeito da oração. Tininha interpreta trecho de texto de Flávio José Cardozo sobre passagem de Manuel Bandeira pelo interior de Pernambuco quando ele ouve uma mãe chamar o filho de Anacoluto! O Povo Fala responde a enquete: - “Você conhece alguém chamado Anacoluto? E Acácio? O que é um sujeito acaciano? O quadro “Etimologia” traz a origem do termo “acaciano”, um sujeito afetado, ridículo pelo uso de formas convencionais ao falar. Felipe Reis interpreta trecho do Romance “O Primo Basílio”, de Eça de Queiroz. Bloco 3 Desfecho do CSI. A equipe do INL mais uma vez desvenda o mistério do sentido do provérbio “quem ama o feio, bonito lhe parece”. De acordo com as explicações do Conselheiro Brás, no provérbio “quem ama o feio, bonito lhe parece” há uma ruptura sintática. Trata-se de uma figura de linguagem chamada Anacoluto. O quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA traz a conjugação dos verbos irregulares: reter, manter e deter. O Jornal Nossa Língua traz para o debate o jargão “em time que está ganhando não se mexe”. Segundo o secretário, “um bom governante precisa fazer as substituições no momento certo. Titulares podem virar reservas e vice-versa.” O repórter Felipe Reis foi às ruas para saber o que as pessoas entenderam dessas declarações. O âncora Gelson Babosa recebe o professor de língua portuguesa, Edu Lopes que fala sobre as alegorias futebolísticas nos discursos. Felipe e Tininha encerram o programa ao som da canção “História de uma gata”, dos Saltimbancos.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    DANIELA SCARPA E ROSANA SILVA (03/09)

    A SBENBIO, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO DE BIOLOGIA, REALIZA AGORA NO MÊS DE SETEMBRO NO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO O ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE BIOLOGIA. O TEMA CENTRAL A SER DISCUTIDO NESTE EVENTO SERÁ: "ENTRELAÇANDO HISTÓRIAS, MEMÓRIAS E CURRÍCULOS NO ENSINO DE BIOLOGIA". NESTA EDIÇÃO DO PROGRAMA EDUCAÇÃO BRASILEIRA, NÓS VAMOS ANTECIPAR ESTA DISCUSSÃO CONVERSANDO COM DANIELA SCARPA, QUE É PROFESSORA DOUTORA DO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DA USP NO DEPARTAMENTO DE ECOLOGIA E COM ROSANA SILVA, QUE É PROFESSORA DOUTORA DO DEPARTAMENTO DE ZOOLOGIA DO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DA USP. AS DUAS TAMBÉM SÃO LIGADAS À ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO DE BIOLOGIA.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    FIBROSE CÍSTICA 2018

    A Fibrose Cística, também conhecida como “mucoviscidose” é uma doença genética, não contagiosa. Na Fibrose Cística todas as secreções do organismo são alteradas. Por uma mutação genética, há um defeito, ou seja, um mau funcionamento das glândulas de secreção e as sudoríparas. Nos últimos anos, os avanços na Medicina e a precocidade do diagnóstico tem ajudado a aumentar a sobrevida e a qualidade de vida dos portadores desta doença. Neste educativo, conheça mais sobre a Fibrose Cística e os avanços em seu tratamento.

  • 10:30SP ARQUEOLOGIA

    SÍTIO LÍTICO (IPEÚNA, SP)

    ACOMPANHAMOS A PESQUISA DE CAMPO DE ASTOLFO ARAÚJO EM IPEÚNA, SÃO PAULO. ELE É PROFESSOR DO MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOLOGIA DA USP E DESENVOLVE UM PROJETO FINANCIADO PELA FAPESP PARA ENTENDER COMO OCORREU A OCUPAÇÃO DOS PALEOÍNDIOS ONDE HOJE É NOSSO ESTADO. PARA ISSO, TRABALHA NO SÍTIO ARQUEOLÓGICO LAGOA DO CAMARGO, ONDE ENCONTROU MATERIAL LÍTICO, OU SEJA, PEDRA LASCADA PELO HOMEM DO PASSADO COM O INTUITO DE CAÇAR E CORTAR ALIMENTOS.

  • 10:45CULTURA É CURRÍCULO II

    FAZENDA NOVA - MOCOCA

  • 11:00MESTRES DA LITERATURA

    JOSE DE ALENCAR - O MULTIPLO

    O programa fala da vida e obra de José de Alencar - O Múltiplo, além de analisar o livro O Guarani.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 32

    Convidados: Mario Chamie e Nelson de Oliveira • Chamie: A poesia práxis é considerada um movimento de vanguarda. O que é práxis? • Nelson: Você criou o conceito de Geração 90. O que isso tem a ver com a ideia de vanguarda ou movimento? • Chamie: Ao contrário da poesia concreta, que teve vários seguidores, ficou associada apenas a seu nome. Práxis teve seguidores? Foi um movimento ou uma proposta individual? • Nelson: A rubrica Geração 90 foi acusada de ser mais publicitária do que estética. Ela nasceu de um consenso entre os participantes ou foi uma atitude promocional? • Chamie: Num ensaio de A Palavra Inscrita, vc sugere que a poesia práxis teve influência sobre artistas como Glauber Rocha, José Celso Martinez Corrêa, Osman Lins, Ferreira Gullar e Chico Buarque. Eles reconheceram essa influência? • Chamie: Que caminhos tomou sua poética após práxis? Pegando carona na pergunta do Claudiney, hoje vc é mais ensaísta ou poeta? • Nelson: Você parece beber numa fonte muito diferentes dos escritores da prosa urbana contemporânea, em autores como Murilo Rubião e Campos de Carvalho. Existem linhagens ocultas na literatura brasileira? Você se filia ao surrealismo? (pedir para contar sobre as cartas anônimas e performances de que foi alvo) • Nelson: O que caracteriza a polêmica de hoje? Existe ponto de vista crítica ou é guerra de vaidades? • Chamie: A crítica literária olha para além do mercado, do sistema editorial e dos autores midiáticos? • Nelson: A ensaísta Flora Sussekind associou a micronarrativa e as personagens de identidade instável da literatura contemporânea à perda de sentido de realidade, a uma infraestrutura econômica instável, rarefeita, dominada pela espiral financeira. Nesse contexto, ela cita Subsolo Infinito. Vc se encaixa nesse perfil? Mais que isso: os escritores contemporâneos têm esse grau de reflexão? • Chamie: Como criador de uma proposta poética de cunho também político, a poesia tem hoje algum poder de intervenção na cena cultural ou social? Ela traduz o contexto? • Chamie: Você foi prejudicado por sua atuação política? Você aceitaria um cargo político num governo do PT ou do PSDB? A intelectualidade desses partidos tem autoridade moral para condenar sua participação na gestão do prefeito Reynaldo de Barros? • Nelson: Qual os significado dos blogs e das festas literárias? Elas não criam um ambiente festivo, em que a literatura concilia com o mundo, ao invés de problematizá-lo? • Chamie: Seu romance Pauliceia Dilacerada – que fala do impacto devastador da atuação pública sobre a vida de Mário de Andrade – é uma resposta ao massacre e ao esquecimento que você mesmo sofreu? Você buscou um paralelo entre a atuação de Mário de Andrade e a sua?

  • 12:30CULTURA LIVRE

    CULTURA LIVRE 357

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 08/03/2019 - MULHERES NA CIÊNCIA

    OLÁ./ HOJE É O DIA INTERNACIONAL DA MULHER./ E O PANORAMA APROVEITA A DATA PARA HOMENAGEAR AS CIENTISTAS./ ELAS JÁ CONTRIBUÍAM PARA A EVOLUÇÃO DA SOCIEDADE MUITO ANTES DO OITO DE MARÇO COMEÇAR A SER COMEMORADO./ PARA FALAR SOBRE AS MULHERES NA CIÊNCIA, RECEBEMOS A CIENTISTA VANDERLAN DA SILVA BOLZANI, VICE-PRESIDENTE DA SOCIEDADE BRASILEIRA PARA O PROGRESSO DA CIÊNCIA./ E A OCEANÓGRAFA CAMILA NEGRÃO SIGNORI, PROFESSORA DO INSTITUTO OCEANOGRÁFICO DA USP E COORDENADORA DO PROJETO MENINAS COM CIÊNCIA, DA MESMA UNIVERSIDADE./

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 18

    SINOPSE PGM 18 VT MUROS - Construção há 50 anos VT MURALISTA EDUARDO KOBRA VT OFICIO TELEFONE VT GLAUBER ROCHA - 30 anos da morte VT ENCERRAMENTO ELVIS - 34 anos da morte / DANÇA ROCKABILLY

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    BRASIL CRIOULO

    "NEGRO ERA COMO CARVAO:UM SACO DE CARVAO ACABOU,VOCE COMPRA OUTRO..."DIZ DARCY RIBEIRO NO INICIO DESTE,QUE E O PRIMEIRO DOS CINCO PROGRAMAS SOBRE OS "BRASIS".O PROGRAMA POE EM PERS PECTIVA A REGIAO CULTURAL QUE ELE CHAMA DE CRIOULA - BAHIA, RIO DE JANEIRO,PERNAMBUCO,MARANHAO,REGIAO FORTEMENTE MARCADA PELA PRESENCA NEGRA.FALA DE SUA OPULENCIA E DECADENCIA. COM FILMAGENS REALIZADAS EM SALVADOR,NO RECONCAVO BAIANO,EM OURO PRETO E RIO DE JANEIRO,O PROGRAMA CONTA AINDA COM RICO MATERIAL FILMICO - DOCUMENTARIOS E FICCAO - PESQUISADO EM ARQUIVOS BRASILEIROS:NELSON PERREIRA DOS SANTOS,O TAMBOR DE MINA FILMADO PELA "MISSAO DE PESQUISAS FOLCLORICAS",DE MARIO DE ANDRADE.DORIVAL CAYMMI E CHICO SCIENCE.CARLOTA E NELSON SARGENTYO.CANDOMBLE E FUNK.CLEMENTINA DE JESUS E SUA RECEITA DE FEIJOADA.DESENHOS DE CARYBE.TEXTOS DE CAMARA CASCUDO E GILBERTO FREYRE.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    ALTAS HABILIDADES

    Uma criança com altas habilidades, você sabe identificar e como lidar com essa situação? Os sinais podem aparecer cedo, antes mesmo dos 5 anos. E o estudante que tem altas habilidades precisa de acompanhamento especial. Participam deste Momento Papo de Mãe a mamãe Meryn Brianesi e a Rosana Oliveira Silva, professora. Participação de telespectadora no quadro papo de rua.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 36 COMPETÊNCIAS BNCC - 19/10/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS CONVERSAR SOBRE AS COMPETÊNCIAS DOS ALUNOS, QUE DEVEM SER DESENVOLVIDAS A PARTIR DA NOVA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR.// SEGUNDO O DOCUMENTO, O COMPROMISSO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA É A FORMAÇÃO HUMANA INTEGRAL E A CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE JUSTA, DEMOCRÁTICA E INCLUSIVA.// NOSSA CONVIDADA É MARIA INÊS FINI - PRESIDENTE DO INEP.

  • 15:30DOC TV II

    MANDINGA EM MANHATTAN (BA)

    Contemplado com o DOC TV, programa da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura que financia filmes para exibição inédita em rede pública de televisão, o documentário Mandinga em Manhatan, produção baiana assinada pela X Filmes, será lançado em setembro em cadeia nacional. O filme do publicitário e cineasta Lázaro Faria, tem 55 minutos com o roteiro do projeto da jornalista Lúcia Correia Lima e roteiro final da roteirista Isabella Lago. Com locações na Bahia, no Rio de Janeiro, em São Paulo, Los Angeles, Universidade de Notre Dame e Michigan, Chicago e Nova Iorque, o documentário traz depoimentos de diversos antropólogos e pesquisadores, além de mestres de capoeira responsáveis por divulgar mundialmente a capoeira, que hoje está em mais de 160 países de todos os continentes. O filme é dividido em três momentos: a história da capoeira, com relatos dos mestres antigos, entre eles João Grande e João Pequeno, este ainda residente no Brasil; o fluxo ou ida dos capoeiristas para o exterior; e o refluxo ou retorno dessa divulgação em termos de imagem positiva para o Brasil.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA IV

    BILLIE JEAN (MICHAEL JACKSON) SEGUNDA

    A QUARTA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA CONTINUA AOS SÁBADOS E COM AS VERSÕES DIÁRIAS DE 15 MINUTOS. NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA ÀS 19H45 E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010 COM ENORME SUCESSO. PROVA DISSO E QUE O PROGRAMA CHEGOU A QUARTA TEMPORADA. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA É FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 13 - VIRADA CULTURAL PAULISTA

    O interior de São Paulo também tem Virada cultural. E como tem. O Territórios culturais de hoje viaja às cidades de Mogi das Cruzes e Indaiatuba e acompanha de perto as apresentações em palcos experimentais e também shows de gente como Zeca Baleiro, Nação Zumbi e muito mais! Felipe e Tuti nos mostram tudo isso! Você não pode perder essa Virada! É só ficar ligado em Territórios Culturais de hoje!

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 54 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 54 você vai ver que as palavras que imitam os sons dos animais, os ruídos do homem, os sons dos objetos, têm nome e fazem parte do estudo da Língua Portuguesa. Além disso, vai ver alguns exemplos de palavras usadas no sentido denotativo e no sentido conotativo, e conhecerá, também, algumas palavras novas.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 65 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 65 você verá a primeira parte da história de um casal, dividido entre os sonhos e a realidade da vida. Vai conferir também a diferença entre pessoas racionais e pessoas sentimentais, e aprenderá o que são orações coordenadas sindéticas e assindéticas. Além disso, entrará em contato com o estilo literário do fim do século XIX - o Realismo - e conhecerá um escritor considerado por muita gente o maior do Brasil: Machado de Assis.

  • 17:30HISTÓRIA DA ARTE NO BRASIL

    ENCONTRO COM A TERRA

    TRATA-SE DO PROGRAMA DE ABERTURA DA SÉRIE. PROF PEDRO MAUEL FAZ UM BREVE APANHADO SOBRE CINCO SÉCULOS DE MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS NO BRASIL.

  • 18:30METROPOLIS

    METRÓPOLIS 2019 - DOMINGO 389 - 27/10/2019

  • 19:00VITRINE BRASIL

    VITRINE BRASIL - 12

    O VITRINE BRASIL DE HOJE CELEBRA OS CINQUENTA ANOS DO BALÉ TEATRO GUAIRÁ EM CURITIBA NO PARANA// TE LEVA NA FESTA DO DIVINO PAI ETERNO, EM TRINDADE, NA REGIÃO METROPOLITANA DE GOIÂNIA QUE ATRAI DEVOTOS DE VÁRIOS ESTADOS BRASILEIROS COM HISTÓRIAS DE FÉ E SACRIFÍCIO.// EM SÃO PAULO VOCÊ É NOSSO CONVIDADO PARA UMA VIAGEM NO TEMPO DO MODERNISMO BRASILEIRO . //NO THEATRO JOSÉ DE ALENCAR, O ESPETÁCULO COMEÇA NA ENTRADA// PALCO DE GRANDES HISTÓRIAS , O PRÉDIO CEARENCE É REFERÊNCIA ARTÍSTICA, TURISTICA E ARQUITETONICA NO PAIS.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    TARCÍSIO MEIRA E GLÓRIA MENEZES - PARTE I

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:30TELECONTO

    HOMEM QUE SABIA JAVANÊS 1

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    GONCALVES DIAS AINDA UMA VEZ ADEUS

    UM GRUPO DE ATORES SE REUNE NO CABARET LITERÁRIO PARA PLANEJAR UMA PEÇA E COMEÇAM A FALAR SOBRE GONÇALVES DIAS. DECLAMAM POEMAS E CONTAM A VIDA DO POETA.

  • 21:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 35 - CONSERVATÓRIO DE TATUÍ

    Tatuí, no interior de São Paulo, é conhecida como a cidade mais musical do Estado. Hoje, Territórios Culturais invade Tatuí e Felipe e Tuti vão conhecer o Conservatório Dramático e Musical Doutor Carlos de Campos, um dos mais respeitados da América Latina. Lá nossa dupla conhece não só as diversas opções de especialização em diferentes campos da arte como também o trabalho de construção de instrumentos musicais, representado pelo ofício da luteria.

  • 22:00GRANDES CURSOS CULTURA NA TV

    A POESIA REFLEXIVA DE DRUMMOND - POEMA DE SETE FACES

    O Prof. Davi Arrigucci Junior fala sobre o universo poético de Carlos Drummond de Andrade. Segundo o Prof. Davi, em termos drummondianos, o poema é justamente um sentimento do mundo lavrado em palavras. Para ele, Carlos Drummond de Andrade faz da dificuldade arte. Nesse programa o prof. Davi Arrigucci analisa o “POEMA DE SETE FACES” (de Alguma Poesia, 1930) que é o poema de abertura de toda a obra Drummondiana. Nesse encontro ele vai mostrar a ligação entre sentimento, reflexão e linguagem na poesia de Drummond. No "Poema de Sete Faces", segundo Prof. Davi, há, desde o começo um certo desconcerto, um descaminho pela multiplicidade. Cada uma das sete estrofes que compõem o poema fala de coisas aparentemente muito diferentes uma das outras. O "Poema de sete faces", na visão de Arrigucci, é o primeiro momento da sintaxe drummondiana que une a interioridade ao espaço da cidade. O que parece fato é reflexão. Cada elemento dado faz parte de um dobrar-se do ser sobre si mesmo. Segundo Prof. Davi, a tarefa do poeta foi a de descrever com precisão o que vai no coração diante da perplexidade de estar no mundo, e de tentar dar uma forma através da reflexão, do sentimento e do pensamento, que é o único caminho que o poeta tem para conseguir se ajeitar diante de uma natureza impossível. O Professor Davi Arrigucci Junior, nasceu em São João da Boa Vista (São Paulo) em 1943. Professor aposentado de teoria literária e literatura comparada na USP, , onde lecionou de 1965 a 1996, crítico e ensaísta consagrado, estreou como romancista com Ugolino e a Perdiz, a “saga” de um caçador quixotesco em busca de uma perdiz encantada. Ao estrear como ficcionista, Arrigucci disse estar sentindo um prazer que não sentia com sua produção anterior de ensaios – o que talvez soe injusto com uma das mais sólidas coleções artigos sobre escritores nacionais e estrangeiros, com destaque para O Escorpião Encalacrado (sobre o argentino Julio Cortázar) e O Cacto e as Ruínas (sobre Manuel Bandeira e Murilo Mendes). Publicou recentemente o livro "Coração Partido", em que analisa a poesia reflexiva de Carlos Drummond de Andrade.

  • 22:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 13 - VIRADA CULTURAL PAULISTA

    O interior de São Paulo também tem Virada cultural. E como tem. O Territórios culturais de hoje viaja às cidades de Mogi das Cruzes e Indaiatuba e acompanha de perto as apresentações em palcos experimentais e também shows de gente como Zeca Baleiro, Nação Zumbi e muito mais! Felipe e Tuti nos mostram tudo isso! Você não pode perder essa Virada! É só ficar ligado em Territórios Culturais de hoje!

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

  • 23:45MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    JAPÃO: OS DESAFIOS DAS MULHERES ECOLOGISTAS

    O PROGRAMA MOSTRA A ECOLOGISTA YUKINO, QUE CRIOU A REDE MAMA ECO, UM GRUPO DE MAES INTERESSADAS EM QUESTOES AMBIENTAIS.

  • 23:55VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

Contato Voltar

Confirme que você não é um robô!

Sua mensagem foi enviada com sucesso! breve retornaremos.

Ocorreu um erro, tente novamente mais tarde, obrigado